F

01 setembro 2015

Resenha - Bolsas, beijos e brigadeiros

Título: Bolsas, beijos e brigadeiros
Autora: Fernanda França
Editora: Planeta
Páginas: 304
Ano: 2014

Sinopse: Melissa é uma jovem e impetuosa jornalista, que vive de escrever suas deliciosas aventuras por belas e curiosas cidades do mundo. Em uma nova fase de sua vida profissional, ela viaja á Europa em busca de cenários para as suas matérias e também de suas raízes italianas. Em meio a essa instigante jornada, além dos percalços comuns a uma mochileira no Velho Mundo, Melissa precisa lidar com a distância de seus familiares queridos, principalmente de sua mãe - grávida de um filho temporão -, e os misteriosos sumiços de seu namorado, Théo. O que será que ele esconde? Por que desaparece sem deixar rastros e reaparece como se nada tivesse acontecido? É o que o leitor irá descobrir ao ler este saboroso romance misto de guia turístico da Europa.


Peguei esse livro, pois estava querendo uma leitura mais leve e divertida e, embora não tenha sido totalmente proveitosa, a história até que vale a pena. Bolsas, beijos e brigadeiros é um chick-lit escrito por Fernanda França e publicado pela Editora Planeta. Esse livro é continuação de Malas, Memórias e Marshmallows, e fiquei sabendo depois de terminar a leitura. Não gosto de ler nada fora da ordem, mas não tive falta de informações durante a leitura, pois os livros podem ser lidos separadamente, além disso, a Editora Planeta não havia publicado o livro anterior.


Melissa é uma jornalista e seu trabalho é viajar pelo mundo para fazer matérias turísticas. O sonho de muita gente, não é verdade? Mais ela também tem seus dilemas. Além de ter que lidar com a distância de sua amada família, ainda tenta entender seu namorado misterioso Theo. 

Nos passeios de Melissa pela Europa, vamos conhecer seus primos estrangeiros, que nos conquistarão aos pouquinhos. Theo já nos deixa com uma "pulga atrás da orelha", pois é misterioso demais, e sempre deixa Melissa sozinha quando se sente inseguro. Nossa protagonista ficará perdida tentando entender porque ele some tantas vezes, e volta como se nada tivesse acontecido.

" É o livre-arbítrio, Mel. Você pode escolher o seu caminho. Mas o melhor caminho sempre te escolhe." (p. 22)

O livro é narrado em primeira pessoa pelos olhos de Melissa. Suas dúvidas, anseios e mais íntimos pensamentos são escritos de uma forma leve e descontraída. Gostei da maneira com que Fernanda conduziu a história, nos inserindo na vida pessoal da personagem. Os personagens secundários, como os seus primos da Itália, e sua família no Brasil, irão marcar muito as páginas desse livro. 


A história tem tudo para agradar, mas o que não tornou a leitura tão proveitosa para mim foram a gama de descrições sobre os pontos turísticos da Europa - nos primeiros capítulos principalmente. É muito bom acompanhar os personagens em suas viagens e conhecer um pouco mais da cultura de outros países, mas acho que muito texto poderia ter sido reduzido, pois isso tornou a leitura lenta em alguns trechos.

Mas o livro tem seus pontos positivos, e consegui me conectar com os sentimentos da personagem e torcer para que tudo acabasse bem. A autora preparou um desfecho para a história do casal, com um mistério no final, e a ansiedade era grande para descobrir como tudo ia acabar. Como eu esperava, o foco do livro não é o romance, o que me agradou, pois não foi isso que esperava na escolha desse livro.

"Foi com ela que percebi que amigos não precisam morar perto. Amigos simplesmente precisam ser amigos, gostar sem interesse, gostar pelo simples fato de querer bem. " (p. 128)

A Editora está de parabéns quanto à diagramação, que está perfeita. A capa é muito fofa, as folhas são amareladas e a fonte ideal. O início de cada capítulo vem com uma pequena descrição de onde Mel e seus amigos irão passar. Erros de revisão foram praticamente inexistentes.

Apesar das ressalvas, foi um livro bem gostoso de ler, pois tem um romance sem melação e na medida certa, e o que mais gostei na história foi todas as amizades que Mel fez durante suas viagens, além do vínculo que têm com sua família, mesmo estando tão longe. Não vou negar que achei essas combinações perfeitas: turismo, amizade e amor!

