F

21 março 2017

Resenha | Princesa de papel

Título: Princesa de papel
Autora: Erin Watt
Editora: Essência
Gênero: New adult (+18)
Páginas: 368
Ano: 2017
Skoob

(Cortesia da editora)

Sinopse: O primeiro livro da série The Royals, a nova sensação new adult dos EUA. Ella Harper é uma sobrevivente. Nunca conheceu o pai e passou a vida mudando de cidade em cidade com a mãe, uma mulher instável e problemática, acreditando que em algum momento as duas conseguiriam sair do sufoco. Mas agora a mãe morreu, e Ella está sozinha. É quando aparece Callum Royal, amigo do pai, que promete tirá-la da pobreza. A oferta parece tentadora: uma boa mesada, uma promessa de herança, uma nova vida na mansão dos Royal, onde passará a conviver com os cinco filhos de Callum. Ao chegar ao novo lar, Ella descobre que cada garoto Royal é mais atraente que o outro – e que todos a odeiam com todas as forças. Especialmente Reed, o mais sedutor, e também aquele capaz de baixar na escola o “decreto Royal” – basta uma palavra dele e a vida social da garota estará estilhaçada pelos próximos anos. Reed não a quer ali. Ele diz que ela não pertence ao mundo dos Royal. E ele pode estar certo. 



Princesa de papel, publicado pela Editora Essência, é o primeiro volume da série The Royals. Aqui vamos conhecer a Ella, que nunca conheceu o pai e agora está órfã de mãe. Todos os anos que Ella viveu com a mãe foram muito difíceis financeiramente e, ela sempre teve que trabalhar duro e em qualquer emprego que pudesse contribuir para seu sustento. Até que um belo dia, surge Callum Royal, amigo de Steve, suposto pai de Ella, dizendo ser seu tutor. Acontece que Callum é multimilionário e a vida dela muda radicalmente quando vai morar em sua mansão, junto com os filhos dele. Sua vida financeira muda completamente, mas ela terá que encarrar o dia a dia na convivência com esses cinco garotos que são incrivelmente atraentes, mas a odeiam com todas as forças. Será que Ella pode mesmo pertencer ao mundo dos Royal?

O livro é narrado em primeira pessoa pelos olhos da protagonista. A escrita das autoras é leve e fluída, o que dá um bom ritmo para a leitura. Para quem não sabe, Erin Watt é o pseudônimo usado pelas escritoras Elle Kennedy e Jen Frederick. Essa primeira me conquistou com a série Amores improváveis, que adoro. Mas nesse primeiro volume de The Royals, eu não curti tanto. 


O livro começa muito bem, e de cara já curti a protagonista: uma garota de 17 anos com personalidade, que luta para se sustentar sozinha. Mas minha aprovação pela protagonista começa a mudar quando ela conhece os irmãos Royals. Como é obvio, ela irá se envolver com um deles, o Reed. A atração é intensa e começa a ser irritante quando tudo que ela faz ou pensa gira em torno dele. Seria até compreensível, isso se os irmãos Royals não tivessem a maltratado tanto desde o início. Sério, os caras são todos uns babacas! Tudo para eles gira em torno de sexo, é impressionante! Sem contar no quanto eles a ofendiam. E o que eu esperava da Ella, a garota cheia de personalidade no início do livro, era que ela ignorasse se eles não queriam acreditar nas verdadeiras intenções dela. Mas a garota parecia que fazia tudo ao contrário, alimentando ainda mais a má fama (que não fazia jus a ela). Nisso tudo, o romance vai ficando para depois da metade do livro, como se ela nunca tivesse sido ofendida como foi. Sério, se um garoto me chama de piranha (e muito mais) eu ia era querer distância de um traste desse. Poderia ser o homem mais gostoso da face da Terra!

Apesar de tantas coisas sem noção (que não vou citar todas), algumas coisas me agradaram. O livro cumpre seu papel como New Adult quando acrescenta a influência dos populares no colégio, as armações, inveja, bebidas, festas... Alguns personagens secundários também tiveram minha aprovação, como a Val, a amiga que Ella fez quando chegou na cidade. Sem contar na narrativa totalmente fluída que já citei. As cenas hots não são muitas, quase nada. Porém, o palavreado dos personagens não é dos mais ricos!

Princesa de papel conseguiu me irritar, mas me deixar também bem curiosa. Que bomba as autoras jogaram no final! Eu fiquei chocada! Como assim, gente? E eu achando que o desfecho seria previsível e o próximo volume nos levaria para outro casal. Agora estou super curiosa para saber o que vai acontecer. Minhas expectativas é que Ella aja diferente e segure o fogo.

"Esse cara é meu inimigo, a fonte de tanta dor emocional. Mas, agora, eu me agarro a ele como se ele oferecesse o único conforto que eu pudesse encontrar no mundo." (p. 252)

Bom, mas eu recomendo? Recomendo, pois muitas pessoas amaram o livro, assim como outras nem tanto. Então acho que é uma questão de visão mesmo. O livro tem seus pontos positivos e seus momentos sem noção. Leia e tire suas conclusões. 

