F

30 janeiro 2017

Resenha | Quatro vidas de um cachorro

Título: Quatro vidas de um cachorro
Autor: W. Bruce Cameron
Editora: Harper Collins
Gênero: Ficção
Páginas: 288
Ano: 2016
Skoob

Sinopse: Esta é a inesquecível história de um cão que — após renascer várias vezes — imagina que haja uma razão para seu retorno, um propósito a cumprir, e que, enquanto não o alcançar, continuará renascendo. Narrado pelo próprio animal, Quatro vidas de um cachorro aborda a questão mais básica da vida: Por que estamos aqui? Emocionante e com boas doses de humor, Quatro vidas de um cachorro é um livro para todas as idades, que mostra o olhar de um cão sobre o relacionamento entre as pessoas e os laços eternos entre os seres humanos e seus animais. Se você gostou de Marley e eu, vai adorar esta aventura que agora ganha as telas do cinema.

Não estou sabendo lidar com as emoções que essa leitura me proporcionou. Já começo resumindo esse livro em uma frase que o define bem: viver, aprender e evoluir, mas nunca se esquecer daqueles que mais amamos! Que livro mais fofo, apaixonante e emocionante! É óbvio que como uma apaixonada por cães, eu sou totalmente suspeita para falar desse livro, mas vi até pessoas menos achegadas a cães, darem cinco estrelas merecidas para essa obra incrível!

O livro gira em torno de um cão que nasce e renasce várias vezes. Em primeira pessoa ele nos narra como está sendo sua vida, a convivência com as pessoas e suas descobertas. Sua primeira vida foi repleta de dúvidas e questionamentos sobre o sentido da vida. Quando ele renasce então, pela segunda vez, como um adorável Golden Retriever chamado Bailey, seus questionamentos aumentam, porém, ele já tinha uma reposta. Até que Bailey renasce como Ellie e posteriormente como Amigão. A cada vida ele aprendia algo novo e evoluía para um propósito maior que estava por vir. Qual o motivo para esse adorável cão viver quatro vidas? 


"De todas as coisas que fiz na vida, provocar seu riso me pareceu a mais importante, a única coisa, concluí, que dava sentido à minha vida". (p. 42)

Difícil escolher algo que mais gostei no livro, pois simplesmente AMEI TUDO!  Cameron tem uma escrita incrível, objetiva, envolvente e carregada dos mais puros sentimentos. O livro é totalmente viciante. Desde o começo o leitor é sugado para o universo do cachorro que vos fala, e logo se afeiçoa a ele. Quando Bailey renasce como Ellie, ele ainda assim continua sua narrativa no masculino, e isso nos conecta ainda mais com nosso protagonista. 

Quem tem cachorro em casa ou já teve, vai se divertir a leitura toda ao reconhecer as atitudes caninas mais diversas. Ri demais com os pensamentos desse cãozinho. O autor trabalhou muito bem essa obra, demonstrando conhecer claramente as reações de um cão e tudo de melhor que ele tem para nos dar. E, claro, não pense que esse livro é somente puro divertimento. Eu chorei muito também! A cada vez que ele se despede de uma vida para entrar em outra, é impossível segurar as lágrimas. 


O mais interessante e intenso nesse livro é que você se coloca no lugar do animal e passa a enxergar como ele. Os cachorros são tão sensitivos e amorosos! Eles são capazes de nos dar um amor e uma adoração incondicional, e o mais incrível disso tudo? Você nem ao menos precisa merecer. Eles simplesmente amam os humanos como eles são. Então, afinal, qual o maior propósito de um cão? 

"O menino amava a mim. Cada um de nós era o centro do mundo do outro." (p. 60)

Quatro vidas de um cachorro é um livro para amar e ponto final. Arisco até a dizer que você nunca mais verá seu cãozinho com os mesmos olhos depois dessa leitura. São inúmeras as mensagens desse livro, mas a que ficou gravada no meu coração foi a da certeza vívida de que todos os seres vivos nascem, crescem e morrem, e no fim o que realmente importa é o quanto amamos e nos dedicamos. Esse livro é uma referência ao verdadeiro amor.

