F

05 julho 2017

O que li em junho (2017)


Para ler a resenha completa clique no título do livro.






Inversos | Primeiramente devo dizer que a escrita da Carol é ótima e flui muito rápido. Mal pegamos o livro e já estamos terminando a leitura. Achei alguns trechos lindos, que renderam belos quotes. Em linhas gerais, o livro traz uma história gostosa e leve, como um bom filme da sessão da tarde. É só se aconchegar no sofá e desfrutar da leitura. Vejo como a Carol Dias tem conquistado cada vez mais leitores. Por isso, mesmo que o livro não tenha me agradado completamente, eu recomendo muito a leitura. Não ter lido o primeiro volume não me atrapalhou, mas recomendaria ler na ordem.







Amizade é também amor | Mais um livro de crônicas de Carpinejar, publicado pela Bertrand Brasil. Temos aqui textos ora reflexivos ora divertidos, não somente sobre amizade, mas também sobre casamento, lembranças da infância e situações do cotidiano. Bem ao estilo de Carpinejar, as crônicas são curtas, com uma escrita leve e objetiva. E diga-se de passagem, muito prazerosas. Vale lembrar que o leitor poderá não concordar com alguma das opiniões do autor, eu mesma discordei de algumas. Mas o que mais gostei foi como ele consegue nos manter interessados na leitura. Afinal, a amizade, o amor, orgulho, ciúmes, saudades... todos nós vivemos todos os dias. E o mais legal é que ele trata tudo com bom humor. Recomendo.






Mil beijos de garoto | Juro que não estava preparada para isso. Para essa leitura. Pela sinopse e uma única resenha que já tinha lido sobre esse livro, nunca passou pela minha cabeça tudo o que me esperava. Confesso que fui imensamente surpreendida. Então, o que de mais incrível eu tenho para contar sobre esse livro é justamente esse amor quase palpável entre os personagens. O sentimento da infância, tão doce, cheio de companheirismo, e o amor florescendo na adolescência, ainda puro e respeitoso. Mil beijos de garoto é doce, intenso, doloroso e tão puro quanto o primeiro amor pode ser. Por mais que o drama desse livro te canse em algum momento, vale a pena ler até o final. Aos poucos você estará tão envolvido com o amor de Poppy e Rune que terá que parar a leitura, limpar as lágrimas, respirar e depois continuar lendo (experiência própria). Chorei horrores!







Amor à moda antiga | Gosto muito dos livros do Carpinejar, mas até então só havia lido suas crônicas. Amor à moda antiga, da Editora Belas-Letras traz inúmeros poemas escritos pelo autor em uma velha máquina de escrever que ganhou de aniversário. O interessante do livro é que intencionalmente os textos estão exatamente como Carpinejar entregou para a Editora, sem revisão ou qualquer outro tratamento. Até mesmo as correções feitas à mão por Carpinejar estão presentes nessas páginas. Eu adoro isso! Ainda mais se tratando de poemas, de palavras sobre o amor. Isso torna tudo mais verdadeiro e belo. Mais que recomendado.







Uma vez | Este é um livro leve, rápido, com poucas páginas e que foi escrito para jovens, mas pode e deve ser lido por todos. Ele também fala de amizade e como ela pode sobreviver ao caos. Por mais que você esteja cansado de ler livros que tenham a Segunda Guerra Mundial como pano de fundo, vale conferir essa história. O ar de inocência de Felix diante do nazismo é doloroso. Porém, não torna a leitura densa, somente comovente. Amei! Morris é bastante conhecido na Austrália por seus livros infantojuvenis e gostaria de conferir outras obras suas. 









O segredo de Heap House | O livro tem um misto de magia, bizarrice das grandes e personagens, que apesar de toda esquisitice, irá nos cativar por completo. E as ilustrações! A cada início de capítulo ainda temos a ilustração de algum personagem, para aguçar ainda mais nossa imaginação e admirar o talento de Carey. Simplesmente adorei! A narrativa é alternada principalmente entre Clod e Lucy.  A escrita de Carey é bem gostosa e fluída. Vale a pena a leitura.












5 comentários:

  1. OI, Letícia!

    Estou lendo o livro do Carpinejar, estou amando! Tenho o e-book de Amor à moda antiga, mas ainda não li! Estou lendo Amizade é também amor! Como são crônicas, dá para ler aos poucos...
    Amei seu post. Muito lindo!
    Abraços,
    Drica.

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Ótima leituras :)
    Estou querendo muito ler Mil beijos de garoto e fiquei bem interessada pelos livros do Carpinejar :)

    Books & Impressions

    ResponderExcluir
  3. Olá! Estou muito interessada em ler "Mil beijos de Garoto".
    Mês passado eu li super pouco por causa das provas na faculdade, mas esse mês vou vim com tudo nas leituras.
    Minha Pequena Coleção

    ResponderExcluir
  4. Não li nenhum dos livros citados na postagem, mas gostaria de ler o do Carpinajar, pois gosto dos textos dele. Que julho seja melhor ainda.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  5. Olá! Foram ótimas as leituras, ainda não conhecia nenhum desse livros da lista. Tendo oportunidade, estarei lendo. Que Julho traga bons livros também. bjooooo

    ResponderExcluir

Seja bem-vindo ao meu blog.
Sua opinião é muito importante, mas se lembre que respeito é bom e eu gosto!
Seguiu? Deixa o link que eu sigo de volta. E também retribuo os comentários.

Obrigada por vir até meu cantinho!