F

02 fevereiro 2016

Resenha - Eu sou Malala

Título: Eu sou Malala
Autora: Malala Yousafzai
Editora: Companhia das letras
Gênero: Não-ficção
Páginas: 360
Ano: 2013
Skoob

Sinopse: Quando o Talibã tomou controle do vale do Swat, uma menina levantou a voz. Malala Yousafzai recusou-se a permanecer em silêncio e lutou pelo seu direito à educação. Mas em 9 de outubro de 2012, uma terça-feira, ela quase pagou o preço com a vida. Malala foi atingida na cabeça por um tiro à queima-roupa dentro do ônibus no qual voltava da escola. Poucos acreditaram que ela sobreviveria. Mas a recuperação milagrosa de Malala a levou em uma viagem extraordinária de um vale remoto no norte do Paquistão para as salas das Nações Unidas em Nova York. Aos dezesseis anos, ela se tornou um símbolo global de protesto pacífico e a candidata mais jovem da história a receber o Prêmio Nobel da Paz. Eu sou Malala é a história de uma família exilada pelo terrorismo global, da luta pelo direito à educação feminina e dos obstáculos à valorização da mulher em uma sociedade que valoriza filhos homens.  O livro acompanha a infância da garota no Paquistão, os primeiros anos de vida escolar, as asperezas da vida numa região marcada pela desigualdade social, as belezas do deserto e as trevas da vida sob o Talibã. Escrito em parceria com a jornalista britânica Christina Lamb, este livro é uma janela para a singularidade poderosa de uma menina cheia de brio e talento, mas também para um universo religioso e cultural cheio de interdições e particularidades, muitas vezes incompreendido pelo Ocidente.



Finalmente li Eu sou Malala, e acredito que foi no momento certo. Imagino que a grande maioria conhece um pouco da história dessa garota tão jovem, mas que já comoveu o mundo inteiro. O livro foi escrito pela própria Malala Yousafzai em parceria com a jornalista britânica Christina Lamb, e é uma publicação da Companhia das Letras

Malala morava com sua família no vale do Swat, no Paquistão. A vida antes do controle do Talibã no local era de paz e tranquilidade. Meninos e meninas iam à escola, as mulheres faziam suas compras normalmente no mercado, os comerciantes tinham sua situação financeira sobre controle e Malala era uma estudante aplicada e dedicada àquilo que mais amava, os livros. Com a chegada do temível Talibã, seu país parecia que havia enlouquecido e nada mais era como antes. Malala tivera uma criação que lhe permitiu inspirar-se em seu pai, Ziauddin, e ela não desistiria de lutar pela educação a que tinha todo direito. Ela participava, muitas vezes com seu pai, de diversas manifestações a favor de manter as escolas para meninas abertas, e com isso conquistou inimigos. Depois de diversas ameaças que pai e filha sofreram, Malala foi baleada em seu ônibus escolar. Sua sobrevivência foi milagrosa, e depois desse atentado, Malala comoveu de vez o mundo todo.


"Aqui uma menina pode ir à escola, eu dizia. Mas o Talibã estava logo ali, na esquina, e era pachtum como nós. Para mim, o vale era um lugar ensolarado. Não pude ver as nuvens se juntando atrás das montanhas. Meu pai costumava falar: 'Vou proteger sua liberdade, Malala. Pode continuar sonhando.' " (p. 77)

Malala narra sua história de uma maneira comovente, retratando a história de seu vale, antes e depois da entrada do Talibã, além de contar histórias de sua família e como fora criada pelos pais. Com todos os fatos narrados, o leitor têm uma noção bem abrangente de como o Paquistão sofreu transformações ao longo dos anos, e de como não somente Malala, mas todos os paquistaneses sofreram com os bombardeios, as pequenas guerras e até a presença dos americanos no local, que caçavam ainda Osama Bin Laden. Portanto, o conteúdo do livro está além do atentado que a menina sofreu. 

