F

Acabou de sair

 https://livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br/2018/03/resenha-furia-domada-de-megan-maxwell.html  https://livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br/2018/04/resenha-ligeiramente-perigosos-mary.html  https://livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br/2018/04/o-que-li-em-marco-2018.html

O que você procura?

08 maio 2018

Resenha | Outros jeitos de usar a boca, de Rupi Kaur

Título: outros jeitos de usar a boca
Autora: Rupi Kaur
Editora: Planeta
Gênero: Poesia
Páginas: 208
Ano: 2017
Skoob

(cortesia da editora)

Sinopse: 'outros jeitos de usar a boca' é um livro de poemas sobre a sobrevivência. Sobre a experiência de violência, o abuso, o amor, a perda e a feminilidade. O volume é dividido em quatro partes, e cada uma delas serve a um propósito diferente. Lida com um tipo diferente de dor. Cura uma mágoa diferente. Outros jeitos de usar a boca transporta o leitor por uma jornada pelos momentos mais amargos da vida e encontra uma maneira de tirar delicadeza deles. Publicado inicialmente de forma independente por Rupi Kaur, poeta, artista plástica e performer canadense nascida na Índia – e que também assina as ilustrações presentes neste volume –, o livro se tornou o maior fenômeno do gênero nos últimos anos nos Estados Unidos, com mais de 1 milhão de exemplares vendidos.


Essa é minha segunda experiência com um livro da autora Rupi Kaur, apesar de ser esse o primeiro livro dela que fez sucesso pelo mundo. outros jeitos de usar a boca é um livro de poemas curtos, simples e profundos - uma aposta de sucesso, sem dúvida, para qualquer editora.

Aqui temos muita coisa para refletir e sentir, principalmente o público feminino, já que a autora levanta ousadamente a bandeira do feminismo em seus livros. Os poemas são carregados de dores, alegrias e dos relacionamentos humanos. Às vezes tinha a sensação de que estava lendo uma história de superação, que passou pela dor e depois pela cura. Com isso, diversos poemas também nos motivam de uma forma única.


O livro carrega toda essa beleza em sua simplicidade e nos toca, obviamente. Porém, devo confessar que gostei mais do outro livro que li da autora - o que o sol faz com as flores. Não sei se foi a expectativa em ler esse livro, diante do frenesi do público sobre ele, ou se foi meu momento. O fato é que achei o segundo livro escrito pela autora mais forte e mais intenso. E fiquei muito mais sensibilizada. Em outros jeitos de usar a boca até achei alguns poucos poemas sem sentido.

Acredito que ainda irei reler muito esse livro, já que é possível finalizá-lo em menos de uma hora. Apesar de não ter achado um livro cinco estrelas, é uma leitura obrigatória para fãs de poesias simples e que nos transmitem aqueles sentimentos que só nós mulheres compreendemos. A verdade é que a Rupi consegue contar uma história dolorosa em um simples poema. Impossível não se identificar e sentir o peso de cada um deles. Recomendo!

Onde comprar: Amazon | Saraiva 






Um comentário:

  1. Foi um dos livros que mais me indicaram em 2017 e vi bastante pelas prateleiras. É a primeira vez que leio sobre o conceito do livro. Amei a proposta da autora e a postagem.

    Blog: https://obaucultural.blogspot.com.br

    ResponderExcluir