F

26 dezembro 2017

Resenha | Retratos de uma vida

Título: Retratos de uma vida
Autora: Naty Rangel
Editora: Ler Editorial
Gênero: Romance
Páginas: 200
Ano: 2017
Skoob

(Cortesia da editora)

Sinopse: Na adolescência, Jennifer precisou superar a perda dos pais e a traição do namorado com sua melhor amiga. Mas o tempo e o irmão inseparável deram a força que ela precisava para seguir adiante. O emprego dos sonhos é a primeira de muitas conquistas e é só o começo de uma sessão de flashes emocionantes em sua vida. Ela está prestes a conquistar o coração de alguém bastante improvável, mas terá que lutar para superar os obstáculos que estão por vir. Retratos de Uma Vida narra a história da fotógrafa Jennifer Torres, seus conflitos no início da vida adulta, as dificuldades para conseguir um bom emprego e a descoberta do amor.  Um livro que experimenta a fórmula teen dos dramas americanos em nossa cultura, trazendo uma história repleta de superações e reviravoltas.


Retratos de uma vida, de Naty Rangel conta a história de Jennifer, que perdeu os pais na adolescência e encontrou no irmão Luke a força para continuar. No início da vida adulta ela terá que enfrentar a busca pelo emprego dos sonhos, e o que ela mais deseja é conseguir trabalhar como fotógrafa em uma revista conhecida. Nessa busca ela conhecerá Victor, que mexerá com seus sentidos. Porém, algo pode impedir esse romance de acontecer.

A narrativa é feita em primeira pessoa pelos olhos de Jennifer, o que torna ainda melhor entendermos os sentimentos da protagonista. A escrita da autora é simples e fluída. Somando isso às poucas páginas, fica fácil terminar a leitura em poucas horas.


Confesso, acabei me decepcionando com a leitura. Acreditei que a trama seria melhor desenvolvida em relação as buscas e descobertas da protagonista no início da vida adulta. Senti que isso foi trabalhado de uma maneira muito superficial, enquanto o romance ocupou um grande espaço. Não que isso seja ruim, mas minha expectativa era de que a história da protagonista fosse mais explorada, como parecia pela sinopse. Além disso, odiei como o romance dos dois começou. A pergunta que Victor fez pra ela quando eles se conheceram, ainda mais na condição que isso aconteceu, foi puro assédio (não venham me dizer que não - quem já leu). Nenhuma atitude do personagem depois disso conseguiu me convencer a gostar dele, principalmente pela sua interminável insistência para conquistar Jennifer no local errado.

Acredito que a autora foi ousada em criar um romance em um cenário como este - não quero dizer qual é por que seria spoiler. Porém, ao não explorar mais cada um dos protagonistas e as situações, ficou difícil gostar dos personagens e entendê-los.

O livro não é de todo ruim (dei três estrelas), só precisou ser melhor desenvolvido. Sei que muitos gostaram e têm uma avaliação pessoal mais positiva que a minha, mas realmente sempre preciso ser sincera. De uma maneira geral, é um livro leve para se ler em um fim de tarde. 

Onde comprar: Amazon




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem-vindo ao meu blog.
Sua opinião é muito importante, mas se lembre que respeito é bom e eu gosto!
Seguiu? Deixa o link que eu sigo de volta. E também retribuo os comentários.

Obrigada por vir até meu cantinho!