F

09 junho 2015

Resenha - Só o amor pode curar

Título: Só o amor pode curar
Autora: Clara Benício
Editora: Jangada
Páginas: 497
Ano: 2015

(parceria com a editora)


Sinopse: Bia é uma professora de literatura, que estende seu amor pelos livros ao trabalho voluntário que faz no hospital onde o irmão é médico, lendo trechos de obras literárias clássicas para os pacientes. Casada com Rodrigo, ela leva uma vida tranquila, ainda que afetivamente incompleta. Após um grave acidente na serra de Petrópolis, Bia adquire o dom de enxergar a aura das pessoas. De uma forma inesperada, ela conhece Léo, um jovem estudante com uma aura brilhante e o mesmo gosto por livros antigos, que faz seu coração bater mais forte e ambos sentem como se já se conhecessem há séculos. A relação de amizade entre eles acaba se tornando um amor arrebatador. Impedidos de viver esse amor, Bia e Léo vão ter que enfrentar muitos dilemas até que o destino lhes dá duas opções: cada um seguir o seu caminho ou atender ao apelo da alma e do desejo e viver plenamente esse grande amor.

Só o amor pode curar é um lançamento da Editora Jangada, que me chamou atenção pela capa e sinopse, mas que acabei demorando muito para concluir a leitura. Vou explicar por quê! 

A história inicia-se com um acidente que resultou na morte do pai de Bia, e o estado de coma que a mesma entrou, após o ocorrido. Ao acordar do coma, nossa personagem principal, Bia, passou por um longo período de fisioterapia e também descobriu que havia adquirido um dom (este que foi pouco desenvolvido na história), de conseguir ver a aura das pessoas.

Bia sempre recebeu todo carinho e atenção do irmão Charles, o que merece destaque nessa história. Ela se recupera do acidente, casa-se com Rodrigo, se forma, vira professora de Literatura, e enfrenta mais uma grande perda com a morte da mãe. Mas tudo isso vai sendo narrado lentamente, e já tinha lido mais de 130 páginas e nada do romance dito na sinopse acontecer.

"Olhamo-nos dentro dos olhos, mais uma vez, e ele sorriu de novo, com o mesmo sorriso infantil do meu pai" (p. 120)


Bia é quem narra a história, o que é um ponto positivo para a obra, uma vez que podemos conhecer melhor seus sentimentos. Devo dizer que a escrita da autora é maravilhosa, mas tudo acontecia muito devagar e até achei que metade do livro foi desnecessário. A descrição de muitos acontecimentos poderiam ter sido polpados, porque a impressão que eu tinha é que estava acompanhando uma novela. 

"Talvez o amor verdadeiro não precisasse ser realmente vivido, mas sentido plenamente, mesmo que em silêncio." (p. 277)



Acredito que o que mais me incomodou, foi que os personagens eram amorosos e simpáticos demais e sempre compreensivos ao extremo. E isso, não existe! Todo mundo se decepciona, fica com raiva, briga, fica sem se falar - isso é ser humano. O fato de todos se perdoarem e se compreenderem sempre e incondicionalmente a toda hora, perdeu a essência da história para mim, que tinha tudo para me emocionar mais. Acho que tudo isso, só vai entender mesmo quem ler o livro.

Dei quatro estrelas, pois não quero desmerecer o livro que tem seus pontos positivos, como a escrita da autora que é muito boa. Além disso, é muito gostoso ver o amor de Bia pela literatura, e temos diversas citações de obras em cada início de capítulo. O que a autora pecou foi em escrever tantas cenas que não tinham necessidade, o que tornou a leitura arrastada, pelo menos para mim. Mas apesar disso, o livro tem uma carga emocional, onde ainda vamos acompanhar o ciúmes de Rodrigo (o que compreendi, pois em vários momentos ele tinha razão), e um amor quase impossível entre Bia e Léo. Quem gosta de um romance bem meloso, irá gostar desse casal. 

A diagramação é maravilhosa, com folhas amareladas e fonte em tamanho ideal. A capa também me agradou bastante. A revisão, devo dizer, está impecável e se tinha algum erro eu não notei. 