Compare & Compre: Saraiva | Submarino | Americanas






26 comentários:

  1. Já comecei amando o nome da personagem: Melissa. Acho lindo! *_* E gostei bastante da história. A capa está uma graça também!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bem? Gostei muito da capa, do título, do gênero e o fato de ela ser jornalista, lerei em breve!

    http://meusdespropositos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá, Letícia.
    A princípio, acho que não leria esse livro. Apesar de uma leitura mais leve seja proveitosa vez ou outra, a premissa da obra não chamou a atenção, sabe? Além disso, essas descrições mais longas mencionadas por você talvez incomodem.
    Não tenho problemas com longas descrições, mas quando pego um livro para relaxar, esse tipo de coisa não combina.
    Ótima dica.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de setembro. Serão dois vencedores.

    ResponderExcluir
  4. Oiii Letícia!
    Que livro fofo! Adorei essa temática de viagens e amizades, quero ler siiiiim!!!!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  5. Oi,
    Achei a capa uma graça. Mesmo não tendo me interessado tanto na sinopse, esse livro parece ser do tipo que a leitura flui. Ele parece ser "leve".
    A diagramação parece ser linda, um livro muito bem feito. Adoro livros em que gostamos da personagem, e torcemos por aquele final feliz. Pelo que a resenha trouxe, o livro parece uma graça, mas ainda sim, não me interessou. Uma pena.
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Amiga eu já ouvi falar do livro e já vi na livraria.
    Mas eu não tive o menor interesse em compra-lo sabia?
    Eu até gostei da capa e tudo mais, mas desde do lançamento eu não me interesse não sei porque!
    E também eu gosto de um chick-lit, mas sinceramente livro que tenha muita descrição me dá sono e acho que comigo não funcionaria =x Acho que prefiro um chick lit que me arranque risadas o tempo todo, se não, acho que a leitura não vai servir pra mim. Mas gostei da sua sinceridade. Eu curti muito a diagramação do livro e nem eu sabia que tinha um livro anterior a esse. Pensei que esse era o primeiro da autora O.o Que coisa né? Isso deveria ser informado aos leitores. Ainda bem que vc disse. Enfim...parabéns amiga, sempre mandando bem nas suas resenhas que eu adoro ler. Sei que estou devendo algumas visitinhas, mas ando em uma correria com as leituras que vc n tem ideia hahahahaa

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/09/resenha-coracao-de-pedra-vl1.html

    ResponderExcluir
  7. Oi, Letícia

    Pode responder um pequeno questionário para completar o meu TCC sobre adaptação literária para me ajudar??? Estou fazendo o trabalho mas ainda faltam algumas respostas. Fico no aguardo

    Obrigada

    http://mundo-restrito.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Amei a capa! Linda!
    Gostei muito desses "pré capítulos' ai também, explicando sobre o local e tal. Muito interessante.

    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Eu quero o emprego dela hahahahah
    Não gosto muito de livros com explicações, acho que esse não seria uma boa escolha para mim.
    Beijos!
    http://estantedoluiz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo bem?
    Achei a capa desse livro bem bonita, mas acho que não gostaria da história. Amo coisas sobre viagens, mas esse livro não me chamou a atenção.
    Beijos, lendocomabianca.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. O livro parece ser um chick-lit bem leve e gostoso de se ler, eu também não gosto muito de livros explicados demais, acho que perde um pouco o ritmo de leitura. Mas parece ser uma leitura bem legal!
    Adorei a resenha, abraços :)

    ResponderExcluir
  12. Olá, Letícia!

    Estou começando a reconhecer o trabalho de diagramação da Editora Planeta, que já fez um trabalho lindo no livro Entre Dois Amores. Espero poder ler mais um chick-lit deles em breve.

    Abraços
    Blog Fundo Falso ♥

    ResponderExcluir
  13. Oi, Letícia. Tudo bem? :D

    Eu acharia muito chato descobrir que o livro que peguei pra ler é continuação e que a editora nem lançou o anterior o.O (mas outra editora lançou, né?)

    Que bom que ao menos não atrapalhou para entender a trama.
    Este tipo de livro é bacana, ás vezes tb me pego querendo ter leituras leves e divertidas...
    O que me incomoda é exatamente o que a incomodou; eu não curto quando o autor exagera nos detalhes como as roupas dos personagens, a paisagem, dá até vontade de pular umas partes, né?

