F

24 junho 2015

Resenha - O livro dos negros

Título: O livro dos negros
Autor: Lawrence Hill
Editora: Primavera Editorial
Gênero: Ficção contemporânea 
Páginas: 408 
Ano: 2015
Skoob

(parceria com a editora)
Sinopse: O Livro dos Negros conta a história de Aminata Diallo, uma das personagens femininas mais fortes e marcantes da ficção contemporânea. Aminata foi sequestrada, ainda criança, na África, e vendida como escrava na Carolina do Sul. Após a Revolução Americana, ela foge para o Canadá e escapa da vida de escrava para tentar uma nova história em liberdade. O livro traz uma história que nenhum ouvinte e nenhum leitor esquecerão. O nome “O Livro dos Negros” se deu devido ao documento histórico, mantido por oficiais navais britânicos, ao fim da Revolução Americana. O documento oficializou os negros que serviram ao rei na Guerra e fugiram para Manhattan, no Canadá, em 1783. Apenas os negros que estivessem no Livro dos Negros poderiam escapar e conseguir sua liberdade. Aminata Diallo percorre toda uma longa trajetória com a finalidade de conseguir entrar no livro dos negros e conquistar sua liberdade. A obra, marcante e inesquecível, tornou-se uma miniserie de sucesso nos Estados Unidos. Dirigida e escrita por Clemente Virgo (The Wire) e protagonizada pela atriz Aunjanne Ellis e Cuba Gooding Jr., vencedor do Oscar em 1996.


"Hoje, você vive, criança. Amanhã, você sonha." (p. 97)

Uau! Que livro! Essa leitura veio em um momento que eu ainda estou digerindo as emoções que senti lendo 12 anos de escravidão. Mas neste livro, Aminata Diallo é uma personagem fictícia, porém seu sofrimento é reflexo de todos os negros que sofreram com o início da escravidão. O livro dos negros, lançamento da Primavera Editorial é fascinante de todas as maneiras. 

Aos 11 anos, Aminata vivia tranquilamente em sua pequena aldeia, Bayo, na África, até ser sequestrada e enviada a um navio negreiro. Até então Aminata somente conhecia os cuidados dos pais, sua comunidade e sua terra. Mas ao ser acorrentada e submetida as vontades dos toubabus - como eram chamados os homens brancos pelos negros - sua realidade mudara, e agora ela precisava amadurecer e ser forte para sobreviver. Ela fez a travessia rumo às Américas, onde foi vendida nos Estados Unidos. Sua trajetória foi marcada por muitas humilhações, mas ela não era uma africana comum. Dotada de uma grande inteligência, Aminata aprende a ler e escrever, e se virar como pode com aquilo que aprendeu com a mãe, amparar bebês



O livro é narrado pela própria protagonista, que em 1802, em sua velhice se encontrava na Inglaterra ao lado de um grupo de abolicionistas que reivindicavam mudanças e dignidade aos negros. A escrita do autor é clara e fluida e nos remete a um momento histórico marcante que trouxe tanto sofrimento aos africanos e seus descendentes. Sem dúvidas, as cenas no navio negreiro foram as piores. Não tenho como descrever tamanha crueldade, e acho que todos deviam ler o livro para conhecer esse lado da história da escravidão. 


"Ela me perguntou por que eu era tão negra. Eu lhe perguntei por que ela era tão branca." (p. 13)

A diagramação está ótima, o que tornou a leitura muito confortável, com folhas amareladas e fonte em tamanho ideal. A capa é maravilhosa e me agradou bastante. Os capítulos são grandes, mas a história é tão impactante que isso não me atrapalhou. Apesar de fluida, não vou dizer que é uma leitura rápida, pois há mais narrativa do que diálogos, além do conteúdo histórico. 



Mas afinal, o que é o Livro dos negros? Assim era chamado o único e maior documento, contendo os nomes e os detalhes de 3 mil homens, mulheres e crianças negras, que após servir às linhas britânicas seriam considerados livres e viajariam para colônias britânicas, a chamada "terra prometida". Mas nem tudo foi bem assim...

