F

30 agosto 2016

Resenha - Haatchi & Little B

Título: Haatchi & Little B
Autora: Wendy Holden
Editora: BestSeller
Gênero: Não ficção
Páginas: 224
Ano: 2016
Skoob

(Cortesia da editora)

Sinopse: A história inspiradora da amizade entre um menino e seu cão. Em Haatchi & Little B, Wendy Holden narra a emocionante história de amizade entre Owen Howkins e seu cachorro Haatchi. Owen (conhecido pela família como Little B) sofre de uma rara doença genética chamada síndrome de Schwartz-Jampel, que faz com que os músculos do menino fiquem sempre tensos, impossibilitando-o de sair da cadeira de rodas. A condição de Little B dificultava sua relação com outras pessoas e sua capacidade de fazer amigos, mas o quadro mudou com a chegada de Haatchi.  Após ser abandonado em uma linha de trem e perder uma pata traseira e o rabo, o cachorro foi adotado pela família de Owen, dando início a uma afetuosa relação. O livro conta como a amizade entre Little B e Haatchi mudou, para sempre, a vida dos dois.


Raros são os livros envolvendo o amor canino que não me atraem. Haatchi & Little B é uma obra de não-ficção da Editora BestSeller, e me prometia desde sua descrição, uma história emocionante e inspiradora.  

A obra gira em torno de Haatchi, um pastor-da-anatólia, que foi amarrado aos trilhos de um trem em um tremendo ato de crueldade, e de Little B, uma criança fofa que enfrenta diariamente os obstáculos que a síndrome Schwartz-Jampel acarreta. Dois seres inegavelmente sofridos, com histórias que pouco parece ter em comum, mas que com uma obra do destino irão se cruzar. Haatchi teve que amputar grande parte da perna e do rabo, o que lhe deu certa dificuldade para andar, e Little B, por sua vez, também têm suas dificuldades de mobilidade.  O menino tímido e recluso que antes não queria sair de casa, viu sua vida mudar quando sua família adota Haatchi. Ele percebe o quanto o cãozinho é forte e feliz apesar de sua deficiência, e resolve que quer ser como seu mais novo amigo. É o momento então de mudanças, que definiriam para sempre a vida dos dois. 


Wendy narra a história de uma maneira simples e objetiva, mas é possível se emocionar em diversos momentos. Ver a evolução de Little B e sua vontade de viver após se tornar amigo de Haatchi é enormemente inspirador.  A escrita da autora é detalhista nesse sentido, assim como nos fatos que antecederam e sucederam o encontro dos dois. Com uma narrativa ágil, o livro pode ser lido muito rapidamente. A escrita da autora me lembrou bastante documentários sobre histórias reais.

Ao longo da leitura é fácil se emocionar com toda a evolução desses dois amigos. Quem é apaixonado por cães certamente se comoverá com a história de Haatchi e tudo que ele ainda enfrentará com a perda de uma das pernas. Do mesmo modo, facilmente nos emocionamos com toda a transformação de Little B, que agora vê a vida de uma maneira diferente. A família de Little B é incrível e nunca mediu esforços para proporcionar a ele o melhor da vida, apesar de todas as dificuldades financeiras. 


O livro ainda conta com uma ótima diagramação. Como toda boa biografia, a obra têm fotos da família e de Haatchi e Little B  em seus melhores momentos. O brilho no olhar de Haatchi me surpreende até de longe. Se você ler irá entender.

"'Algo em Haatchi induz as pessoas a fazerem coisas incríveis', disse Collen. 'Todos querem compensá-lo pelo que aconteceu. Por ter visto o pior da humanidade, ele desperta o melhor dela nas pessoas.'" (p. 111) 

Haatchi & Little B é um livro com uma história real incrivelmente comovente e inspiradora. Adorei conhecer todos os envolvidos nessa amizade tão linda entre um menino e seu cão, e toda a transformação de ambos após o primeiro encontro. Para um apaixonado por cães esse livro é uma leitura obrigatória. Leia e se deixe inspirar e crer que a superação é sempre possível!

Compare e Compre: Buscapé 




4 comentários:

  1. Que história incrível e emocionante, deve ter sido uma superação e tanto para o Haatchi, e uma evolução e mudança para melhor na vida de Little B. Só li apenas um livro envolvendo cachorro, que foi Marley & Eu, e sem dúvida, me emocionei bastante. Vou anotar a dica, e vou procurar o mais rápido possível ler esse livro e ver como esses dois ajudaram um ao outro.
    O Pequeno Leitor

    ResponderExcluir
  2. Olá, não conhecia a obra e achei a premissa super fofa. Costumo morrer em lágrimas com obras contendo animais de estimação.

    Abraços

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia essa obra e confesso que raramente leio biografias, mas concordo que em alguns casos valeu muito a pena conhecer mais a fundo a história de alguém. Bom demais saber que apesar das dificuldades o protagonista da história (real) inspira com sua postura e luta diante da vida.

    Leituras, vida e paixões!!!!

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Achei muito emocionante essa história, muito triste a história dos dois e tenho a impressão que chorarei copiosamente enquanto ler. Amei a dica!
    Beijos.
    http://arsenaldeideiasblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir

Seja bem-vindo ao meu blog.
Sua opinião é muito importante, mas se lembre que respeito é bom e eu gosto!
Seguiu? Deixa o link que eu sigo de volta. E também retribuo os comentários.

Obrigada por vir até meu cantinho!