F

11 janeiro 2016

Resenha - Aprendendo em seis

Título: Aprendendo em seis
Autora: Marcela Campbell
Editora: Schoba
Páginas: 420
Ano: 2014

(parceria com a autora)

Sinopse: O livro conta a história de seis jovens da hierarquia carioca que ficam na detenção por seis semanas em um dos melhores colégios da cidade do Rio. A história aborda temas comuns nessa fase da vida pessoal e escolar. Retrata temas já conhecidos como bullying, mas prezando os sentimentos daqueles que o sofrem, fala sobre o culto ao físico, como também fala sobre a compulsão alimentar, sobre a dificuldade de ser aceito pelo entorno e por si mesmo, sobre preconceitos, rótulos, sobre a competitividade e também sobre problemas familiares. Sadie é a garota nova que fica conhecida como a rebelde do São Lucas. Isabela é a típica popular do colégio e sofre muita pressão para continuar sendo perfeita. Lílian é aquela que está sempre sorrindo mesmo que esteja gritando por dentro. Noah pertence ao grupo dos populares, mas não fala com ninguém na escola. Lucas é o nerd da turma que é sempre comprado ao irmão e Arthur é o menino estranho e isolado.  Apesar de terem histórias de vidas diferentes, os seis encontraram na detenção uma maneira de atravessarem tudo isso. Ali puderam ser eles mesmos, durante essas seis semanas ocorre de tudo: desde encontros em restaurantes, passando por brincadeiras inusitadas, momentos engraçados e tristes. Mas eles aprendem que juntos podem enfrentar o mundo.


Aprendendo em seis é o primeiro livro publicado da autora Marcela Campbell, e uma obra que traz assuntos comuns da atualidade.  Na trama temos seis jovens que vão parar na detenção do colégio e, terão que conviver durante seis semanas. Parece algo normal, se não fosse a personalidade totalmente distinta de cada um deles. 

Sadie, Noah, Lilian, Arthur, Isabela e Lucas. Sadie é uma garota reservada e vive lendo. Ela passa por um momento delicado enfrentando a tentativa de suicídio de sua melhor amiga. Noah é um dos garotos mais bonitos do colégio, mas sofre com as cobranças dos pais para estar sempre em primeiro lugar nas competições de natação. Lilian também tem problemas com os pais em casa, que vivem em pé de guerra, talvez por isso sofra querendo comer a toda a hora. Arthur é mais reservado e enfrenta os problemas psicológicos da mãe. Isabela é considerada a puta do colégio e só pensa em beleza. Já Lucas é o típico nerd, e também enfrenta problemas familiares. Seis jovens que parecem ser tão diferentes, mas que terão que aprender muito juntos. 

"A dor dentro de mim era tanta que um dia, enquanto me depilava, sem querer me cortei. Não sei como, mas no mesmo momento a dor diminuiu e agora virou um vício para os meus momentos difíceis, uma válvula de escape." (p. 13)

A autora acertou em cheio no tema e na criatividade para juntar seis jovens tão comuns na sociedade atual. O livro é dividido em capítulos, onde cada personagem expõe seu ponto de vista, portanto, com uma narrativa em primeira pessoa. Me senti cativada por todos eles, inclusive por Isabela que me irritou em muitos momentos. A escrita da autora é leve, divertida e super fácil de acompanhar.

Todos os jovens já passaram por algo parecido, seja bullying, compulsão alimentar, culto ao físico, competitividade, automutilação ou dificuldade de ser aceito na sociedade. Se não passou, com certeza conheceu um amigo ou conhecido na escola que passou. Marcela criou personagens bem reais a todos esses "transtornos pessoais", nos fazendo refletir o quanto podemos estar enganados sobre o que pensamos das pessoas. Tentar criar uma personalidade pelo que vimos por fora, é algo totalmente equivocado. Lucas, por exemplo, é considerado um nerd por suas notas e sua aparência, mas no convívio ele é um jovem extremamente divertido, afinal, todos têm suas qualidades e nem sempre demonstram por fora o que sentem por dentro.


