F

13 agosto 2015

Resenha - O empreendedor

Título: O empreendedor
Autor: John Z
Editora: Selo Jovem
Páginas: 210
Ano: 2015

(parceria com o autor)

Sinopse: Uma ligação inesperada em uma manha chuvosa de inverno fez um jovem desempregado e sonhador chamado Guilherme se despertar do seu maior pesadelo: os seus próprios medos. Ele foi escolhido para uma entrevista de emprego em uma companhia multinacional – “TEMPLUS”. No qual sua vida mudará para sempre.  Qual é o seu maior medo? Qual é o seu valor no mundo?  Qual a razão principal de existir? O empreendedor irá muito além de uma simples história de superação e ensinamentos. O autor faz jus de ficção com brilhantismo. Usando elementos de suspense e ficção cientifica expõe ao leitor uma nova perspectiva social através de seus pensamentos filosóficos e sua visão crítica de mundo, deixando-os cada vez mais preso no centro da trama com um gesto ímpar de elegância escrita, contexto emocionalmente envolvente e profundamente enigmático.


O Empreendedor é uma publicação recente da Editora Selo Jovem. Na história conhecemos Guilherme, um jovem que está a procura de um novo emprego. Morador do Estado de Saogales, ele começa a passar por uma transformação na vida quando recebe um telefonema para uma entrevista de emprego em uma empresa chamada TEMPLUS. Lá ele é entrevistado pelo próprio chefe, que é um tanto misterioso, e recebe a aprovação do mesmo, saindo do local com um cartão de visitas. Mas Guilherme não quer ser apenas mais um estagiário e pede uma chance ao Sr. Thales. O chefe, certo do potencial do jovem, pede para que ele prove se é merecedor de um cargo melhor ou não. 

O que acontece no decorrer da história, é que vamos descobrindo o quanto Guilherme é medroso, deixando que sua tremenda insegurança lhe tire o foco de seus objetivos. Ele passará a conhecer o seu chefe a cada dia que passa, e será posto a prova por diversos caminhos. Confesso que não concordei com um dos testes que O Sr. Thales lhe deu, uma em especial, onde ele foi parar em uma estação de trem (quem ler vai entender).

"- Sim, faço! O suporte das minhas tentativas é quando reinicio todas as minhas convicções." (p. 30)

Não vou descrever muita coisa, pois poderia soltar spoiler, mas o ponto alto do livro é mostrar ao leitor o quanto deixamos de alcançar nossos sonhos, pois estamos dando lugar ao medo que existe dentro de nós.

Visualizar

"Ninguém conseguiu totalmente ser aquilo que sempre almejou. Mas tenta de todas as formas burlarem a vida real para crescerem no mundo de fantasias exóticas e sem perceptivas." (p. 84)

A narrativa é alternada entre primeira e terceira pessoa, e a escrita do autor é um tanto poética e filosófica. A impressão que tive é que muito mais que as próprias reflexões de Guilherme sobre a vida, temos o ponto de vista do autor bem exposto. Ele narra em grande parte do livro o que ele acha da vida, de suas perspectivas e inseguranças. Que o livro seria bem reflexivo, isso já ficou bem claro na sinopse, mas apesar de uma escrita clara, eu não consegui acompanhar algumas reflexões do autor, talvez por nunca ter parado para refletir certas coisas. Me senti perdida em alguns trechos que achei muito densos, mas não foi nada que desmerecesse a obra. 

Sobre a diagramação, foi uma surpresa para mim que a editora está publicando os livros agora com folhas amareladas, o que torna a leitura ainda mais confortável. A fonte está em um tamanho ideal, e temos algumas imagens ao longo dos capítulos. A capa pode não chamar atenção de início, mas até pode ser compreendida com a leitura.

Em linhas gerais, é uma história bastante reflexiva, e um livro, sem sombra de dúvidas, para se pensar muito. Guilherme é testado o tempo inteiro, e precisa vencer as barreiras do seu medo. É um livro para concluímos quem realmente somos, o que podemos fazer por nós e pelo mundo, para nos tornarmos um ser humano melhor. Humildade, determinação e compaixão são algumas das lições deste livro. Aconselho o leitor que quiser conferir a obra, que leia devagar e sem presa, pois pode não ser fácil no começo e, é preciso prestar muita atenção para acompanhar o raciocínio do autor. Recomendo para quem gosta de livros neste estilo. 