"Como ele veio a se tornar meu dono, e de todos os outros? Perguntei-me se ele seria meu dono o tempo todo, ou apenas quando eu trabalhava para ele. Seria ele meu dono enquanto eu dormia? Ou sonhava?" (p. 121)

Com a leitura desse livro tomei conhecimento de fatos históricos até então desconhecidos por mim. Em nota no final do livro, o autor conta o que de fato foi ficção, e o que não foi. Apesar de Aminata ter existido apenas na cabeça do escritor, ela representa as inúmeras humilhações, açoitamentos, períodos de fome e sede, e incontáveis formas de desrespeito aos negros. Desde o início, a leitura é impactante, e eu  conseguia me perguntar com que direito uma pessoa tira diversos seres humanos de suas aldeias e casas, crianças dos braços de seus pais, e separam famílias afim de escravizá-los em outro continente? A diferença de cor lhes davam esse direito? Como Aminata mesmo se perguntou: quem havia tido essa "brilhante" ideia e iniciado tudo isso?

O livro dos negros é mais que um relato comum da escravidão. Conhecemos não apenas o período em que os negros tiveram com seus senhores, mas toda a trajetória que os trouxeram às Américas, e o desejo íntimo de voltarem para sua terra-mãe. Não é exagero dizer que este livro é perfeito. Ele tem um teor histórico muito bem escrito, e uma personagem forte, inteligente e inesquecível. Ao mesmo tempo que nos causa indignação e tristeza, nos traz admiração e encantamento pela luta de uma escrava pela liberdade. 

Está em dúvida ainda se  o livro? Assista ao booktrailer:



Comprar: Saraiva | Livraria cultura | Americanas 

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


O autor

Lawrence Hill é autor de inúmeros romances marcantes. Vencedor de prêmios importantes no exterior como “Commonwealth Writers Prize”, e do Rogers Writer`s Trust Fiction Prize, pelo Livro dos Negros. Vive em Ontário, Canada.




Siga o blog nas redes sociais:
 Facebook  |  Skoob  |  Twitter  | Youtube | Instagram

48 comentários:

  1. Oi Leticia.
    Sempre me interessei por livros que tem a "escravidão" como temática. Esse livro parece ser muito bom, ainda mais por todo teor histórico por trás. Adorei a sua resenha e espero muito poder ler este livro em breve.
    Beijos
    Carol
    www.sobrevicioselivros.com

    ResponderExcluir
  2. Oie, nossa bem interessante o livro e adorei o booktrailer também. Eu acho muito interessante e bem bonito como os autores ou roteiristas de filmes conseguem falar sobre a luta pela liberdade na época da escravidão, mas ao mesmo tempo eu acho uma temática bem intensa, pesada.

    Beijos.
    www.amigadaleitora.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Leticia, tudo bem?
    Adoro quando as tramas encontram fatos históricos, fica tão bacana. Eu sou muito curiosa e acho que isso é um acréscimo para a história, pela realidade estar tão próxima! Amei o booktrailer, super bem feito. Curti a proposta, pretendo ler :)
    Beijos,
    Juliana Skwara
    http://julianaskwara.com

    ResponderExcluir
  4. Desde que recebi o e-mail da editora eu to ansiosa pra receber esse livro a premissa é muito boa e forte.

    ResponderExcluir
  5. Oiiiii.
    O livro tem uma pegada mais de histórica e biográfica né? Eu não curto muito livros desse e vou explicar, sou muito sentimental, e livros onde os personagens passar por um sofrimento extremo como a escravidão, me deixa muito muito triste mesmo. Só de ler sua resenha e assistir o booktrailer já fiquei triste pela covardia que era naquela época, mas hoje em dia também não é só flores né? nem tem muita diferença.
    Olha, eu amei sua resenha e mesmo sabendo que vai ser um daqueles livros que me deixará com uma ressaca literária, eu vou ler, pois sua resenha me deixou mega curiosa.
    Beijos

    http://colecoes-literarias.blogspot.com/2015/06/receita-doce-de-sagu-com-leite.html

    ResponderExcluir
  6. Oi Leticia!
    Que resenha boa!! Você conseguiu falar do livro sem entregar muito e me deixou com muita vontade de ler e conhecer mais sobre a escravidão. A gente aprende muito superficialmente sobre isso, como se não pudéssemos falar, mas deveria ser algo um pouco mais aprofundado. Tinguem tem direito de escravizar ninguém. Parabéns a editora pela edição e a você pela resenha!
    Beijos