É possível notar, logo no início, a escrita sensível de Malala e imaginar pouco a pouco sua personalidade. Devo confessar que o maior herói dessa história é seu pai. A cada página eu o admirava mais, já que tudo que ele fez pela família e pelas crianças de seu país, dificilmente outros paquistaneses fariam. A motivação que ele passava para a filha era impressionante, e não tinha medo de morrer, mas sim de se calar diante das injustiças impostas pelo regime do Talibã. Tudo que Malala é hoje, ela deve ao seu pai.

O foco do livro é mostrar ao leitor toda a trajetória da menina, desde a tranquilidade em que vivia no vale Swat, o controle do Talibã, a interferência do Exército, o tiro que levou e sua recuperação. Diante disso, alguns trechos do livro podem ser um pouco lentos com uma narrativa mais detalhada, mas não considero isso um ponto negativo, mas uma oportunidade para conhecer os conflitos do Paquistão. A obra é, acima de tudo, encantadora, pois temos a narrativa de Malala  nos mostrando sua determinação em lutar por aquilo que acreditava, não se deixando intimidar pelas ameaças e ainda brincando com a ironia das coisas. Como o Talibã queria que somente professoras ou médicas mulheres cuidassem de outras mulheres, se não queriam que as meninas fossem à escola?


"Acreditávamos que a escola voltaria a funcionar. O Talibã podia tomar nossas canetas e nossos livros, mas não podia impedir nossas mentes de pensar." (p. 156)

Quanto ao trabalho gráfico da editora, também está ótimo. As letras estão em tamanho ideal e as folhas são amareladas. A capa, claro, é perfeita. A revisão está impecável, e se continha algum erro, não notei. Talvez, para alguns leitores, o que pode incomodar é o fato dos diálogos serem apenas uma lembrança de Malala e não conterem travessão, e sim aspas.

Enfim, Eu sou Malala é um livro comovente, mas também uma "aula" para que possamos compreender um pouco mais sobre os conflitos vividos no Paquistão, e o quanto seus moradores são diretamente atingidos com as guerras no local. A maneira com que a obra é narrada é tão envolvente que rapidamente devorei o livro. A cada página, admirava Malala e seu pai, e ansiava por mais informações. Acho que não há mais dúvidas de que recomendo a leitura do livro, independentemente do seu gosto literário. Malala é real e terminei o livro desejando mais seres humanos como ela!





49 comentários:

  1. Oi Leticia!!

    Nunca tinha lido uma resenha deste livro e olha, agora desejo muito ler, gosto muito de ler sobre esses conflitos, curto mais quando tem alguma pitada de romance como no caso de Uma garrafa no mar de gaza, já leu? É ótimo, e você iria adorar. Sei que este livro seria diferente, mas quero ler mesmo assim.
    Parabéns pela resenha!

    Beijos Mila
    Daily of Books

    ResponderExcluir
  2. Oi Leti, eu nunca li nehuma resenha desse livro, eu gostei muito da sinopse e da resenha mesmo não sendo o tipo de livro que eu leio o livro parece ser bem interessante, ate porque a historia de vida dela é de superação com certeza vou ler bjs.

    ResponderExcluir
  3. Oii Nunca li nada sobre esse livro e também nunca tinha me interessado por ler. Mas a sua resenha saiu muito boa, o livro parece ser bem interessante. Nunca li um livro deste gênero mas agr me interessei *-*

    ResponderExcluir
  4. Olá, Leticia.
    Esse é um livro que quero ler, principalmente por causa da história de vida da Malala. É uma obra importante para entender melhor como essa guerreira começou a trilhar a sua jornada. Além disso, ajuda a entender os conflitos no Oriente Médio.
    Ótima dica.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do top comentarista de fevereiro. Serão dois vencedores!

