F

29 março 2017

Resenha | Um instante de felicidade

Título: Um instante de felicidade
Autor: Frederico Moccia
Editora: Planeta
Gênero: Romance
Páginas: 352
Ano: 2017
Skoob

(Cortesia da editora)

Sinopse: O italiano Nicco enfrenta a passagem da adolescência para a vida adulta com muito mais sofrimento que seus amigos. Sua namorada terminou tudo com ele com um "sinto muito", sem dar nenhuma explicação, e seu pai acabou de morrer. Como o "homem da casa", ele precisa cuidar da mãe, que se entrega à tristeza pela morte do marido, e das duas irmãs que não conseguem se acertar com seus respectivos companheiros. Para dar conta de tudo, ele se divide entre dois empregos. Em meio a esse turbilhão de emoções e acontecimentos, Nicco conhece uma encantadora turista americana nas ruas de Roma e percebe que a vida é curta demais para ser desperdiçada com lamentos sobre o passado. Com a bela Ann, ele embarca numa aventura romântico-gastronômica pela Itália e redescobre seu norte com instantes de felicidade.



Um instante de felicidade, publicado pela Editora Planeta, é o primeiro livro que leio de Frederico Moccia. Aqui temos a história de Nicco, que acabou de terminar um namoro de um ano e perder o pai. Como se ainda não bastasse, como homem da família, ele tem que lidar com os problemas das irmãs e cuidar da mãe, e ainda se virar com dois empregos. Sofrendo com o momento que está passando, Nicco não esperava conhecer a americana Ann, que está visitando Roma. Será que ele conseguiria redescobrir a felicidade?

"Olha, é um instante de felicidade. Mas chega logo um pensamento, basta um nada para que o momento passe. Não existe mais. Eu o perdi e já estou me perguntando quando o encontrei novamente." (p. 303)

A narrativa é feita em primeira pessoa aos olhos de Nicco e isso nos aproxima mais do protagonista. Durante todo o livro acompanhamos todas as suas reflexões e anseios sobre o momento que está vivendo. A escrita de Moccia é leve, envolvente e rapidamente terminamos a leitura. 

Apesar da escrita fluída e do autor ter trabalhado muito bem o drama do personagem, o que me incomodou foi o excesso de reflexões do protagonista. É estranho, porque isso é o ponto positivo do livro, mas chega um momento que Nicco fala tanto, mais tanto na ex-namorada que começa a cansar. Além disso, o autor detalha sempre cada cena, cada encontro do protagonista com outros personagens. Acredito que o autor poderia ter dado uma enxugada em muitas coisas, para não deixar o livro um pouco maçante.

Mesmo com essas ressalvas, a história é muito boa. Os pensamentos de Nicco fazem o leitor torcer para que ele esqueça de vez a ex-namorada e siga em frente. Além de levar um fora e ainda perder o pai, ele tem que lidar com as irmãs problemáticas. Esses, para mim, foram um dos momentos cômicos do livro. Elas não conseguiam resolver os próprios problemas sozinhas e queriam que ele resolvesse tudo por elas. Uma delas até marcou um encontro de Nicco com seu marido para ELE explicar que ela estava com outro! Oi?? Totalmente sem noção, as duas! E ainda temos Cicco, o amigo de Nicco. Devo confessar que não gostei dele no começo. O cara têm duas namoradas, sai com uma terceira e ainda pega geral! O pior que acabei rindo com algumas situações em que ele meteu nosso protagonista. Então, no geral, o livro acaba sendo divertido, apesar de ter achado que o autor favoreceu muito os homens nessa história. 

O ponto alto do livro acaba sendo quando Nicco conhece Ann, e os dois se aventuram pelas ruas de Roma. Nesses momentos podemos desfrutar um pouco da cidade e conhecer um pedacinho da Itália. O romance em si, não foi algo muito forte e intenso, pelo menos não do jeito que eu estava esperando. Mas também gostei da maneira leve e descontraída com que tudo aconteceu. Afinal, Nicco descobriu que quando menos se espera encontramos o nosso instante de felicidade.

No geral, Um instante de felicidade não é um romance arrebatador que vai te fazer suspirar, mas tem muitos bons momentos que irão agradar o leitor. Principalmente quando te levar às ruas de Roma. Fiz minhas ressalvas, pois o livro não me agradou completamente, mas recomendo sim! Muitas pessoas amam os livros do autor e pretendo ler outro dele quando puder. Se você já ama os livros do autor, não deixe de ler!

Compare e compre: Buscapé






21 comentários:

  1. Oi Letícia!
    Nunca li nada do Frederico, mas Um instante de felicidade me pareceu interessante. Gosto de livros em primeira pessoa, acho que nos aproxima bem do narrador.
    Fiquei um pouco com pé atrás por conta das suas ressalvas. Me incomoda um bocado muitas reflexões e tbm descrições alongadas.
    Bj

    ResponderExcluir
  2. Olá, não conhecia o livro mas adorei a capa é a história. Fiquei louca pra ler e saber como o personagem vai passar por todas essas emoções que está vivendo e encarar um novo futuro! Amei sua resenha!

    MEMÓRIAS DE UMA LEITORA

    ResponderExcluir
  3. Olá,

    Eu não conhecia o livro, mas achei a história muito interessante. O fato de acompanharmos um homem com a vida sofrida e, além disso, cuidado das irmãs é bastante curioso, pois na maioria das vezes são as mulheres que lidam com problemas familiares e constrangedores. Eu gostei do livro, mas fiquei um pouco chateado em saber que o autor narra muito os pensamentos do protagonista, às vezes isso realmente incomoda.

