F

28 fevereiro 2015

Resenha - Ligeiramente casados

Título: Ligeiramente casados
Título original: Slightly Married
Autora: Mary Balogh
Editora: Arqueiro
Gênero: Romance de época
Páginas: 288
Ano: 2014

Sinopse: À beira da morte, o capitão Percival Morris fez um último pedido a seu oficial superior: que ele levasse a notícia de seu falecimento a sua irmã e que a protegesse "Custe o que custar!". Quando o honrado coronel lorde Aidan Bedwyn chega ao Solar Ringwood para cumprir sua promessa, encontra uma propriedade próspera, administrada por Eve, uma jovem generosa e independente que não quer a proteção de homem nenhum. Porém Aidan descobre que, por causa da morte prematura do irmão, Eve perderá sua fortuna e será despejada, junto com todas as pessoas que dependem dela... a menos que cumpra uma condição deixada no testamento do pai: casar-se antes do primeiro aniversário da morte dele o que acontecerá em quatro dias. Fiel à sua promessa, o lorde propõe um casamento de conveniência para que a jovem mantenha sua herança. Após a cerimônia, ela poderá voltar para sua vida no campo e ele, para sua carreira militar. Só que o duque de Bewcastle, irmão mais velho do coronel, descobre que Aidan se casou e exige que a nova Bedwyn seja devidamente apresentada à rainha. Então os poucos dias em que ficariam juntos se transformam em semanas, até que eles começam a imaginar como seria não estarem apenas ligeiramente casados...




Ligeiramente casados é o primeiro livro da saga Os Bedwyns, publicado pela Editora Arqueiro, e meu primeiro contato com a escrita da autora. Ansiava tanto ler este livro, e a espera valeu muito a pena, pois fiquei totalmente rendida com a maneira que Mary conduziu a história. Esqueça aquele romance meloso, e aquela atração que surge logo no primeiro encontro. A história de Aidan Bedwyn e Sra. Morris é muito mais que isso. 

1814. O coronel lorde Aidan Bedwyn fez uma promessa ao capitão Percival  Morris, quando este estava à beira da morte: cuidaria de sua irmã Eve, custe o que custar! E foi o que levou Aidan até o Solar Ringwood, para transmitir a informação a Sra. Morris, e cumprir sua promessa. O que ele encontra, é uma mulher que, apesar do aparente sofrimento pela morte do irmão, é determinada e independente. Mas por causa da morte do irmão, Sra. Morris está prestes a perder a propriedade para seu primo Cecil, e só poderá mantê-la casando-se antes do primeiro aniversário da morte de seu pai.

Obstinado a cumprir sua promessa, Aindan faz a seguinte proposta para Eve: os dois se casam, mantém as aparências em uma comemoração familiar depois do casamento, e na manhã seguinte o coronel parte para nunca mais voltar, deixando assim, Eve segura e feliz com sua fortuna. Mas como podemos imaginar, esse casamento de conveniência não sairá como o planejado.

'' Os olhos dele agora a fitavam com muita intensidade, prendendo os dela até Eve descobrir que era impossível desviá-los. O coronel era uma presença avassaladora. Ela desejou poder simplesmente sair dali. Mas o homem à sua frente não a liberaria até que ela desnudasse a alma para ele.'' (p. 51)

A diagramação do livro está ótima, com páginas amareladas e letra em tamanho ideal. A capa me agradou bastante, e conseguia imaginar a personagem Eve exatamente assim. A revisão está impecável, e não notei erros.


O que mais me surpreendeu no livro foi este romance tão puro, e que foi crescendo com a convivência. Os dois não tiveram nenhuma atração inicial, pelo contrário, sentiram certa antipatia um pelo outro. O coronel realmente parte após o casamento, mas algumas obrigações familiares irão surgir, e os dois se encontram juntos de novo e passam a conviver diariamente por algumas semanas. Uma convivência que não era de se esperar, e que não fazia parte do acordo, mas que fará um ao outro enxergá-los com olhos diferentes.

''O rosto de nariz aquilino dele parecia implacável e severo como sempre. Ela imaginou que deveria se sentir um pouco assustada, talvez até sentir certa repulsa. Em vez disso, sentiu-se ainda mais excitada, principalmente quando olhou dentro dos olhos de pálpebras pesadas e viu ali uma paixão semelhante à sua." (p. 131)

Duas pessoas totalmente diferentes, não apenas na questão social. Ele é sério e frio, enquanto Eve é amorosa e doce. O dia-a-dia irá mostrar que existe muito mais por traz de um rosto impassível. Eve enxerga a bondade presente em Aidan, e ele por sua vez, deseja a cada dia que passa, protegê-la. 