    ResponderExcluir
  5. Olá Olá !
    Em primeiro lugar , gostaria de felicitar o blog fantástico, eu amo todas as mensagens que são uma inspiração para o nosso blog.
    Em segundo lugar, você poderia nos ajudar a seguir o nosso blog, porque não chega nem perto do famoso , lol ? Eu tenho que seguir .
    Grato pela atenção, muito bem sucedido e abraços! < 3
    Obsesión por la lectura <3

    ResponderExcluir
  6. esse não é um livro apenas para ser lido, mas também para ser sentido em todas as páginas, Malala é corajosa e uma guerreira de todas as forma, a admiro
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi, Leticia! Tudo bem?
    Já ouvi falarem bastante deste livro e a história de Malala parece ser impressionante. Amo biografias e acredito que este livro, apesar de ser romantizado, me agradaria bastante. Sua resenha me motivou a ter boas impressões sobre ele. Espero lê-lo algum dia. Beijos! ^-^

    ResponderExcluir
  8. Olá, tudo bem? Tenho vontade de ler esse livro, por ter sido escrito pela própria Malala. Sua história é de coragem e superação e o livro realmente parece ser um bom meio para entendermos melhor tudo o que ela e sua família passaram.

    Beijos,

    Mari
    cantinhodeleituradamari.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Olá,

    já vi esse livro diversas vezes em promoção, foi escrito pela própria Malala. Eu particularmente gostei da sua resenha, esse é um livro que me instiga para pegar e ler, uma história de coragem e superação, um exemplo de vida. www.sagaliteraria.com.br

    ResponderExcluir
  10. Eu queria muito ler essa obra, mas ao mesmo tempo sei que vou ficar muito comovida, triste e indignada com sua história, então é uma leitura que eu passo no momento. Quero estar mais corajosa para ler. A história dela é linda, e acredito que a leitura deve ser maravilhosa.
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  11. Já conhecia Malala pela sua grande coragem e pela conquista do Prêmio Nobel da Paz, mas não me lembrava que tinha um livro contando toda a sua trajetória de lutas e conquistas. As histórias de como as guerras mudam completamente a vida de uma nação são obras que merecem a nossa leitura. Espero conseguir encaixar esse livro nas minhas metas!
    Abs!

    ResponderExcluir
  12. Confesso que conheço o livro e a história de Malala, mas nunca fui tomada de curiosidade para ler o livro. Está é a primeira resenha que leio e vejo, que apesar do drama incrível, das ironias e tudo o mais, não seria um livro que eu leria, pois não tenho muita paciência para coisas muito detalhadas e vc disse que há partes assim... A história de vida dessa menina é incrivel, não vou negar, mas não leria seu livro.

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
  13. Oi Flor!
    Preciso ler o livro de Malala! Que menina corajosa e transformadora. Como seria bom se tivéssemos mais pessoas assim no mundo.
    Realmente é uma leitura transformadora. Acredito que realmente é uma aula para cada um de nós.
    Que bom que o livro veio no momento certo para você!
    Ótima resenha.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  14. Leticia, sua resenha está maravilhosa! Antes de tudo, parabéns por trazer esse livro para o seu blog, porque ele é mesmo muito bom! Eu ainda não o li inteiro (li somente uma parte na casa de uma amiga), mas ele está marcado como desejado no Skoob. Assim que alguém disponibilizá-lo, eu solicito pra troca. <3
    Beijo grande,
    Mona
    www.literasutra.com

    ResponderExcluir
  15. Eu adoro biografias e este livro está na minha estante desde a época do lançamento e agora lendo a sua resenha, fiquei bem empolgada em ler o livro o mais rápido possível. Acho que toda biografia, tem um pouco do que vc falou: uma aula. No caso da malala, ainda muito nova, ela tem muito o que nos ensinar. Adorei!!!
    beijos

    ResponderExcluir
  16. Olá!
    Preciso MUITO ler esse livro. Adoro biografias e tenho muita curiosidade de conhecer a história de Malala. Mesmo sendo uma leitura lenta em alguns momentos, acredito que vale muito a pena. Imagino o quão intensa e marcante deve ser.
    Ótima resenha!
    Beijos.