"Estava me importando demais com essas pessoas, estava começando a gostar delas, a me abrir, a me divertir. Estava começando a achar que talvez aqui encontrasse um lugar para mim. E isso me desesperava." (p. 134)

Amei a leitura do livro e, acredito que não dei a nota máxima pois achei alguns trechos muito exagerados e algumas atitudes dos personagens um pouco bobas, até mesmo para a idade. Além disso, senti falta de algo no final. Acho que faltou acontecer uma coisa muito importante nesse desfecho, que infelizmente não aconteceu (não posso falar o que é). Mas foram alguns detalhes que não tiraram o enriquecimento que os temas abordados trouxeram. 

A parte física está ótima, a capa combinou perfeitamente com a obra e define muito bem cada um dos personagens. As folhas são amareladas e fonte em tamanho ideal. A revisão também está ótima, e se tinha erros, não notei.

Aprendendo em seis pode ser lido por qualquer público, mas especialmente para os jovens que passam por momentos de dúvidas. Acredito que pode ser um aprendizado e tanto, mesmo o livro não sendo de auto-ajuda. O foco do livro é mostrar que mesmo tendo nossas personalidades totalmente distintas, todos temos defeitos, mas também qualidades e algo de bom para mostrar ao mundo. Vale a pena a leitura do livro.






39 comentários:

  1. Leticia, até então eu não sabia da existência deste livro, mas fiquei bastante intrigada com sua proposta. O livro parece contar uma história que nos faz pensar e entender melhor os jovens (não que eu seja velha, tenho 21 anos) e seus dramas, contando também sobre a vida de cada um dos personagens que podemos encontrar em qualquer escola. Quem nunca viu teve um colega nerd? Ou conheceu uma garota que ficava com diversos garotos? Ou até mesmo conhecido uma garota tímida que é mais reservada? Enfim, gostei muito e adoraria poder conhecer mais a vida desses garotos.

    ResponderExcluir
  2. Oi. gostei de sua resenha, mas confesso (sou educadora) que não gostei do enredo. Não compreendi o motivo dos jovens serem da 'hierarquia carioca'... 'detenção' nas escolas? Oi? Essa ideia de detenção é comum nos EUA, de forma geral, desconheço no Brasil. Pode ser que alguma escola que adote o mesmo método educacional dos EUA esteja usando esse ideia de detenção, mas como professora, se me chamassem para dar aula numa escola assim, pediria demissão! Então, acho que esse não é um livro para mim...

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Oi Leticia eu não conhecia essa escritora e nem esse livro essa é a primeira resenha que leio dele o livro parece ser bem intenso com dramas que a maioria dos jovens enfrentam todos os dias não é o tipo de gênero literário que leio mas a sinopse me agradou muito e você fez uma resenha incrível obrigada pela dica bjs.

    ResponderExcluir
  5. Oie Leticia,
    Ao acompanhar sua resenha, notei algumas semelhanças do livro com o filme "O clube dos cinco" o.o (rs)
    Não me interessei pela premissa, não é o que estou procurando ler no momento, mas irei recomendar para um amigo que sei que vai gostar da leitura.
    Beijos
    Cantinho da Bruna

    ResponderExcluir
  6. Olá, Leticia.
    Acredito que leria a obra por todos os problemas que os protagonistas já viveram. Isso deve dar uma carga psicológica interessante para a obra.
    Mesmo com o pequeno problema apresentado no desenvolvimento, leria, sem dúvidas.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do top comentarista de janeiro. Serão dois vencedores!

    ResponderExcluir
  7. Oi, tudo bem? Gostei muito da resenha e confesso que o livro me chamou atenção, pois não entendi bem a sinopse, na verdade entendi, mas gostaria de entender com mais profundidade, ou seja, quero ler sem a menor dúvida.

    ResponderExcluir
  8. Oii, tudo bem?
    Este livro não me atraiu tanto assim, principalmente sobre a sinopse, meio que prefiro evitar livros assim :(
    Beijinhos
    segredosliterarios-oficial.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Oiee!
    Não conhecia o livro e sua resenha me preneu. Gostei dele, gote de tems assim também. Quero adquirir e ler em breve para poder voltar aqui e dar minha opinão sobre a leitura.
    Parabéns pela resenha!

    Beijinhos...
    http://estantedalullys.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oie tudo bem? Gostei dos temas que o livro aborda, acho que seria uma leitura excelente pra mim. O enredo me lembrou Skins (uma série de TV).