Comprar: Selo Jovem 

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O autor

Olá, meu nome é John Elvis S. de S. Moro na capital de Alagoas, Maceió. Sou natural do estado. Tenho 24 anos. Nasci no dia 09 de setembro de 1990. Sou solteiro e moro com meus pais. Sou formado na Faculdade de Educação e Comunicação (FECOM) em Letras: Português/Inglês, na Universidade Centro de Estudos Superiores de Maceió. Sou um artista bastante eclético. Tenho uma mente visionária nos meus planejamentos. Sempre estou envolvimento na ARTE e no meio de comunicação.






41 comentários:

  1. Olá, Letícia.
    Um livro um tanto misterioso, pelo visto. E que ainda pode ensinar muitas coisas através das reflexões do autor. Contudo, confesso que a obra não chamou tanto a minha atenção. Até leria, mas não nesse momento.
    Ótima dica.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de agosto. Serão dois vencedores.

    ResponderExcluir
  2. Oi Letícia!
    Interessante este livro! E pelo jeito, nos trás boas reflexões.
    Gostei. Vou ler.

    Beijinhoss...

    http://estantedalullys.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. O livro parece ser bem legal,sobre crescimento pessoal e como lidar com os nossos medos e amadurecer com isso e ainda tem um mistériozinho no meio disso tudo... bem interessante.

    bjsss

    Apaixonadas por Livros

    ResponderExcluir
  4. Olá, Letícia.
    Ao ler sua resenha, percebi que o livro tem o objetivo de fazer o leitor refletir muito, talvez por isso fiquei com muita vontade de lê-lo. Sem dúvidas, vou gostar demais deste livro.

    Abraço!
    http://tudoonlinevirtual.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi,
    Pela capa não seria um livro que eu leria, mas a sinopse é muito boa. A premissa desse livro promete. Gosto de livros que nos trazem boas reflexões, e páginas amarelas tornam realmente a leitura mais prazerosa. Não é um estilo que eu leia muito, mas quem sabe isso possa mudar.
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Gostei de sua resenha, e achei interessante a ideia do livro, mas acredito que essa não seja uma leitura para mim. Ela não conseguiu me chamar muita atenção. :/

    ResponderExcluir
  7. Oi Letícia.
    Esse livro não me chamou atenção, não é o tipo de livro e que leio.
    Achei a historia meio massante, então acredito que esse livro não seja pra mim.

    ResponderExcluir
  8. É um tema interessante - bem pretensioso, mas interessante! Imagino que deve ser um livro legal mesmo. Deve ser muito complicado escrever sobre uma coisa tão subjetiva... Acho que deve ser por isso que você se perdeu em alguns momentos. Essa coisa de o medo interferir demais na nossa vida é uma coisa bem complicada pra pessoas que, como eu, são obcecadas com estabilidade. Fiquei curiosa pra ler!

    Beijo,

    A Carta Violeta.

    ResponderExcluir
  9. Oi, tudo bem?
    Que livro interessante em? Esses elementos de ficção cientifica citados me deixou bem feliz haha! Gostei da capa e com certeza é um livro que eu leria. Adoro esses gêneros. Obrigada pela dica!

    http://anneandcia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi, Leticia!
    Gostei da resenha. Nada sabia sobre o livro e me pareceu interessante que o autor tenha usado da literatura para proporcionar aos leitores uma reflexão sobre a vida. Só tive um pouco de receio se a obra é inteiramente assim, se sobrepondo à narrativa.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. adorei tua resenha.. nao eh um tipo de livro que eu gosto e nem pela resenha me senti atraida pela historia..
    tonsdeleitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Não é o estilo de livro que eu leio mas achei a historia bem interessante, como você disse tem bastante reflexões.
    Quem sabe assim que eu tiver um tempinho eu pare para ler esse livro.
    Beijos e foi uma boa resenha. :*

    ResponderExcluir
  13. Olá, Letícia. Conheço esse livro do autor e acho a história bem interessante. Realmente as vezes deixamos de fazer certas coisas por causa de nossos medos serem maior. Adorei a resenha, fico feliz que tenha gostado do livro!
    Beijo,
    http://www.pactoliterario.com/

    ResponderExcluir
  14. Olhando de relance vi que não é o meu tipo preferido de livro, mas com a sua resenha vou dar uma chance. Nunca se sabe, né? hahaha

    literarizei.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Olá!
    A premissa parece bem interessante, diferente. Fiquei curiosa para conhecer Guilherme e seus receios e inseguranças e ver como a história se desenvolve.
    Beijos.