    Li
    Literalizando Sonhos

    ResponderExcluir
  17. Olá, Leticia.
    Eu gosto muito de histórias que se passam lá por aqueles lados do mundo, mas geralmente prefiro ler ficção, então não sei se leria esse livro. E também me incomodo com a falta de travessão.

    ResponderExcluir
  18. Olá! Nossa, já tinha visto falar desse livro,mas, não imaginava o quanto ele era forte. Com toda certeza Malala é uma fonte de inspiração para muitas pessoas. SAbemos a realidade triste dos países daquela região e, ter a oportunidade de conhecer uma história de luta e coragem é fascinante. parabéns pelo seu texto, ficou lindo. Beijos!

    Entre Livros e Pergaminhos

    ResponderExcluir
  19. Normalmente não leio livros de não ficção, mas este é um que está na lista de desejos. Creio que seja um livro muito bom, e como você diz que é uma escrita sensível, ainda me interessou mais.

    ResponderExcluir
  20. Eu acho que o que esta garota passou é algo tão obscuro que só pelo fato de ela ter sobrevivido e ter contado tudo isto já é algo que uma pessoa deveria se orgulhar de poder viver em um lugar sem guerra. Quero ler a história dela porque nestes momentos a gente imagina que a nossa vida não está legal, mas nunca pensa que poderia ser pior!

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.amigasemulheres.com

    ResponderExcluir
  21. Olá!

    Sou doida para ler o livro da Malala, antes quando eu não sabia do que se tratava, quase comprei o livro varias vezes e depois desisti. Hoje me arrependo de não o ter comprado quando tive a oportunidade. Kkkkk
    Mas ele com certeza esta na minha lista para ser comprado assim que eu puder.
    Viu que recentemente saiu um filme contando a historia dela? É tipo um documentário. Eu fiquei com muita vontade de ver, ela realmente lutou muito pelos seus direitos e de outras garotas. Primeira vez que vejo uma resenha sobre esse livro, adorei!

    Beijinhos!

    www.cantinhocult.com

    ResponderExcluir
  22. Ainda não li o livro, mas pretendo ler futuramente. Conheço um pouco de sua história e acho muito interessante e linda! Acho ela uma guerreira, por ter lutado contra a falta de direitos e o preconceito.

    ResponderExcluir
  23. Oie
    Tudo bom?
    Eu acho fascinante a história dela, ela passou por muita coisa por seu ideal e por isso sou doida para ler a história dela e ver como ela lhe dou com tudo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  24. Sua resenha está muito boa. Sempre vi noticias e artigos falando sobre Malala e sua história por esse motivo pretendo ler esse livro, lendo sua resenha fiquei mais ansiosa ainda para ler esse livro.

    ResponderExcluir
  25. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  26. Oi Leticia, para ser sincera eu nunca senti vontade de ler esse livro, apesar de ter uma trama muito interessante e o fato de ser baseada em fatos reais deixa tudo melhor ainda, né? a sua resenha me comoveu bastante e tenho certeza que o livro irá me surpreender também, por isso eu vou dar uma chance a ele!

    Beijos

    www.oteoremadaleitura.com

    ResponderExcluir
  27. Oi Lê... tudo bem???
    Bom eu acompanhei a época que ela aparecia na TV, após ela receber o tiro e sua recuperação... sempre a admirei e são poucas mulheres com esse senso de justiça e humanidade demonstrado por ela... mesmo que eu não venha ler o livro, eu precisava ler a sua resenha... porque acredito que foi uma leitura enriquecedora e uma lição de coragem e humanidade... acredito que as pessoas deviam parar com esses preconceitos bobos e essa violência sem fim e aproveitar a vida mais harmonicamente... conflitos as vezes cansam e só trazem sofrimento... Xero!!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  28. Oi Leticia, tudo bem?

    Nossa, a história dela deve ser bem comovente mesmo e super forte. Ela é um grande exemplo. Não sei se eu leria o livro por ele ser uma biografia, mas não tenho duvidas de que é uma história enriquecedora.