    ResponderExcluir
  11. O livro parece passar lições de vida incríveis, já que jovens, como eu, precisamos sempre de um apoio para não nos abalarmos com as diferenças que os outros nos veem. Enfim, adorei sua resenha e com certeza vou ler. Abraços :)
    bookdan.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Eu confesso que leria o livro pelos problemas que os jovens enfrentam como bullying, compulsão alimentar e automutilação, acho que seria realmente uma lição de vida ler esse livro e eu seria outra pessoa ao chegar na ultima pagina.
    Adorei sua resenha, muito bem estruturada e realmente estou convencida a ler.

    ResponderExcluir
  13. Nossa que capa linda!
    O Livro parece bem interessante,principalmente por abordar temas comuns da juventude,acho isso muito válido.
    Sua resenha está ótima e faz com que entendamos a profundidade do livro,mesmo sem ler.
    Abraços.

    http://estantelivrainos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  15. Oie,

    Essa capa ilustra muito bem os personagens pelo que foi descrito na resenha, e ficou muito legal, o livro eu leria sim porque mostra como todos os jovens enfrentaram problemas nas vidas dele, e não é que eu seja a louca da superação, mas é que eu gosto disso sabe? então o livro eu leria sim, quando tiver oportunidade com certeza vou ler.


    Bjs
    Mayla
    http://lendocomamay.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Achei a temática interessante, abordar os problemas que os jovens sofrem na idade escolar. Bom, mas acho que a autora confundiu o pouco o contexto brasileiro com o americano. Desconheço escolas que ainda detêm alunos no Brasil. É algo arcaico e, seu não me engano, até passível de denuncia, dentro das concepções pedagógicas atuais e das leias que regem a educação brasileira.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  17. Achei o livro muito bacana. Apesar de ser uma história adolescente, concordo com você neste ponto: não acho que seja específico para eles, todos podem ler. Adorei a capa, que demonstra os tipos de personagens iremos encontrar. Seu texto foi bem escrito, de verdade.
    Até + ver! Nu.
    As 1001 Nuccias | Curtiu?

    ResponderExcluir
  18. Olá, ótima resenha! Ainda não conhecia o livro e achei a trama bem interessante, gosto de histórias do tipo, que envolvam esse período estudantil e conflitos típicos dessa fase da vida.

    ResponderExcluir
  19. Oii
    Algo ns sinopse e na resenha me passou a sensação de faltar alguma coisa na história q desse mais peso. Li os comentários anteriores e concordei 100% com a Lilian faria... Acho q não leria.

    Coração leitor

    ResponderExcluir
  20. Realmente, parece que o foco são os jovens, mas mesmo assim me interessou pelos temas que a autora aborda. Tomara que ela tenha conseguido aprofundar o suficiente nos temas com uma discussão bacana e não tenha ficado raso, como às vezes acontece.

    Infinitos Livros

    ResponderExcluir
  21. Oie
    interessante o tema do livro e já tinha visto antes em alguns lugares mas não sei se leria por agora, sua resenha está ótima e parece ser uma boa leitura, quem sabe mais pra frente

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Oi, tudo bem?
    Se fosse pela capa eu não leria esse livro, pois não gostei. Mas ao ler sua resenha e saber que tem temas tão profundos na história fiquei com vontade. Uma pena que faltou algo no final, mas caso tivesse esse livro leria sim.
    Sua resenha está ótima ;)

    Beijos
    Leitora Sempre

    ResponderExcluir
  23. Gostei bastante da premissa desse livro, bem original. Se fosse ver pela capa, não leria mesmo, mas sua resenha mostrou pontos muito bons e fiquei bastante curiosa.

    ResponderExcluir
  24. Olá,
    A história parece ser diferente do que se costuma a ler envolvendo adolescentes e esse momento da vida. Gostei por ter bastante gente e por tratar de algo como o bullying.
    http://euinsisto.com.br

    ResponderExcluir
  25. Oi ^^

    Não conhecia o livro, mas já tive a minha atenção chamada pela capa!
    Acredito que a autora tenha desenvolvido uma narrativa muito boa, pelo menos na resenha encontrei elementos que me fazem pensar assim.

    Não sou mais adolescente, nem passo por bullying,hehhe, mas fiquei com bastante vontade de conhecer melhor estes seis!