    Eu não me interessei pelo livro, pelo menos para ler no momento, mas a dica é super válida.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  14. Oi, Leticia. Bom, chick-lits são livros que me agradam devido ao seu teor de comédia. Bolsas, Beijos e Brigadeiros me agradou por sua fofura de capa e sua estória que envolve uma jornalista viajante. Fico triste por não ter gostado bastante da estória proposta por ele. Em relação às descrições dos lugares europeus, achei muito bonitinho, porém deve atrapalhar um pouco o fluxo de leitura. Acho que lerei.

    ResponderExcluir
  15. Ei Leticia

    Eu li o primeiro, acredita que não sabia que tinham lançado a continuação? O.o
    Vou por nos desejados, eu não amei o primeiro também, mas como li quero saber como termina a história rs.
    bjs

    ResponderExcluir
  16. Oi Letícia,
    Não curto muito descrição exagerada O.o
    Talvez eu leia esse livro pelos personagens secundários <3, acho muito bacana quando eles são marcantes.
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir
  17. Acredito que eu não leria esse livro, não me chamou atenção porque não é o tipo de leitura que eu leio.
    Mas gostei de sua resenha e também achei a capa do livro bonita.

    ResponderExcluir
  18. Gostei!
    Que é que não queria um emprego assim né hehe, eu daria uma chance ao livro sim a leitura parece bem agradável, a capa é linda!
    Beijos Letícia!
    islary34.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. Letícia,
    Quero agradecer pela resenha tão bem feita e respeitosa. Obrigada pelos toques, pelos elogios e pelo carinho e cuidado com o meu trabalho. :-)
    Espero que goste do meu novo livro, O Pulo da Gata.
    Um grande beijo!!!
    Fernanda.

    ResponderExcluir
  20. Bem interessante o livro a diagramação está bem bonita e a história parece ser bem interessante.
    Sua resenha esta muito boa.

    ResponderExcluir
  21. Eu achei a capa desse livro muito convidativa, cheio de elementos que toda mulher ama! rs
    Aliás, pelas fotos dá pra ver que toda a diagramação tá bem caprichada mesmo! Também não sabia que o livro era uma continuação, ainda bem que isso não prejudicou sua leitura, odeio quando fico com pontos inacabados dentro de um livro por pura falta de informação. A história me parece ser bem descontraída e divertida, aquele tipo de leitura leve que todo mundo ama!

    ResponderExcluir
  22. Oie
    Eu tenho me jogado nos chick-lits ultimamente,o último que li foi Corra,Abby,Corra e adorei.Eu até que gosto de histórias que fazem toda essa descrição dos lugares por onde a personagem passa mas tem horas que fica cansativo mesmo.E eu não sabia que esse era o segundo livro,bem que a editora podia publicar o primeiro também.E como eu estou bem nessa fase chick-lit é provável que o leia.

    ResponderExcluir
  23. Eu adoro ler Chick-lit, me divirto muito com esse tipo de leitura.
    Adorei a premissa desse livro, a historia parece ser muito boa e descontraída. Também gostei dessa capa, achei que ficou bonita.
    Adicionei a minha lista de leitura.

    ResponderExcluir
  24. Esse monte de descrição pode mesmo tornar a leitura cansativa, mas acho que mesmo assim ela me agradaria. Só que, claro, preciso do primeiro antes porque gosto de ler na ordem. Não me sinto bem se não fizer isso, por mais que os livros venham a se independentes. Adorei a resenha!

    ResponderExcluir
  25. A capa é bem fofa. Esse livro não conseguiu me chamar atenção. Eu leio muito pouco chick-lit, porque não são todos que me despertam interesse.
    Quem sabe futuramente eu dê uma oportunidade a ele.

    ResponderExcluir
  26. Eu não sou muito fã de Chick-lit, eu até leio alguns mas nem sempre.
    Estava pensando melhor sobre esse livro, e não descartarei a chance de lê-lo mas não sera no momento.
    Achei essa capa muito fofa, na verdade sempre acho as capas desse gênero bem bonitas e femininas.
    Boa resenha!

    ResponderExcluir

Seja bem-vindo ao meu blog.
Sua opinião é muito importante, mas se lembre que respeito é bom e eu gosto!
Seguiu? Deixa o link que eu sigo de volta. E também retribuo os comentários.

Obrigada por vir até meu cantinho!