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  29. Oi letícia, sua linda, tudo bem
    Nossa, esotu emocionada com essa hsitória. Que mulher admirável, com certeza é um exemplo a ser seguido. Não acreditei quando ela foi baleada, fiquei assustada quando disse que ela e o pai eram ameaçados, mas achei lindo ela nunca desistir e se preocupar mais em não fazer nada do que correr risco. Adorei sua resenha e acredito que essa é daquela leituras que mudam a nossa vida.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    h



    ResponderExcluir
  30. Amiga eu já não sou muito chegada a esse gênero de livro, mas pelo que percebi deve ser muito bom, até porque conta uma estória realmente emocionante. Não sei, nao tenho costume de ler certos livros e tu me conhece, mas quem sabe mais pra frente eu venha a conhecer e a gostar né? A gente nunca sabe. Adorei a maneria como desenvolveu sua resenha e espero que um dia tu volte pro meu cantinho de novo, porque estou com saudades xD

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2016/02/resenha-confucio-as-licoes-do-mestre.html

    ResponderExcluir
  31. Eu comprei este livro no final do ano passado e estou com ele aqui, do meu lado, louca para começar a lê-lo, mas com outras leituras na frente. Acho comovente a história dessa menina, tão jovem e com tanta fibra. Certamente lerei este ano, pois está na pilha das prioridades. Adorei ver como você ficou envolvida com a leitura, só me fez sentir mais vontade de ler a obra. Bela resenha!

    Tatiana

    ResponderExcluir
  32. Esse livro, essa história, essa mulher. <3
    Gostei muito da leitura desse livro, porque admiro muito Malala. Eu consegui perceber o quão desigual e o mundo e como nós, do ocidente, somos privilegiados em tantas coisas. É uma leitura de aprendizado e sensível. Vale a pena indicar pra todo mundo né? Haha

    ResponderExcluir
  33. Oi!
    Desde que esse livro foi lançado eu estou louca pra ler..resenha dele eu nunca tinha visto..vc é a primeira,e todos que conheço e leram esse livro amaram,então juntou minha vontade de ler com a empolgação das pessoas..resultado estou desesperada por esse livro XD Estou bem curiosa pra saber mais sobre a estória de Malala pois o pouco que eu sei dela vi em programas de tv e matérias na internet!!!

    http://livroaoavesso.blogspot.com.br/2016/02/resenha-um-beijo-inesquecivel-julia.html

    ResponderExcluir
  34. Oiie,

    Sabe eu tenho muita vontade de ler esse livro, só vejo elogios, ainda mais por ser real, e nos mostra o que as pessoas sofrem naquele lugar, que dá uma tristeza no coração. Espero poder ler em breve essa estória e me deixar conhecer e aprender um pouco.

    Bjs

    Amantes da Leitura

    ResponderExcluir
  35. oi Leticia,
    esse livro é a sua cara mesmo, rs. A história da Malala parece ser mesmo comovente, e fico feliz em saber que o livro não foca só nisso, mas também na história da sociedade em geral, mostrando como o Paquistão sofreu e foi afetado.
    Linda resenha
    muito bonito e profundo o texto. É difícil ignorar a opinião dos outros, não deixar que ela influencie nossas vidas. Isso sem falar nas mudanças que vem com o tempo, naturais, mas para as quais nem sempre estamos prontos
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  36. Este é um livro ao qual venho querendo ler desde o lançamento ,mais infelizmente ainda não tive a oportunidade, a historia de Malala deve ser muito comovente, a admiro muito por ser esta garota corajosa e transformadora. Sempre li comentários ótimos sobre esta obra espero lê-la em breve
    Beijos

    ResponderExcluir
  37. Gostei muito da resenha.
    Pena que não faz meu gênero literário, eu ate ganhei esse livro, mas dei para minha amiga que gosta, e estava querendo comprar a muito tempo, espero em um futuro próximo, tentar novamente, mas por enquanto esse não estar na minha lista.