Essa resenha expressa a minha opinião, portanto uma história que não me emocionou e envolveu tanto, pode funcionar ao contrário para outros leitores. Então, acho que vale a pena dar uma chance ao livro.


------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

A autora

Clara Benício é cearense e mora em Fortaleza. Sempre interessada pelo imaginário, desde criança adora ler e escrever. Com a graduação em Letras em 2003, pela Universidade Federal do Ceará, descobriu sua vocação para a escrita. Depois de concluir a graduação em Direito, no final de 2009, pela Universidade de Fortaleza, passou a pôr em prática o antigo desejo de escrever um romance. Atualmente, Clara é advogada e escritora. Além de estar na companhia da família, na ensolarada cidade de Fortaleza, escrever e dar vida aos seus personagens e histórias são os seus maiores prazeres. 


Siga o blog nas redes sociais:
 Facebook  |  Skoob  |  Twitter  | Youtube | Instagram

30 comentários:

  1. Olá, Leticia.
    Já li algumas obras que pecaram da mesma forma: o excesso de cenas desnecessárias. Isso realmente deixa a obra mais arrastada.
    Porém, apesar desse problema, acho que daria uma chance a obra. Afinal, gostei da premissa e gostei mais ainda da protagonista ser professora de literatura.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de junho. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir
  2. Oi, Letícia!
    Também não gosto de livros com muitas cenas irrelevantes. Li alguns e tive a sensação de que o autor perdeu o foco no que realmente interessava. O livro tem uma abordagem bem bonita, mas não sei se leria por não fazer muito o meu estilo. Talvez, quem sabe? haha De qualquer forma, está anotado aqui. :)

    Beijos!
    SORTEIO de 5 livros para um vencedor.

    O Palavras Radioativas juntamente com o My Little Garden of Ideas, o La Oliphant, o Leitura das Cinco e o Segredos em Livros está sorteando 5 livros incríveis. Ficou com vontade de participar? Basta clicar no link e preencher o formulário no blog.

    É importante lembrar que:
    - Para participar é necessário ter endereço de entrega no Brasil;
    - É necessário compartilhar esta imagem em modo público.

    Boa sorte e até o resultado!
    http://palavrasradioativas.com/sorteio-5-livros-1-vencedor/

    ResponderExcluir
  3. Olá; eu ainda não conhecia o livro e só pela capa e o título não ficaria interessada, apesar de gostar de romances, mas fiquei curiosa para saber como a história terminar e com quem a Bia fica.

    petalasdeliberdade.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. livros com folhas amareladas *--*...
    http://unhas-e-livros.blogspot.com/2015/06/resenha-do-livro-veneno.html?showComment=1433874003413#c7914320622728447534

    ResponderExcluir
  5. Oi Letícia, se eu não curto muito romance, esse que você disse ser tão meloso, com certeza não irá me agradar. E acho uma pena que a autora não tenha sabido aproveitar a história para tornar a trama mais emocionante e envolvente. Bjs

    Território nº 6

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    A história não me atraiu muito e quando tu disse que é tudo perfeito demais, já vi que não gostaria de ler esse livro. Nada irreal me conquista, acho que já passei por muita coisa e ler esse tipo de história seria um insulto a minha capacidade intelectual, não querendo desmerecer o trabalho da autora, mas não dá pra mim.

    Beijos
    http://www.breakingfree.blog.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi, flor!
    Que pena que sentiu que metade do livro é desnecessária… Eu também não gosto quando os acontecimentos são lentos. Apesar das qualidades que você ressaltou, e de ter uma narrativa maravilhosa, não me interessei pela leitura. Achei sem apelo.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. O livro parece bem legal, mas não faz muito meu estilo. Eu gosto de romance sim, mas gosto daqueles onde tudo dar errado para personagem principal e no final, quando o autor é muito bom, não sai como você esperava. Tem livros que li que fiquei tipo :"Não acredito que o autor fez isso, ai meu jesus". Foram que personagens simpáticos, amorosos demais, me fazem abandonar o livro em dois tempos. A sua resenha ficou bem, beijos!
    http://teoremasdamimosa.blogspot.com.br/2015/06/os-personagens-mais-chatos-dos-livros.html

