F

19 agosto 2017

Resenha | Crash - Quando a paixão explode

Título: Crash - Quando a paixão explode
Autora: Nicole Williams
Editora: Essência
Gênero: Young Adult
Páginas: 256
Ano: 2017
Skoob

(Cortesia da editora)

Sinopse: Para a adolescente Lucy, nada é mais importante que o balé. A dança a transporta para um mundo onde a dor, as lembranças ruins e a violência não existem. Um mundo só dela. Um dia, porém, aquela garota certinha é obrigada a mudar de escola. E é nesse novo ambiente, repleto de descobertas e Inseguranças, que conhece um garoto que só usa cinza e vive com uma toca de lã na cabeça. Jude, o maior bad boy da escola, é lindo e seria o sonho de toda garota, e talvez até o genro que todo pai pediu a Deus... se não tivesse sido preso várias vezes e não morasse num abrigo para garotos desajustados. Lucy não liga para a opinião dos outros: o mais importante é o que Jude sente por ela. E o rapaz parece disposto a abrir seu coração, ainda que um segredo que assombra o passado e o presente dos dois esteja prestes a estraçalhar essa paixão. “Jude era a doença para a qual eu não via cura. A droga da qual eu não queria me livrar nunca. ” LUCY



Crash - Quando a paixão explode, de Nicole Williams é o primeiro volume da trilogia Crash, publicado pela Editora Essência. Adoro um bom Young Adult, então, claro que mergulhei nessa leitura. Esse livro tem sido classificado por algumas pessoas como um New Adult, mas como esses jovens ainda estão no período escolar, ainda descobrindo coisas novas, acredito que esse gênero se encaixaria mais nos próximos livros. Mas como o que importa é desfrutar da leitura, se você sente que é um gênero ou outro, não fará diferença, afinal, esse livro é bem intenso. Vem saber porquê! 

Aqui temos dois jovens completamente diferentes, Lucy e Jude. Ela é uma jovem responsável, certinha e que vive para suas aulas de balé. Ele é o típico bad boy mais lindo do colégio, que vive aprontando e, para piorar, já foi preso várias vezes. Eles se conhecem em um dia de verão e logo se atraem, até que algo inesperado acontece e eles acabam perdendo contato. Porém, como Lucy volta das férias iniciando em um novo colégio, quem ela encontra por lá? Exatamente! Lucy e Jude irão se envolver, claro, mas com inúmeras razões para verem que nunca darão certo: o comportamento arredio de Jude, os sonhos de uma universidade distante para Lucy e o passado extremamente doloroso dos dois. 


A narrativa é feita em primeira pessoa pelos olhos de Lucy. A escrita de Nicole é daquelas viciantes, que nos fazem avançar as páginas rapidamente sem perceber a hora. Uma das coisas que mais gostei foi como ela conduziu a narrativa, com diálogos divertidos e um envolvimento real e doloroso entre os protagonistas. 

Com certeza o ponto alto do livro é a diferença gritante de personalidade entre os protagonistas. Isso deixou a história com um ritmo intenso, afinal, eles não parecem se encaixar. E com isso, gostei de como a autora trabalhou o comportamento de Lucy, que tenta mostrar a Jude outras opções para conduzir sua vida. Parece bem clichê, a mocinha certinha tentando mudar o bad boy. Mas o interessante aqui é a quantidade de erros que ambos os personagens irão cometer. Isso mostra que a adolescência não é um período fácil e eles estão se descobrindo, cometendo erros, tomando decisões... Ambos possuem um passado muito doloroso que querem esquecer e, quando uma revelação inimaginável vem à tona, você duvida que esse casal vai ter um final previsível. O drama familiar aqui entre esses jovens é muito forte, doloroso e real.

Além do romance, temos temas fortes como, bullying, drogas e abuso sexual. Mesmo que tenham sido desenvolvidos de uma maneira mais sútil, esses assuntos estão presentes na vida do casal e é o que pode definir suas personalidades. Apesar de isso enriquecer e muito a obra, vi aqui um pequeno problema que me fez tirar uma estrela do livro. Não vou entrar em detalhes, mas não gostei de ver um desses temas tão importantes ser resolvido apenas com uma vingança adolescente, ainda mais em um livro cujo público alvo são os jovens (o mesmo problema que vi em Princesa de Papel). Em contrapartida, temos sim muitas mensagens reflexivas sobre a importância de dar uma segunda chance para as pessoas, entendê-las e não julgá-las. Mas é sempre preciso tomar cuidado. Jovens, por favor, nem sempre sigam o exemplo dos mocinhos!

"Vendi drogas. Usei drogas. Fui preso. Várias vezes. Transei com várias mulheres sem rosto. - Ele parou  respirou fundo outra vez. - E um dia conheci uma garota com um rosto que não consegui esquecer."