    Li
    Literalizando Sonhos

    ResponderExcluir
  16. Oiee ^^
    Saber o que o Guilherme é medroso já me desanimou...haha' nada como um personagem chato ou medroso para deixar a história maçante *-* Não conhecia esse livro, mas sinceramente, não fiquei muito curiosa para ler, não. Não é um gênero que eu curta muito, então ainda estou com um pé atrás.
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. Gostei muito de sua resenha, e sei que gostaria desse livro, pois tem muitas coisas que deixo de fazer devido ao meu medo =/
    Amo esses livros que tem uma escrita poética e filosófica, e nos faz pensar melhor sobre nossa vida <3
    Com toda certeza vou procurar para uma lida. E espero gostar assim como você ;)
    Bjs!!

    ResponderExcluir
  18. Letícia, a capa me deixou intrigada realmente, fiquei curiosa... Hitler e Monalisa na mesma capa?? mas pela resenha não tive um grande interesse ou curiosidade.... como não faz bem meu estilo não lerei tão cedo...
    um abraço.
    ♥♥♥ Amantes de Jane Austen ♥♥♥ | Amantes de Jane Austen no FB

    ResponderExcluir
  19. Olá, Letícia, tudo bom?
    Ainda não conhecia o autor ou o livro, e a história não me pareceu muito interessante não. Mas entendi o ponto da sua reflexão quando se referiu a dizer que as vezes deixamos de fazer coisas por medo.
    Acho que eu, burra do jeito que sou, não conseguiria acompanhar todas as coisas que o autor tenta nos passar.
    Enfim... parabéns pela resenha! Beijos,
    http://www.entreleitores.com/

    ResponderExcluir
  20. Achei a capa muito interessante. Gosto bastante do tipo de escrita poética e filosófica, acho que posso gostar dele. Vou tentar ler. Estou curioso ;3 .

    https://catarseemletras.wordpress.com

    ResponderExcluir
  21. Oi Leticia, infelizmente esse não é o tipo de livro que eu procuro ler, ele não chamou muito minha atenção. Mas quem sabe daqui um tempo posso tentar, parabéns pela sua resenha que está incrível!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  22. Oie
    Eu adorei sua resenha.
    Não conhecia o livro, mas gostei muito da premissa, é realmente bem reflexiva como você mesma disse na resenha. Fiquei curiosa, mas acho que não leria o livro esse ano.

    ResponderExcluir
  23. Não conheço o autor e nem o livro. Mas o livro parece ser bom, porém não faz meu tipo de leitura. Como vc disse e dá para perceber o livro parece mesmo ser bastante reflexivo.
    http://odiariodoleitor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Oi Letícia, eu não leria esse livro principalmente depois que você disse sobre o autor colocar seu ponto de vista na narrativa de forma muito reflexiva, eu sempre acabo ficando entediada lendo o que o "personagem" pensa sobre determinado assunto, em uma história fictícia ter coisas assim em excesso deixa a obra sem graça, a ação não acontece, enfim, eu não leria!

    ResponderExcluir
  25. Oi Letícia,

    Este não é um livro que lerei, ele realmente não me cativou mesmo tendo uma proposta reflexiva.

    Beijos
    Tânia Bueno
    www.facesdaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  26. Oi Lê, tudo bem??
    Bom não curto muito essa temática de leitura, mas achei uma boa dica, porque vou fazer faculdade e talvez essa seja uma leitura pra abrir mais a minha mente... assim existe a possibilidade de vir a lê-lo em alguma ocasião. Eu gostei da parte que o Guilherme tem sido testado para superar os seus medos e concordo que quando medo é maior que sua força de vontade atrapalha muito... enfim... parece ser uma boa leitura para quem estuda ou quer ter seu próprio negócio... xero!