    ResponderExcluir
  9. Olá! Pela sinopse eu já não me interessei muito, essa ideia de passar a ter certos 'dons' depois de um acidente de carro não é nada original. Infelizmente (ou não) eu não leria este livro, a história não me atraiu muito e o fato de você ter dito que é um pouco parado também me desmotivou rs

    http://ocasulodasletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Verdade, esse excesso de bondade e benevolência nos personagens podem soar um pouco falso. Já não havia gostado muito do enredo, li outra resenha da obra, e com a crítica (bem fundamentada) que você fez, acho que vou passar longe,

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Apesar de adorar romances, esse é um livro que não me instiga a lê-lo.
    Um enredo que demora a se desenvolver me faz ter certeza de que não é para mim.
    Apesar disso, adorei sua resenha e fiquei curiosa para saber mais da escrita da autora e da escolha da personagem.
    Beijos!

    www.livrosdajess.com

    ResponderExcluir
  12. Oi Leticia tudo bem ?

    Nossa também me incomodo com histórias que vão enrolando muito para os fatos principais acontecerem dá uma certa agonia de querer terminar o livro logo rsrs uma pena que o livro não tenha sido tão bom assim porque realmente a capa e a sinopse também me chamaram a atenção.

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
  13. Amiga eu concordo que quando algumas coisas são muito exageradas acaba cansando mesmo.
    E o pior de tudo é quando o livro se torna arrastado como o que estou lendo agora.
    Mas mesmo assim, eu gostando tanto de romance, me parece ser um livro que irei gostar bastante e
    espero ter a oportunidade de ler ele logo. Ele é bem grandinho em ??Mas é lindo. Adorei ele na minha estante hahaahaha...Parabéns pela resenha. Como sempre muito bem escrita.

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/06/caixinha-de-correio-parte-2.html

    ResponderExcluir
  14. Oie, flor!
    Eu não acho que o excesso de bondade deixe uma pessoa falsa. Na verdade, acredito que as pessoas podem ser maravilhosamente boas por serem quem são. É um modo legal de ver o mundo porque me incentiva a acreditar no lado maravilhoso que tudo pode ter.
    Com carinho,
    Celly.

    http://melivrandoblog.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  15. Oi Leticia, tudo bem?
    Ficar esperando um romance que demora ara acontecer ninguém merece, hein?
    Não leria o livro pois acho que a perfeição dos personagens iria me irritar um pouco, prefiro os imperfeitos.
    Bjs

    A. Libri

    ResponderExcluir
  16. A história parece ser mesmo interessante, mas confesso que esse tipo de leitura nunca me atrai muito. Senti como se estivesse em mais um livro do Sparks quando li a sinopse. Não vou dizer que não leria, mas provavelmente não vai ser uma leitura de prioridade.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Oie, Letícia.
    Não sei se gostaria muito do livro porque não curto histórias arrastadas.
    E é meio difícil de aturar pessoas compreensivas e boas demais porque simplesmente não existe.
    A capa é muito bonita.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  18. Oi, tudo bem?
    Eu ainda não tinha visto esse livro, mas fiquei curiosa com ele só por causa do título e da capa. Agora lendo a sua resenha fiquei ainda mais animada, parece ser uma história muito bonita que iria me emocionar e agradar bastante, por isso quando eu tiver oportunidade irei ler o/

    Beijos :*
    Larissa - srtabookaholic.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. oii
    A capa e a sinopse prometem. Mas acho que 400 e tantas paginas em um romance as vezes se torna de mais. muita coisa tem que acontecer para sustentar tantas paginas assim. Detesto livros parados. Adorei sua resenha
    Beijos,
    http://mytinybooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Oi flor, não conhecia o livro e nem a autora. A sinopse me deixou um pouco curiosa, mas lendo a sua resenha e os pontos incômodos que citou, não sei se eu ainda o leria, mesmo a escrita da autora sendo boa, li tanto livro que não me prendeu ano passado que estou aaté traumatizada e isso acabou que atrasou minhas leituras.

    Ótima resenha, gostei demais da sua sinceridade.

    bjs

    ResponderExcluir
  21. Oie! Tudo bem?!