    ResponderExcluir
  26. Oie!
    Achei a capa intrigante e pela capa achei que o tema do livro fosse hoje. A premissa me pareceu legal, mas apesar de abordar temas interessantes da adolescência eu to fugindo de adolescentes. Haha.
    Nunca pensei que um dia diris isso!
    Mas com quase 30 anos procuro leituras diferentes.
    Camila Bernardini Coelho

    ResponderExcluir
  27. Li a resenha e lembrei rapidamente de O clube dos cinco, até pesquisei aqui nos comentários para ver se era só eu e a Bruna também notou. Gostei, me parece bem parecido e eu gostei do filme.

    ResponderExcluir
  28. Oie, tudo bem? Realmente no início parece ser um livro de adolescentes como outro qualquer, ou até como PLL, adolescentes e seus conflitos pessoais. Mas a mensagem que transmite é que o torna diferente dos demais. Não conhecia o livro mas me interessei bastante pela temática. E sua resenha colaborou para essa curiosidade. Beijos, Érika

    >> www.queroseralice.com.br <<

    ResponderExcluir
  29. Olá, Leticia.
    Eu ainda não conhecia o livro mas já me interessei. A capa é muito bonita e o assunto é instigante. Gostei muito do tema abordado pela autora e acho que é um livro que eu leria sim, mesmo você destacando algumas coisas negativas como algumas atitudes bobas de alguns personagens.

    ResponderExcluir
  30. O livro tem um enredo muito instigante, ele me lembra livros que seguem essa trilha familiar, amizades, corpo, e acho algo muito bom de se trabalhar! Adorei a resenha!

    Abraços e até!

    lendoferozmente.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  31. EU não conhecia muito essa editora, nem o livro, mas me interessei pelo enredo e acho que colocaria esse livro na minha estante.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  32. Olá!

    Não conhecia esse livro, e achei a história bem interessante! Adoro livros que abordem temas comuns da nossa sociedade!!

    Valeu pela dica!!

    Beijos, Kamila
    www.vicio-de-leitura.com

    ResponderExcluir
  33. Oee,
    Não conhecia o livro e não senti muita vontade de ler, porque não é coisa que eu costumo ler :c


    Étreintes!!
    http://lendocomobiel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  34. Oi!
    Não pensei que ia gostar tanto desse livro mais a historia me surpreendeu, principalmente o modo que a autora conduz e principalmente que mesmo com muitos personagens parece que conseguimos nos envolver com cada um !!

    ResponderExcluir
  35. Ainda não conhecia esse livro e confesso que achei interessante porque a autora pegou uma ideia simples e parece ter transformado em algo bacana, de onde se dá para tirar um aprendizado através desses jovens. É demonstrar que tudo sempre vai além das aparências, mas a gente nem sempre percebe isso, né? Adorei a resenha!

    ResponderExcluir
  36. Lê!
    Acredito que o livro aborda um aspecto mais psicológico e gosto de livros assim, principalmente quando falam sobre os problemas vividos por adolescentes.
    Mesmo faltando algo, gostaria de ler.
    “Se não queres que ninguém saiba, não o faças.” (Provérbio Chinês)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participe do TOP COMENTARISTA de Janeiro, são 4 livros e 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  37. Nunca li nenhum livro da editora, e por mais que tenha gostado da resenha e dos pontos positivos, o livro não me chamou atenção para querer ler, pois acabaria me irritando pelas partes exageradas e reações bobas dos personagens.

    ResponderExcluir
  38. Já tinha visto algumas resenhas sobre o livro, e é realmente impressionante o modo como a autora trata de todos os temas típicos dessa fase da vida de uma forma ampla e sensível ao mesmo tempo. É impossível não se identificar com os personagens, com um deles pelo menos, e eu acredito que essa junção de personalidades tão diferentes, e também o fundo moral que o livro traz em si sejam os pontos fortes do enredo.

    ResponderExcluir
  39. Oii, tudo bem?
    Nunca ouvi falar no livro, mas nossa, eu adorei a ideia dele, esses 6 jovens devem ter muito a ensinar não é, cada um com uma personalidade diferente. Com certeza eu leria ele.

    Beijos

    ResponderExcluir

Seja bem-vindo ao meu blog.
Sua opinião é muito importante, mas se lembre que respeito é bom e eu gosto!
Seguiu? Deixa o link que eu sigo de volta. E também retribuo os comentários.

Obrigada por vir até meu cantinho!