    ResponderExcluir
  27. Oi, Letícia.
    Conheço o autor, ele é daqui da minha cidade, mas nunca li o livro dele, pois não é o estilo que gosto. Ótima resenha! Abraços,

    Tony

    ResponderExcluir
  28. Oi, Letícia, tudo bom?
    Mas que premissa diferente, não?! O assunto é até que é um pouco comum, mas o legal é que o autor trouxe algo bem diferente para expressar seus pensamentos... Nunca vi um livro em que o contexto fosse a busca de um personagem pela promoção de cargo numa empresa... Realmente é algo novo! Me interessei!

    Abraços,
    http://claqueteliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  29. Olá não conhecia a obra mas adoro livros que tenha partes para refeltir
    Não leria pq tem algumas partes que vc fcou perdida, imagina eu lerda kkkkkk
    Desejo todo sucesso ao autor

    http://malucaspor-romances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  30. Ainda não conhecia o título, mas gostei bastante da proposta. Gosto de livros que nos faz pensar em nós mesmos e no caminho que trilhamos. Sua resenha ficou excelente. Beijos, Érika

    ~www.queroseralice.com.br~

    ResponderExcluir
  31. Amiga olha eu já vi esse livro sendo bastante divulgado, mas eu sinceramente não me senti atraida, porque ele é me parece ser o meio estilo código da vinci não é não? Não sei, me parece que é uma história que tem que ter bastante atenção para não perder as partes importantes da história. Acho que até pegaria para ler mais pra frente quando estivesse mais sossegada, mas gostei do desenvolvimento da sua resenha. Até porque gosto de livros que me fazem refletir, mas não sei...acho que por agora não leria não.

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/08/resenha-mentiras-que-confortam.html\

    ResponderExcluir
  32. http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/08/resenha-mentiras-que-confortam.html

    ResponderExcluir
  33. Oie,
    Mesmo o livro transmitindo uma mensagem interessante ele não conseguiu despertar o meu interesse :/
    Abraços

    ResponderExcluir
  34. Olá!
    Achei a premissa da obra bem interessante. Gosto de livros que envolvem ficção científica e suspense e vou ler esse sem dúvidas!

    http://loucurasaovento.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  35. Olá, boa noite!

    Achei que a temática que o livro aborda, é interessante, porém, ainda que sua resenha seja positiva, ão fiquei muito interessada em lê-lo. Mas, se vir a ter a oportunidade, quem sabe. O único fato que me chamou a atenção - devido a opinião que vc apresentou na sua resenha - é a questão de que o livro parece levar-nos a uma reflexão.

    Beijo!

    ResponderExcluir
  36. Oie
    A capa me chamou bastante atenção sim,e eu não sou uma pessoa que busca refletir tanto então provavelmente eu também me veria perdida em algumas passagens.Mas gosto desses tipos de livros,é bom pra dar uma variada nas minhas leituras que são quase sempre no mesmo tema de romance.E eu queria entender o por que dessa monalisa ma capa.

    ResponderExcluir
  37. O livro parece bem interessante, mas não chamou muito a minha atenção para ler... poderia até dar uma chance quem sabe lendo eu mudaria minha opinião.
    Beijos Letícia!
    islary34.blogspot.com

    ResponderExcluir
  38. Achei interessante essa ideia de nos mostrar o quanto o medo atrapalha muitos de nossos objetivos, mesmo assim não me interessei pelo livro, que não conseguiu chamar minha atenção. Essa capa então curti nadinha. E só fiquei curiosa mesmo pra saber sobre esse teste m especial que você citou.

    Inquietudes Secretas

    ResponderExcluir
  39. Oie, tudo bom?
    Nossa, que livro diferente e instigante. Gostei da proposta de nos fazer refletir sobre vontades e medos.
    Não conhecia ainda, mas curti a proposta da obra.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  40. Não conhecia o livro, mas já adorei! O autor faz o leitor refletir durante a leitura e isso é algo que eu sempre achei muito bacana. Sempre dá para aprender algo nessas horas. Foi para a minha lista!

    ResponderExcluir
  41. Oii Letícia!
    Fiquei curiosa para saber quais testes são esses, hahaha, bem interessante a temática do livro.
    Nada melhor que páginas amareladas né? A gente lê mais tranquilo! :)

    ResponderExcluir

Seja bem-vindo ao meu blog.
Sua opinião é muito importante, mas se lembre que respeito é bom e eu gosto!
Seguiu? Deixa o link que eu sigo de volta. E também retribuo os comentários.

Obrigada por vir até meu cantinho!