    LuMartinho | Face

    ResponderExcluir
  7. Oi Leticia, nossa parece um livro incrível. A escravidão é um assunto que me interessa muito, eu já assisti ao filme 12 anos de escravidão mas não li o livro ainda. Fiquei muito curiosa para ler O Livro dos Negros, com certeza irei ler logo que tiver a oportunidade!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  8. Olá, Letícia.
    Eu vou receber esse livro em breve, então sua resenha serviu para me deixar ainda mais animado para ler a obra.
    O assunto da escravidão é algo que muito me interessa, principalmente porque seus efeitos ainda refletem na sociedade contemporânea. Foi um período triste e nebuloso da humanidade, mas felizmente temos livros como esse que não nos deixam esquecer nossos erros. Quem sabe, assim, não voltemos a cometê-los.
    Parabéns pela resenha, ficou incrível.
    Preciso desse livro logo. <3

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de junho. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir
  9. Olá,
    Uau, esse livro parece ser mesmo incrível, principalmente se levarmos em conta sua proposta. Até eu fiquei curiosa pela leitura, inclusive sua resenha contribuiu para isso.
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Nossa estou muito curioso para ler este livro. Ja assisti uma minisserie baseada nele. E linda. Agora quero saber detalhes da historia. E sei que a melhor forma é lendo.

    Otima resenha

    Beijos

    Beto

    coisastriviais.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. blogcoisastriviais.blogspot.com esse eh o blog kkkk

      Excluir
  11. Olá!
    Já vi uma resenha desse livro e ele me parece ser bem legal. Afinal não são muitas pessoas que tratam sobre o tema!!
    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Oiê! Conheci o blog agora e tô amando ele. O design e os posts são demais, principalmente resenhas. Essa daí tá muito linda. A história do livro deve ser muito emocionante, a Aminata deve ter passado por momentos horríveis. Tô mto afim de ler o livro, parece ótimo. Já tô seguindo e curtindo *_* Vou acompanhar. Bjs ^^

    http://bookdan.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Oi Leti,
    gostei muito do segundo, acho que vai para a minha a minha wish list rsssss
    bjs
    venha conhecer meu cantinho novo http://blogsimplifique.com.br/
    bjs

    ResponderExcluir
  14. Letícia, acabei de ver esse livro em outro blog, num anúncio de parceria e fiquei louca desejando ele. Agora com a sua resenha, vou correndo pro Skoob marcar. Esse assunto é bem pesado, mas é muito bom de ler, pra evitar que qualquer preconceito se manifeste na gente, vai quebrando qualquer chance da gente se achar melhor que o outro, por um microssegundo que seja.

    ResponderExcluir
  15. Não sou muito fã de livros que falam de escravidão.
    Mas achei bem interessante o que você escreveu e me deixou curiosa pela leitura.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  16. Amiga o livro aborda um assunto super interessante, até porque houve escravidão no BRASIL e já passaram até novelas abordando o tema mostrando para nós como eles viviam naqueles tempos. Acho muito legal eles falarem dessas coisas em livros. É bastante chocante também ver como eles eram maltratados. Tudo isso eu pude ver na NOVELA A ESCRAVA ISAURA. Eu nunca tinha assistido, mas depois que vi, nossa, teve coisa que me deixou de coração apertado. Mas mesmo assim adorei sua resenha. Muito legal. Não sei se pegaria para ler algo assim meio que histórico, pois normalmente sinto sono =x Mas é um livro interessante.

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/06/resenha-um-dia.html

    ResponderExcluir
  17. Olá!
    Parabéns pela resenha. Ficou ótima. Não li muitos livros dessa temática, mas parece bastante interessante.
    Beijos, Nathália

    ResponderExcluir
  18. Tinha acabado de ler um post sobre esse livro, mas nada muito aprofundado e agora me deparo com essa resenha linda e empolgante, com certeza um livro que eu leria. Adoro esses temas mais profundos e esse promete ser um ótimo livro. Dica anotada!
    Beijos
    http://umaleitoravoraz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Olá!
    Acredito que essa seja uma leitura intensa e impactante e que nos pensar muito.
    Apesar de a personagem ser fictícia, acho que só pelo fato de trazer fatos históricos, deixa tudo muito real, não?
    Me interessei bastante.
    Beijos.

    Li
    literalizandosonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  20. Oi flor, tudo que tem essa pegada de história e de negros contando a sua história, a nossa história, me deixa curiosa e me faz querer saber mais. Vi mini-series e novelas com esse tema, já li alguns livros e esse livro com certeza depois que li a sua resenha já está na minha lista de desejados com certeza. Já tinha visto sobre ele, mas agora me apaixonei pela obra,já quero.