    → desencaixados.com

    ResponderExcluir
  4. A capa me lembrou um os livros do Nicolas Spark. É legal ler livros em que a narrativa faz o leitor se sentir mais próximo do personagem, para mim é como se estivéssemos sentindo as mesmas emoções que ele. Parabéns pela resenha.

    memoriasdeumaleitora.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oioi
    O livro parece bem bonito, mas essa ressalva sobre o excesso de reflexões e detalhes me deixou com um pé atrás, vim de alguns livros que eram bem isso, os autores rodeavam tanto que perdia páginas com Isso, então preciso dar uma descansada.

    ResponderExcluir
  6. Oie
    Interessante sua resenha e bem sincera kkkk #gostoassim eu nunca li nada desse autor, mas a premissa que você descreve parece bem legal, tenho medo só da parte massante aahahahah uma hora dessas tiro um Instante para lê-lo kkkkk
    bjs

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem?

    Mais um autor que eu não conhecia. A história me pareceu interessante, mas sobre suas ressalvas fiquei com o pé atrás. Vou anotar o nome do livro e do autor e um dia quem sabe eu leia.

    ResponderExcluir
  8. Olá, tudo bem?
    Eu li ontem e senti o mesmo que ti, tem muito excesso de reflexões e achei que o autor se perdeu um pouco, mas é um bom livro.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  9. Olá,

    A capa é bem bonita e sendo ambientada na Itália me deixou bem animada para leitura, mas essa dele pegar geral e ser muito saudosista com a ex-namorada me deixou com uma dúvida se devo ler ou não.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Oiii, tudo bem?
    Em primeiro lugar eu não conhecia esse livro e morri de amores por essa capa garota, com toda certeza adoraria ler, gosto muito de romances e preciso de algo que me faça emocionar, ótima resenha e dica anotada.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  11. Oie! Eu já li o livro mais conhecido do Moccia - Desculpa se te chamo de amor. E ele se esforça para apresentar o ponto de vista masculino diante de um relacionamento amoroso. Neste caso, Nicco está na sofrência, tadinho! Quem nunca precisou de um tempo para desapegar e fazer a fila andar? E só de ser na Itália já ganha meu coração. Acho que é uma boa opção pra quem quer saber o olhar masculino diante de temas que a gente costuma ler sob a ótica feminina. Adorei seu texto! Abraços!!!!

    ResponderExcluir
  12. Oiee, ainda não li esse do autor, mas espero poder ler em breve! parabéns pela resenha e obrigada pela dica!

    Bjs

    ResponderExcluir
  13. Oii!!

    Eu não conhecia esse livro, mas eu já vi algumas resenhas para as obras dele e para a escrita. Tenho curiosidade em conhecer a escrita dele.
    Mas parece que essa obra não é taaao envolvente assim..
    Gostei da sua resenha! Não leria no momento, mas quem sabe um dia..

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  14. Olá!

    Ainda não tive o prazer de ler essa obra, mas achei bem legal, ainda mais por se tratar de um autor italiano, e a Literatura italiana chega bem pouco ao nosso país.

    ResponderExcluir
  15. Oi, tudo bem?
    Nossa tadinho do Nico é mt coisa acontecendo de uma vez só, ainda bem que surgiu essas turista na vida dele! Rsrs Esse amigo de Cicco é mt galinha, acho que também não curtiria ele logo de cara!! Gostei da sua ressalva pq assim o leitor já sabe que iria encontrar mta reflexões sobre a ex dele!! Rs
    Bjs!
    Fadas Literárias

    ResponderExcluir
  16. Heiii, tudo bem?
    Amo romances, acho que é o genero que mais leio.
    Nao conhecia ainda o livro e fiquei interessada pela premissa.
    Uma pena que o livro nao nos faça morrer de amores, mas sempre é bom ter uma leitura leve assim de vez em quando.
    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  17. Oi Letícia, sua linda, tudo bem?
    Você não foi a primeira a apontar essas questões. Estava louca para ler esse livro, pois li Três metros acima do céu dele e amei e sofri muito. Mas confesso que fiquei um pouco desanimada com esse. Uma pena. Mas acho que ainda vale como leitura leve, para entre aqueles que nos deixam de ressaca. Gostei muito da sinceridade na resenha.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Olá! Ao ler sua resenha, essa obra me lembrou um pouco alguns traços de outro autor que faz grande sucesso, que é o Nicholas Sparks, essa dica vou deixar passar, estou ainda naquela vibe de ler livros de terror.

    ResponderExcluir
  19. Olá,

    Nunca li nada do autor, mas sempre tive curiosidade, afinal tem que algum diferencial em seus livros, já que ele faz tanto sucesso né. Enfim, desde que vi esse lançamento fiquei doida querendo, porém não consegui lê-lo ainda, espero que os pontos negativos que você destacou não me incomodem tanto durante a leitura.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  20. Olá.

    Não conhecia esse livro nem o autor, mas a premissa da obra parece ser bem interessante, apesar de um pouco clichê. Muito bom você ter detalhado os pontos positivos e negativos da obra. Não gostei muito de saber que tem muitas reflexões, pois isso acaba tornando a obra cansativa.

    Beijos,
    Respire Literatura

    ResponderExcluir
  21. Sou louca pra ler algo do autor faz tempo, e esse livro também será meu primeiro contato com ele, já estou com o meu aqui e lerei em breve. Mas confesso que sua resenha foi um banho de água fria para mim, minha expectativa era sim de um romance arrebatador que me faria suspirar... mas enfim, espero curtir a leitura.

    ResponderExcluir

Seja bem-vindo ao meu blog.
Sua opinião é muito importante, mas se lembre que respeito é bom e eu gosto!
Seguiu? Deixa o link que eu sigo de volta. E também retribuo os comentários.

Obrigada por vir até meu cantinho!