Compare e compre: Saraiva | Submarino | Americanas 










22 comentários:

  1. Oi, Leticia!
    Também amo cachorros! Mas isso acaba me fazendo ficar afastada de livros que falam sobre eles, porque eles sempre morrem e eu sofro demais! Hahahahah! Mas eu já achava a premissa linda e vejo pela sua resenha que é mesmo uma história linda, que fico bastante tentada a ler. Muito fofo o seu cachorrinho! ^_^

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  2. Olá, tento fugir de livro com animais porque viro um poço infinito de lágrimas. E olha que nem sou tão fã de cachorros (porque já fui atacada duas vezes). No entanto, sinto que o livro trata do tema com grande sensibilidade. Vou recomendar às minhas amigas que amam este tipo de história. Abraços!

    ResponderExcluir
  3. Oi, tudo bem?
    Sua resenha me deu a impressão que o livro é bem sensível. Eu, assim como você, sou apaixonada por cães, mas sempre evito esse tipo de livro, pois sempre me acabo em lágrimas.
    Essa história de "quatro vidas" me lembrou algo que vi em um dorama coreano, que diz que todo mundo tem quatro vidas, cada uma com seu propósito e tal. Deve ser mais ou menos o que aocntece com o cachorro.
    Adorei a resenha!

    Beijos,
    Amanda
    http://www.confissoesfemininas.com/

    ResponderExcluir
  4. Oi Leticia!
    Que livro mais "owwwnnn *____*"
    Eu super amei Marley e eu e esse livro parece ter uma pegada mais ou menos naquele estilo.
    Amo cachorros e eles tem um amor incondicional pelos donos né? <3
    Quero ver o filme e se conseguir ler o livro tbm!
    Bj

    ResponderExcluir
  5. Hello!
    Nossa, me deu vontade de ler esse livro!!!
    Eu tb sou mae de dog e nao tem amor maior ne?!
    Fiquei curiosa com o livro e o filme, acho que vou ser daquelas que se emociona e acho que vou ver mto da minha linda nesse livro.
    AMei a dica.
    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  6. Legal! É sempre interessante ver um livro onde se têm um animal como personagem principal. Imagino como deve ser desafiador ter escrito isso...

    ResponderExcluir
  7. Olá
    Morro de vontade de ler esse livro, mas ao mesmo tempo tenho medo, fico triste só de ver a capa. Quando se trata de animais eu sou uma chorona de marca regiatrada, mas um dia eu leio.
    Gostei muito de conhecer suas opniões.

    ResponderExcluir
  8. Olá,
    Fiquei super encantada pelo seu dog <3
    Amei a sinopse e mais ainda sobre alguns detalhes do enredo que me deixaram bem curiosa e apaixonada pela essa experiência canina.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Olá,
    Eu estou louca para realizar essa leitura e não vejo a hora! Fiquei bem empolgada com o filme, mas agora estou pensando quanto a assistir por causa de algumas gravações que saíram. Alguns dizem que houve maus tratos na gravação, outros dizem que as atitudes tomadas não são levadas como maus tratos e eu fiquei na dúvida rsrs
    Sou apaixonada por cachorros e tenho uma filha canina chamada Kyara, sendo minha maior felicidade chegar em casa após o trabalho e encontrá-la lá me esperando e animada como se houvesse séculos que não nos vemos.
    Adorei saber suas impressões e tenho certeza que irei me emocionar muito quando fizer a leitura.

    LEITURA DESCONTROLADA

    ResponderExcluir
  10. Oie!
    Eu ainda não li o livro, mas sei que vou chorar muito lembrando de todos os meus cachorros.
    Espero ter a oportunidade de ler o livro em breve, pois estou curiosa com esse livro.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  11. Oiii!