    Ótima resenha viu, apontou pontos importantes do livro que deixa qualquer amante de histórias com esse tema curiosos.

    bjs

    ResponderExcluir
  21. Olá,
    Esse é um livro que eu definitivamente quero ter na minha estante! Ainda estou precisando ler - assim como assistir o filme - de 12 anos de Escravidão, mas espero conseguir em breve. Gostei muito da sua resenha, dá uma boa ideia do livro e da temática tão importante - e muitas vezes ainda pouco comentada - que é a história do povo negro que fora escravizado não tanto tempo atrás, que ainda é uma das ações mais chocantes já praticadas pela humanidade. Espero que o livro possa esclarecer muito para mim também sobre o assunto.

    Beijos,
    Miss Sorrisos Blog
    Twitter|Wattpad|Instagram


    ResponderExcluir
  22. Olaaa
    Ja vi o livro em outros blogs e parece ser bem interessante, gostei muito da premiss e do diferencial dele, uma ótima resenha e dica.

    Beijos
    Reality of Books

    ResponderExcluir
  23. Oiii!

    Eu vi em outro blog esse livro mas não sabia do que se tratava. Não é o estilo que leio com frequência, mas é um livro que me chama muito atenção. É uma tematica extremamente importante para sempre estarmos aprendendo sobre o tema.
    Gostei da sua resenha e já deixei anotado para o livro que vai me tirar da zona de conforto.


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  24. Olá!
    Já conhecia o livro desde que assisti a série. É uma história emocionante e cativante e podemos ver que mesmo com todas as dificuldades, Aminata nunca desistiu de lutar. Lição de vida esse livro.

    Beijos
    http://www.breakingfree.blog.br/

    ResponderExcluir
  25. Oi, tudo bem?

    Adorei sua resenha, você detalhou tudo sem fazer com que o leitor desista de completar a leitura de sua resenha. Gostei muito do jeito que você disse sobre o livro, e gostei muito mais da capa do livro (sem falar dessa magnifica resenha). Vou anotar esse livro na listinha de desejados que toda vez que visito seu blog ela só aumenta kkkk :)

    http://desencaixados.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. Oi Letícia, tudo bem? Parece ser uma história bem forte, mas mesmo assim muito boa. Gosto de personagens bem construídas, e a Aminata parece ser muito forte e corajosa. E mesmo o livro sendo ficção, ele possui fatos reais e a realidade da personagem foi a de muitos negros. A capa está muito bonita e adorei essas capas pretas. O book-trailer também está maravilhoso.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  27. Olá! Tudo bem?

    Amei sua resenha! <3

    Já vi vários posts sobre esse livro, e a cada post eu vejo mais como ele é maravilhoso!

    Eu tenho muita vontade de ler esse livro, mas, não sei se tenho estômago pra isso.

    Ler mais sobre essa realidade tão dura e pensar em como as pessoas sofreram dói lá no fundo. Dói ainda mais pensar que poderia ser comigo, com a minha família ou com meus amigos.

    Quem sabe não crio coragem um dia? Mas, por enquanto, prefiro ficar ignorante sobre alguns fatos dessa triste realidade.

    Beijos e até!

    www.dreamsandbooks.com

    ResponderExcluir
  28. Oi ^^
    Lembro de ter visto este livro em alguma página do facebook e desde então venho pensando em lê-lo. Tua resenha se tornou importante para eu decidir por ler sim \o/

    Já adicionei naquela lista infinita de futuras leituras e espero poder ler em breve :D

    bjs

    ResponderExcluir
  29. Oi Letícia, tudo bom?
    Esse livro é bastante interessante e gosto de ler narrativas que falem sobre a escravidão, um período histórico bastante vergonhoso para todos. Parece ter uma história tocante que faz o leitor refletir também.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  30. Olá! Simplesmente adorei sua resenha!
    Não conhecia o livro, nem o autor e fiquei encantada com tudo que disse.
    Com certeza irei lê-lo assim que possível!
    beijos!

    ResponderExcluir
  31. Oi! ^^
    Livros com fatos históricos não fazem muito meu gênero de leitura, já que eu gosto bem mais de fantasia, mas o fato dessa história parecer estar tão bem escrita me deixou com vontade de ler. O que me deixa na dúvida é o fato de ser mais narrativa e ter poucos diálogos. Normalmente livros assim me deixam com muita preguiça e a leitura se arrasta. Mas de qualquer forma vou dar uma olhada com carinho nesse livro quando o encontrar para só depois decidir se lerei ou não.