    Que resenha bem escrita! Todos os pontos levantados foram bem pertinentes. Fico feliz que a escrita da autora te agradou, mas, ao mesmo tempo, fico triste que as coisas sejam tão demoradas assim a ponto de considerar que metade do livro foi em vão... E esse dom que a personagem tem me parece bem interessante! Uma pena ter sido mal desenvolvido.

    Beijos,

    Juliana Garcez | Livros e Flores

    ResponderExcluir
  22. Olá!

    Fiquei bem interessada nesse livro, a capa é linda e a sinopse me chamou atenção! Mas 400 páginas, meu Deus! Mas para isso me animar o livro precisa me prender, rs. Adorei a sua resenha!

    Beijos
    www.estantedarob.com.br

    ResponderExcluir
  23. Oi Leticia!
    Sempre me identifico com personagens que amam a literatura. Não conhecia este livro, mas achei a capa tão fofa! Fiquei curiosa para saber mais sobre esta história. Já adicionei ele na minha lista de desejados e espero ler ele em breve.
    Um Beijo
    Carol
    www.sobrevicioselivros.com

    ResponderExcluir
  24. Eu fui para o lançamento dessa autora, afinal, somos conterrâneas. Ela é super fofa e o livro é grandinho mesmo. Mas muitas páginas não me assustam. Ainda não tive tempo de ler, então pretendo fazer isso agora nas férias e espero adorar. Amo um bom romance.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  25. Oi Leticia, já pela capa o livro não me ganha muito.
    Acho muito parecida com aqueles romances melosos do Sparks e por isso
    eu passaria. Amo romances, mas prefiro os que tem algum diferencial.
    E ainda mais quando a narrativa se arrasta por várias páginas pra falar sobre algo que
    poderia ser dito na metade delas? Não. rsrsrsrs
    Passo a leitura.
    Beijos

    ResponderExcluir
  26. Oii, tudo bem com você?
    Olha, a sinopse faz o livro parecer ser bom, mas depois da sua resenha, eu me desanimei. Estou fugindo de livros cansativos o quanto posso, haha, e esse aí parece ser desse tipo, e ainda com coisas que não são necessárias, não me atraiu a obra :(

    Beijos da Jéss ♥
    Brilliant Diamond | Fan Page

    ResponderExcluir
  27. Oi, flor!
    Nossa tava tão empolgada para ler esse livro, que ao final de resenha fiquei com um pouco de receio, desanimei mesmo. A sua resenha ficou ótima mas foram muito pontos negativos e talvez os positivos nem valham tanto apena.
    Vou deixar passar esse livro, ao menos por enquanto.

    Beijocas da Deebs!Obrigada pela dica!

    ResponderExcluir
  28. Boa noite!
    A sinopse chamou atenção pelo fato do amor pelos livros e também senti uma curiosidade para saber como a autora iria solucionar esse dilema.
    Com a sua resenha achei parecida com a minha leitura de “O Milagre – Nicholas Sparks” , mas nesse romance o final me surpreendeu e eu gostei bastante do final. Agradeci por ter conseguido terminar e como eu dizia a minhas amigas: Se você passar pelo Milagre de ler o começo, o final não vai te decepcionar. Hehehe
    Páginas amarelas são um achado! Quem sabe eu dê uma chance ;)

    ResponderExcluir
  29. Eu não sei se leria esse livro, odeio personagens que possuem ciumes em excesso. Eu tenho meio que trauma, mas eu curto amores impossíveis. Adorei sua resenha, especialmente por falar sobre a escrita da autora, acho importante. às vezes a história pode ser boa, mas se a escrita for ruim não desce pra mim.
    Angel Sakura
    www.euinsisto.com.br

    ResponderExcluir
  30. A capa é linda, e isso já chamou minha atenção... o livro deve ser um pouco cansativo mas mesmo assim deve ser bem legal, fiquei com vontade de ler!
    Beijos!
    islary34.blogspot.com

    ResponderExcluir

Seja bem-vindo ao meu blog.
Sua opinião é muito importante, mas se lembre que respeito é bom e eu gosto!
Seguiu? Deixa o link que eu sigo de volta. E também retribuo os comentários.

Obrigada por vir até meu cantinho!