    ResponderExcluir
  38. Oiii
    Eu não sei se leria, pois a temática não chama a minha atenção.
    Mas sempre vejo ótimos comentários sobre o livro.
    Sei que me emocionaria muito com a leitura.
    Pois a história da Malala é muito comovente.
    Sua resenha foi muito bem escrita e explicativa.
    Obrigada pela sugestão, amei a dica.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  39. Oi, tudo bom?
    Tenho esse livro, mas morro de preguiça de ler biografias. Não tenho dúvidas de que é um livro excelente, mas o gênero super me desanima. Parabéns pela resenha, fiquei com vontade de lê-lo depois dela... Mas não sei se lerei esse ano ainda. Não estão nos meus planos.

    Beijos, Rob

    ResponderExcluir
  40. Olá. Que resenha adorável. Não conhecia a obra dela e nem muito do seu relato, mas realmente, pude perceber que é uma pessoa incrível e deve ser realmente uma história bem comovente. Mesmo eu não curtindo muito de ler biografias, mas quem sabe, espero realmente mudar de opinião e dar uma chance a obra.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  41. A Malala tem uma história incrível, e isso já sei pelo pouco que conheço sobre ela. Merece muito uma biografia, estou louco para ler e apreciar essa obra tão emocionante, que também nos ensina bastante pelos infelizes conflitos que existe hoje em dia no Paquistão. Abraços

    ResponderExcluir
  42. Assim com todos acompanhei a vida de Malala nos jornais, essa garota é incrivel seus pensamentos, ações com certeza merece o Nobel .
    Pretendo ler o livro que sei que é emocionante!
    Bjus

    ResponderExcluir
  43. Oi Letícia, tudo bem?

    Belíssima resenha! Tenho bastante vontade de ler um livro e conhecer mais sobre a Malala, sua vida, como foi a transição da paz que ela vivia ontem para todos os dramas da guerra, e da forma como ela batalhou pelos seus direitos e das outras mulheres. Parece ser uma história emocionante, e não me incomoda algumas partes serem mais lentas e descritivas.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima || Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  44. Não gosto muito de biografias, da muito desanimo, mesmo a história sendo bem interessante.

    ResponderExcluir
  45. Nunca tinha parado para ler sobre a história de Malala, e a profundidade dessa leitura é o ingrediente perfeito para colocar esse livro na lista, eu vi um pouco a trajetória de Malala pelo mundo e sua força e garra determina de vez a influencia no mundo. Com certeza o livro dela vai servi de inspiração a todos, da forma de como algumas pessoas regridem na evolução. Sua resenha está perfeita. Bjkas

    ResponderExcluir
  46. Achei interessante o lançamento desta historia, pois so me recordo do fato que a garota teve ao defender as garotas, mas sobre sua historia nunca procurei saber. Espero poder ler essa historia.

    ResponderExcluir
  47. Oi!
    Quero muito ler Eu sou Malala, faz um tempo que ele está na minha lista de leitura mas ainda não tive oportunidade de ler mas conheço um pouco a historia de Malala e a acho inspiradora principalmente depois que assistir seu discurso na ONU e também quero assistir ao filme que fizeram também !!

    ResponderExcluir
  48. Oie, tudo bom?
    Tenho muita vontade e ler essa história e conhecer a fundo a Malala. A história oficial eu conheço, mas quero entender mais sobre o tema lendo o livro. Ela é uma inspiração, com tudo que passou e com a coragem de enfrentar muitas pessoas. Tão jovem e extremamente sábia. Um livro que merece a leitura e espero ter a oportunidade.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  49. Adorei o modo como você colocou o livro. Fiquei tão empolgada que já baixei o livro em epub mesmo e vou começar a lê-lo imediatamente!

    http://quantomaislivrosmelhor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Seja bem-vindo ao meu blog.
Sua opinião é muito importante, mas se lembre que respeito é bom e eu gosto!
Seguiu? Deixa o link que eu sigo de volta. E também retribuo os comentários.

Obrigada por vir até meu cantinho!