Em suma, gostei muito do livro. Os protagonistas carregam um passado tão doloroso, que é difícil não torcer por eles. E como é uma trilogia onde existe apenas um casal, muitas águas ainda vão rolar. O que deu para sentir nesse primeiro livro, é que a autora apenas preparou o terreno para o que está por vir. A descoberta de Lucy pela sexualidade, por exemplo, só está começando. Com isso, não se preocupe, pois esse livro carrega apenas algumas cenas sensuais bem sutis. A dose maior fica por conta do romance e do drama. Estou bem curiosa para ler o segundo livro e descobrir como esse casal vai lidar com esse passado bombástico que foi revelado a eles. Recomendo!




Trilogia Crash
1 - Crash: Quando a Paixão Explode
2 - Clash (ainda não publicado no Brasil)
3 - Crush (ainda não publicado no Brasil)






Gostou do livro? Comprando o livro através dos links dessa postagem você contribui com o Livros, vamos devorá-los

11 comentários:

  1. Parece uma história muito bonita, gostei muito da resenha. A capa é linda, né e esse marcador super fofo.

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Oi tudo bem?
    Vou te dizer que gosto de livros onde os oposto se atraem, sim bem clichê mesmo haha mas meus favoritos são aqueles que trazem também temas fortes como Crash pelo visto também vai trazer, já tenho esse livro em e-book e espero ler em breve.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Gostei da resenha, me parece ser um livro bem emocionante e com uma história de superação. Creio que os personagens sejam apaixonantes. Já adicionei na minha wishlist.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oi Letícia.

    Lendo sua resenha, eu fiquei com vontade de conhecer a história desse casal, pois adoro histórias com personagens típico bad boy e sabendo que ele já foi preso várias vezes aumentou minha curiosidade. Não recordo de ter lido alguma história com personagem dessa maneira. Outro detalhe que não sabia era que o livro passa parte de uma trilogia. Vou tentar adquirir ele o máis rápido possível. Parabéns pela resenha.

    Bjos

    ResponderExcluir
  5. Essa é a segunda resenha que leio desse livro e confesso que já estou bem curiosa. Amei a capa brasileira e já folheei na livraria. O enredo me deixou um pouco ansiosa, então já add a lista de desejo. Foi muito legal conferir suas impressões. Beijos

    ResponderExcluir
  6. Amei a história e tua resenha me fez colocar esse livro na minha lista de desejados... Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  7. Olhaaa!
    Gostei e muito dessa dica, hein??
    Além da capa ser um amorzinho!
    Contudo, entretanto, todavia, vi que ainda não foram lançados os demais livros.
    Logo, vou esperar lançar os demais para iniciar a leitura que COM CERTEZA vou fazer!!!
    Adorei a resenha e a dica foi mais que anotada!! <3

    Beijinhos!

    #Ana Souza
    https://literakaos.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  8. Olá tudo bem?
    Achei a obra interessante, mas confesso que estou um pouco cansada da mocinha certinha e o cara bad boy que todas as mulheres caem aos seus pés sabe? Embora eu goste muito de YAs esse me deixou com a sensação se de ser bem clichê. Fico feliz que tenha gostado da obra, mas dessa vez vou deixar a dica passar.

    beijinhos!

    ResponderExcluir
  9. Olá! Geralmente não leio obras do gênero, mas essa me chamou a atenção por tratar de bullying, drogas e abuso sexual, mesmo que de forma sutil. Obras assim devem ser lidas, pois sempre trazem o alerta das trágicas consequências que essas questões trazem.
    abs e parabéns pela resenha. Dica anotada ^^

    ResponderExcluir
  10. Quando li o título do livro pensei em se tratar de um livro policial, suspense... Mas, olhando com mais atenção a capa e o subtítulo, percebi que se tratava de um romance. Mas, lendo a sua resenha encontrei muito mais que a capa oferecia. Gostei da proposta, apesar de estar dando um tempo pra livros com pegadas eróticas. Mas, como você disse que o tema gira em torno de bulling, abusos e drogas, acho que fui fisgada. Vou ficar de olho nessa série.
    Nizete
    Cia do leitor

    ResponderExcluir
  11. Letícia, amei essa capa e adoto Young adulto, então já viu, né? Quero ler este livro. Ah! Amei este seu marca página, fofo demais! No início da resenha fui pega com um clichê, mas como realmente não ligo para eles, pois para mim o que vale é a forma como a obra foi criada, então claro que lerei o livro, sem falar que fiquei curiosa para conhecer o passado desses protagonistas que com certeza vou me apaixonar por eles.

    Bjo
    Tânia Bueno

    ResponderExcluir

Seja bem-vindo ao meu blog.
Sua opinião é muito importante, mas se lembre que respeito é bom e eu gosto!
Seguiu? Deixa o link que eu sigo de volta. E também retribuo os comentários.

Obrigada por vir até meu cantinho!