Compare e compre: Buscapé



16 comentários:

  1. Olá,

    Eu não conhecia a série e fiquei bem interessado em saber mais, faz tempo que não leio um New Adult e estou com saudades de mergulhar em livros do gênero. Darei uma chance para a série, adicionei à minha lista de desejados e irei fazer a leitura quando surgir uma oportunidade para tirar minhas conclusões, quem sabe eu amo como algumas pessoas?! ♥

    → desencaixados.com

    ResponderExcluir
  2. Olá
    Não, esse livro não é para mim, mesmo com você falando sobre a bomba no fim, é isso sendo bem curioso, esse livro é machista demais para o meu gosto.

    ResponderExcluir
  3. Ai, Letícia.
    Fiquei um pouco com o pé atrás por você dizer que o livro é cheio de coisas sem noção, mas ao mesmo tempo estou curiosa! Vi muita gente falando mal desse livro, mas ainda sim acho que vou ler e quero saber como essa história toda se desenrola!
    beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  4. Oie, engraçado que eu tinha uma impressão totalmente diferente do livro. E que já não é a mesma depois das primeiras resenhas que li, apontando as mesmas coisas que você. O excesso de machismo dos rapazes Royal não teria a menor chance comigo. Obrigada por citar isso e me ajudar a decidir sobre encarar ou não a leitura neste momento. Abraços!

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem?
    Quando peguei esse livro em mãos, só pensava que seria igual a seleção, por conta dessa capa linda, mas...FUI ENGANADA!
    O livro é maravilhoso, mesmo sendo extremamente machista, eu amei, e só digo uma coisa: LEIA OS OUTROS!
    A série é maravilhosa ♥ Um beijo.

    ResponderExcluir
  6. Oi, Leticia.
    É uma pena que tiveram todas essas coisas que te desagradaram na história.
    Confesso que fiquei um pouco receosa de ler, porque acho que a atitude da protagonista também vai incomodar. Mas ainda assim talvez eu dê uma chance futuramente, pois fiquei curiosa com a bomba no final.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Olá,

    Já tive o prazer de ler Princesa de Papel e faço parte do time que amou o livro. Confesso que no início achei os meninos Royals muito ruins, mas conforme a história foi se desenrolando eu acabei curtindo. Foi uma leitura muito bacana e que li em dois dias, de tão bom que achei. Sobre o final, eu fiquei chocada e com o queixo no chão, mal posso esperar para a editora lançar o próximo volume.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oláa, tudo certo? Sua resenha ficou muito boa e adorei a sinceridade. Tenho visto bastante esse livro na blogosfera e muita gente falando super bem. Mas sobre esses personagens masculinos... realmente foi bem sem noção e acho que por isso vou ficar com um pé atrás com a leitura, pois parecem ser realmente detestáveis.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Hey!

    Adorei a resenha, super sincera e direta, vi muita gente falando amores do livro, ainda não tive o prazer de ler. Mas quando começar a leitura já vou ciente dos fatos que citou aqui, obrigada pela dica.
    Bjos.

    ResponderExcluir
  10. Oiii!!

    Parabéns pela resenha! Achei muito bom você falar com sinceridade aquilo que achou legal na obra.
    Eu achei a capa linda, mas não se se leria no momento.
    Acho ruim quando a melhor partição fica só no final.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  11. Heiii, tudo bem?
    Gosto mto de conhecer novas obras literárias e ainda nao conhecia o livro "Princesa de papel".
    A ideia do livro é interessante, desde a sinopse já me motivou a ler e conhecer mais.
    Muito boa a resenha, gostei do que falou do livro e acho que vou gostar apesar dos pontos negativos que citou. Livros que nos irritam sao bons tb hahaha..mostra que o autor tem talento para criar emoçoes na gente.
    Achei uma ótima dica e a capa está tão linda, adorei a arte.
    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  12. Olá,
    Acho bem legal quando uma obra nos causa sensações tão distintas como a irritação que você sentiu e também a curiosidade por saber mais sobre os rumos que os personagens tomarão!
    Adorei sua resenha e confesso que estou muito intrigada para fazer tal leitura. A capa é muito bonita e sua sinceridade me animou bastante.

    LEITURA DESCONTROLADA

    ResponderExcluir
  13. Oie!
    Eu adorei essa história!
    Claro que fiquei com raiva em vários momentos, mas não teve como não me viciar da trama. E o final é para deixar o leitor ansioso, querendo saber o que acontece em seguida.
    eu adorei essa história!
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  14. Olá, tudo bem? De fato vejo muitas opiniões divididas a cerca do livro. Ainda não sei o que esperar, apesar de querer muito ler desde o lançamento. Acho que pleo que li, verei pontos onde me irritarei com a protagonista, mas como você mesmo disse, preciso tirar as minhas conclusões. Adorei a resenha!
    Beijos,
    http://diariasleituras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Olá,

    Quero muito conhecer essa história, mas ainda não tive oportunidade. Sua resenha me deixou intrigada.

    ResponderExcluir
  16. Oi!
    Gostei muito da sua resenha.
    Eu sou do tipo que sempre prefiro ler tudo pra tirar minhas conclusões. Gosto de saber o que acontece sempre.

    ResponderExcluir

Seja bem-vindo ao meu blog.
Sua opinião é muito importante, mas se lembre que respeito é bom e eu gosto!
Seguiu? Deixa o link que eu sigo de volta. E também retribuo os comentários.

Obrigada por vir até meu cantinho!