    Eu tenho um fraco com livros e filmes de cachorros... Eu morro de saudades do meu cachorrinho e por isso evito ler muitas obras que falam desse tema.
    Mas eu AMEI sua resenha!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  12. Não acho que vá ler o livro mas ver o filme eu quero. O meu medo é que eu me acabe como me acabei com Marley e eu. Depois que li aquele livro falei que nunca mais leria nada com animais. Ainda mais que meu dog já tá velinho. Isso me mataria. Mas gostei muito toda resenha. Parabéns.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  13. Olá! Eu acredito muito na reencarnação dos animais. Quando vi esse livro, fiquei curiosa para ler e fiquei sorrindo quando li a sinopse. Legal saber que ficamos com a sensação de ver através dos olhos do cão. Tenho certeza que deve ser uma leitura maravilhosa, beijos!

    Entre Livros e Pergaminhos

    ResponderExcluir
  14. Ola lindona eu amo livros que falam de cachorros, perdi uma cadela e como sofri viu, é um amor incondicional, amei saber que teremos a visão do cachorro com relação a suas vidas. Dica mais que anotada para uma ótima leitura. beijos

    Joyce
    Livros Encantos

    ResponderExcluir
  15. Olá, tudo bem? Estou doida para ler esse livro desde que vi o trailer do filme, mas que depois de algumas cenas de maus tratos durante a gravação desisti mas ainda fiquei muito interessada na temática e com isso temos o amigo livro. Também tenho uma companheira aqui e sei que vou chorar muito. Adorei!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Oi, Letícia!
    A capa do livro é muito fofa, mas não fiquei tocada com o enredo! Nunca ouvi nada sobre o livro e seu autor. Vou anotar. Quem sabe eu possa dar uma chance depois!
    Abraços,
    Drica.

    ResponderExcluir
  17. hi baby, tudo bem? eu não tenho estrutura para ler esse livro, muito menos ver o filme, perdi meu cachorro um tempo atrás e ler/ver só me deixaria arrasada mas que bom que você curtiu a leitura, amei suas fotos, que fofo <3

    Lilian Valentim
    http://speakcinema.blogspot.com.br/
    beijinhos

    ResponderExcluir
  18. Eu, quando li o livro, senti o mesmo que você. Tenho duas cadelas em casa, e toda vez que li o livro, me lembrava das travessuras e alegrias que elas trazem em minha vida. O livro é de uma fofura imensa e com uma escrita muito fluída e divertida de se fazer. Adorei conferir sua resenha, e amei sua filha.

    ResponderExcluir
  19. Olá!

    Não sabia que o filme era derivado desse livro. Depois do vídeo de maus tratos, decidi procurar só pelo livro, já que o filme, mesmo tendo meu diretor favorito, não dá pra assistir. Mas já quero ler, sua resenha foi a primeira que explicou do que se trata a obra.

    ResponderExcluir
  20. Oi
    Eu não tenho estrutura emocional para ler esse livro ou ver o filme! Adoro cachorro, tenho um e até hoje não me recuperei do final de Marlei e eu!
    Talita - Viciados em Leitura

    ResponderExcluir
  21. Olá!
    Eu também sou apaixonada por Cachorros hahahaha Mas morro de medo de ler esse livro e sair chorando horrores e agarrando a minha pela casa hahahaha Imagino que deve ser uma leitura muito emocionante e quando eu tiver um pouquinho mais de coragem irei realizar a leitura também.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  22. Oie Letícia, menina... a sua resenha me emocionou acredita? Imagina se eu lesse esse livro?
    Eu sou apaixonada por cachorros, amo mesmo, tanto que fiz desse amor a minha profissão hoje, por conta disso, qualquer livro que envolva esses anjinhos me emociona e me deixa mal mesmo, tanto que eu não consegui ler Marley & eu e toda vez que eu tentei assistir o filme, tive crises de choro absurdas quando ele começa a ficar doente.
    Parabéns pela sua resenha e seu dog é lindo demais

    beijos
    Livros & Tal

    ResponderExcluir

Seja bem-vindo ao meu blog.
Sua opinião é muito importante, mas se lembre que respeito é bom e eu gosto!
Seguiu? Deixa o link que eu sigo de volta. E também retribuo os comentários.

Obrigada por vir até meu cantinho!