F

20 junho 2017

O que faz de 'Anne with an E' uma série tão especial 💖


Título: Anne with an E | Estreia: Netflix | Gênero: Drama/Época | Criação: Moira Walley-Beckett | Duração: 07 episódios | Avaliação: 5/5

Adoro cinema: Depois de treze anos sofrendo no sistema de assistência social, a orfã Anne é mandada para morar com uma solteirona e seu irmão. Munida de sua imaginação e de seu intelecto, a pequena Anne vai transformar a vida de sua família adotiva e da cidade que lhe abrigou, lutando pela sua aceitação e pelo seu lugar no mundo.

A série Anne with an E é uma adaptação de Anne de Green Gables, de Lucy Maud Montgomery, um romance histórico imperdível que preciso ler. Ainda mais depois de ter me apaixonado pela série.

Anne é uma menina órfã que sonha tanto com uma família, que seu coração quase explode de felicidade quando ela é adotada por dois irmãos solteiros, Matthew e Marilla Cuthbert, proprietários da fazenda Green Gables. Embora, o pedido para adoção tivesse sido por um menino, entre algumas recusas, principalmente de Marilla, eles acabam ficando com a menina.


Desde o primeiro episódio Anne já me conquistou. É incrível como ela é contagiante! Essa alegria e entusiasmo desmesurado da protagonista é o que dá beleza a série, e o que a faz diferente de todas as outras protagonizadas por crianças (incluindo os filmes). Anne vê beleza em tudo, mesmo quando sofre. Ela fala de uma maneira tão magnificamente bela quando está feliz e tragicamente quando está triste. É TOTALMENTE impossível não rir, chorar e se apaixonar! 


O que também torna a série ainda mais interessante é todos os temas abordados. Tão atuais, que nos esquecemos que estamos diante de uma história fictícia do século dezenove. Anne sofre bullying quase que constantemente pelas outras crianças por ser órfã, ruiva e magra. E o que é mais espantoso, por quase todas as mães dessas crianças. Mulheres essas que vão à igreja, fazem caridades, etc. Acreditem, até o padre faz comentários preconceituosos! 

Somado a isso, temos a famosa e incômoda separação de gênero, em uma época que ainda estavam começando a falar sobre o feminismo. Em uma sociedade hipócrita do século dezenove, Anne não é apenas órfã, magra, ruiva, ela também é mulher (como se tudo isso fosse um grande problema). Coitada da Anne! Ela é linda e ainda se acha feia. Isso só nos revela como muitas vezes nos deixamos ser sugamos por todo esse padrão de beleza estabelecido nem sei por quem. É comovente e ao mesmo tempo assustador pensar que esse assunto e os outros ainda precisem ser discutidos nos dias de hoje. Com isso, a série é mais atual do que se imagina.


Outra coisa importante: simplesmente amei como o livro Jane Eyre, de Charlotte Brontë (livro que amo) foi citado durante os episódios. Isso reforçou a mensagem de empoderamento feminino na trama.

Adorei alguns jogos de cenas e como tudo foi desenvolvido de forma corriqueira. Temos não somente flashs do passado sofrido de Anne, mas de Matt e Marilla também. Os irmãos nunca se casaram, e aos poucos vamos conhecendo os motivos, seus sonhos e amores antigos. É muito doloroso ver como as responsabilidades e os padrões impostos pela sociedade podem afetar para sempre a vida afetiva das pessoas. Prestem bastante atenção nas jogadas das cenas, elas são muito representativas.


Estou com vontade de falar muito mais, porém, não quero me estender. Anne with an E é mais que uma série infantil, pois traz temas fortes e reflexivos. É como se o tempo não tivesse passado e as pessoas continuassem repetindo os mesmos erros, os mesmos preconceitos. Mas apesar de tudo, o entusiasmo e alegria de viver de Anne nos contagia. Não é que comecei a olhar para o caminho de volta para casa com outros olhos? 

Não li o livro, mas já ouvi falar que tem muitas coisas que foram bem alteradas. Mas recomendo, leia ou assista. Tenho certeza absoluta que Anne Shirley Cuthbert vai te cativar completamente. Eu simplesmente me apaixonei por essa série! ❤


Trailer




Livro
Edição mais recente publicada pela Pedrazul Editora.
Compre AQUI.











Fotos: © Marvin Moore

10 comentários:

  1. Olá minha irmã me recomendou essa série disse que é linda e espera continuação, adorei saber que existe um livro vou pesquisar mais sobre, beijos!

    ResponderExcluir
  2. Eu ando mesmo procurando dicas de séries para ver na Netflix e adorei a sua dica. Eu não conhecia a série mas parece ser bem interessante.

    ResponderExcluir
  3. Eu honestamente parei com essa coisa de séries!Houve um tempo no qual eu tinha tanta série pra acompanhar que eu fiquei meio louca e abandonei tudo.
    Agora eu acompanho no maximo 3 e só! huauhauha
    Já tinha visto essa, mas ainda não me ganhou a atenção a ponto de começar a querer ver.
    Legal que ela é baseada em livro,dessa informação eu não sabia.
    beijinhos!

    #Ana Souza
    https://literakaos.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  4. Gente!!!
    Que seriado mais interessante!
    Adorei conhecer mais sobre Anne with an E, ja tinha visto no Netflix, mas nao sabia que seria tudo issso.
    Já vi que vou amar a Anne e ficar bem p.. da vida com quem tratar mal ela.
    Amei a dica.
    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  5. Oi, Leticia!
    Essa série está na minha lista.
    Pela felicidade de Anne, ela me lembra Pollyana. Mesmo sofrendo, ela tira proveito das coisas. Também quero ler esse livro!
    Obrigada pela dica!
    Beijão!
    http://www.lagarota.com.br/
    http://www.asmeninasqueleemlivros.com/

    ResponderExcluir
  6. OOi!
    Tenho visto ótimos comentário positivos em relação a série, porém, é a primeira vez que leio sobre o que ela realmente trata. E, sem dúvidas, vou querer assistir. Vou aproveitar que agora estou de férias! <3

    ResponderExcluir
  7. Oiee, tudo bem? Ameei seu post, super completo <3 Eu comecei a série mas ainda não concluí, por pura falta de tempo. Estou gostando bastante até o momento, apesar de ter demorado a simpatizar com a Anne, agora gosto muito dela. Também quero MUITO ler o livro logo. Adorei que será relançado.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Oi, Leticia!
    Eu estou muito curiosa pra assistir a essa série, mas quero ler os livros antes. Como o comentário acima, também fui lendo sua opinião e automaticamente pensei na Pollyana e seu jeito positivo de ver as coisas.

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  9. Já havia me deparado com a série, sim! Mas eu jamais teria me dado a oportunidade de ver, se não fosse pela sua resenha tão bem escrita que me deixou super apaixonada pela série antes mesmo de assisti-la.
    Quero muito assistir! Gratidão pela dica!

    Eliziane Dias

    ResponderExcluir
  10. Oi Letícia,
    Estou retornando hoje para este mundo maravilhoso de leitura dos blogs que conheci alguns anos atrás e estou terminando hoje de assistir esta série. Me identifiquei com o seu texto principalmente quando você fala sobre como a protagonista é contagiante e sobre olhar para o caminho de volta com outros olhos! Perfeito. Parabéns!!

    https://blogsimplifique.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Seja bem-vindo ao meu blog.
Sua opinião é muito importante, mas se lembre que respeito é bom e eu gosto!
Seguiu? Deixa o link que eu sigo de volta. E também retribuo os comentários.

Obrigada por vir até meu cantinho!