    Beijussss;
    http://hipercriativa.blogspot.com.br/
    https://www.facebook.com/BlogMenteHipercriativa

    ResponderExcluir
  32. Oi Lê, tudo bem??
    Eu achei o tema bem interessante para a leitura... mesmo que eu não tenha a pretensão de ler... eu gostei de tudo que você descreveu... eu não tenho noção do sofrimento dos negros nessa época, mas quando eu estudava eu imaginava como era... porque nossa... eu ainda fico horrorizada como um ser humano pode machucar outro semelhante a ele... não consigo ver distinção de cor em uma pessoa... adoro perceber a essência... o que ela traz no coração... enfim... é um tema com uma boa premissa de discussão consciente... só acho que nessa época era sofrido, mas no nosso tempo atual infelizmente ainda temos isso, não da mesma proporção, mas temos... eu só acho que as pessoas deveriam parar com tanta mesquinhez e amadurecer de vez... xero!

    ResponderExcluir
  33. Eu quero muito ler esse livro, pela sinopse dá para compreender o motivo de ter se envolvido tanto com a leitura, ouso dizer que deva ser uma excelente aula de história, mas, realmente é uma obra que preciso me deliciar.

    ResponderExcluir
  34. Segunda resenha que vejo desse livro hoje e to cada vez mais curiosa...deixa minha pilha de livro diminuir que vou procurar

    ResponderExcluir
  35. Oie Leticia! ^^
    Primeira resenha que leio do livro e já me senti na obrigação de realizar essa leitura, costumo ler livros que trabalham a história do mundo, mas sempe foco na Primeira Guerra ou Segunda Guerra Mundial e tenho certeza que esse livro irá me emocionar muito.

    Beijos e até logo! ;)
    https://worldofmakebelieveblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  36. Não é o meu estilo de leitura, mas por conta da resenha leria sim. Acabei ficando curiosa com esse livro

    ResponderExcluir
  37. Boa noite!
    Quando eu li a seu post sobre esse lançamento, já sabia que seria um livro denso e que tinha que separar meus lencinhos.
    Sua resenha só confirmou, quero muito lê-lo.

    ResponderExcluir
  38. Esse livro me deixou super curiosa para ler, ainda mais com esse tema... a história deve ser emocionante heim,
    Parabéns pela resenha, ficoou ótima!
    Beijos Letícia!
    islary34.blogspot.com

    ResponderExcluir
  39. Recebi este livro da editora é o próximo da minha lista. Já tinha adorado a sinopse. Como fiquei encantada com a sua resenha minha expectativa cresce ainda mais. O livro está muito lindo, um trabalho muito bem feito!

    Abraços!
    http://www.pensamentosvalemouro.com.br/

    ResponderExcluir
  40. Um livro instrutivo, sem dúvidas, e com um relato emocionante de tudo o que eles enfrentaram. Não o conhecia, mas foi uma dica valiosa, porque adoro esse assunto. Foi pra lista!
    beijos.

    ResponderExcluir
  41. Oi Le! Tenho visto este livro muitas vezes nestes últimos dias, aborda um tema muito forte e que marcou nossa História, com certeza uma leitura interessante e educativa,

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  42. Oiee, tudo bem?

    O livro foge um pouco da minha zona de conforto, mas confesso que achei o assunto bacana. Falar da escravidão é sempre válido e gera conhecimento e reflexão deste período tão ruim da nossa história.

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  43. Oi, tudo bem?

    Eu acabei de receber este livro e será a minha próxima leitura. Que bom que você gostou e eu já acho que vou gostar também.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  44. Amei a resenha. Se já tinha ficado com vontade de ler com o seu comentário, agora mesmo!
    Beijos
    Tão doce e tão amarga.

    ResponderExcluir
  45. O livro tem um tema forte mesmo e parece ser emocionante. Nunca é fácil ler um livro desses, a gente fica se perguntando como o ser humano pôde ser capaz a tanta crueldade. Com certeza é um livro que desejo ler. Adorei a resenha.

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura

    ResponderExcluir
  46. Oi Le, tudo bem?

    Amo livros de escravidão não conhecia este ainda e pretendo ler muito em breve espero gostar muito igual a você foi uma parte da história muito sofrida ao qual imagino seja relatado no livro com muitos detalhes e isso e agrada muito!

    Adorei!

    beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
  47. super me interessei pelo livro! logo comprarei! amo essas história sobre escravidão e tal
    obrigada pela dica! xoxo
    http://olivroemquehabito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Seja bem-vindo ao meu blog.
Sua opinião é muito importante, mas se lembre que respeito é bom e eu gosto!
Seguiu? Deixa o link que eu sigo de volta. E também retribuo os comentários.

Obrigada por vir até meu cantinho!