Os vários irmãos de Aidan terão papel preponderante na história, onde a autora mescla histórias paralelas com os costumes da época. Mary tem uma escrita clara e nos faz viajar para o passado, e conhecermos como era a nobreza, muitas vezes, cheias de exigências tolas. O cenário criado por ela, me encantou muito e me fez devorar o livro. 

O diferencial desse livro é justamente esse romance, que surge aos poucos, diante da convivência entre os dois. A narrativa é em terceira pessoa, mas podemos sentir todos os sentimentos dos personagens e torcer para que finalmente, eles se rendam ao amor. Mas o respeito era tanto, que ao se verem apaixonados, eles se desejam, na maior parte do livro, apenas em seu íntimo.

Você que gosta de romances, mas está cansado de casais tão previsíveis e que sentem sempre aquela atração instantânea, dê uma chance a Ligeiramente casados. Um livro que foge totalmente de ser clichê, e que irá apresentar um amor puro e verdadeiro, que surge com o respeito e companheirismo.



Saga Os Bedwyns:
01. Ligeiramente Casados;
02. Ligeiramente Maliciosos (publicação em abril);
03. Slightly Scandalous;
04. Slightly Tempted;
05. Slightly Sinful;
06. Slightly Dangerous;



Siga o blog nas redes sociais:
 Facebook  |  Skoob  |  Twitter  | Youtube | Instagram

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

A autora

Autora premiada e presença constante nas listas de bestsellers do New York Times, Mary Balogh cresceu em Gales, terra de mar e montanhas, músicas e lendas. Ela levou consigo a música e uma imaginação vívida quando se mudou para o Canadá. Aí desenvolveu uma segunda carreira como autora de livros com finais felizes e que celebram o poder do amor. Os seus romances históricos já venderam mais de 4 milhões de exemplares em todo o mundo.



26 comentários:

  1. Oi Leticia. Nossa, que história linda. Estou bem curiosa pra ler. Livros de romance de época são suiper legais, ainda mais sabendo que a história não é clichê. Adorei!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cris...
      O livro é lindo demais. Um romance muito puro.
      Para quem gosta é um prato cheio.

      Excluir
  2. Amiga por incrivel que pareça até então eu não tinha me interessado em ler esse livro, mas eu gostei da sua resenha e com certeza colocarei ele na minha listinha de compra assim que tiver chance de comprar outros que deixei para trás sem querer =x Porque fiquei bastante curiosa, ainda mais se tratando de romance. Adorei tudo que você abordou e você está de parabéns, até porque amiga vocÊ merece todo esse sucesso que tem feito viu?! Beijinhos e vê se passa pra ver nosso resumo do mês.

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/02/lidos-no-mes-fevereiro.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sil...
      Compra ele sim, pois é linda demais a história, ainda mais para você que gosta de romance.
      Romance de época é tudo de bom. Vale a pena ler.
      Obrigada pelo comentário Sil.
      Beijos

      Excluir
  3. Ai florrrrrrrrrrrrrrrrrr! Assino embaixo em tudo que disse! Amei essa obra, me surpreendi com a autora, não achei previsível e como TORCI! Amo livro do estilo, linda resenha flor! Parabénsssssssss!
    Grande beijo!
    Resenha: Lobo Mau - Bodenstein & Kirchhoff # 06 - Nele Neuhaus
    http://overdoselite.blogspot.com.br/2015/02/resenha-lobo-mau-bodenstein-kirchhoff.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Paula..
      Lindo demais mesmo né..
      E o melhor é que não é aquela coisa previsível. Um romance tão puro.
      Obrigada pela visitinha.

      Excluir
  4. Fico impressionada como você escreve bem, parabéns! A resenha ficou perfeita e não tem como não querer ler, pois estou também cansada de romances melosos e previsíveis.
    Parabéns pelo blog, está incrível!

    Att.,

    Pathy
    pathyeoslivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Pathy...
      Obrigada pela elogio, que bom que gostou da resenha.
      Também estou cansada, confesso, de romances melosos.
      Obrigada por sua visita.

      Excluir
  5. Eu gosto bastante de Romances de época.. e achei bem legal o romance, o amor dos dois acontecer aos poucos, torna a história mais verdadeira.. estou bastante ansiosa pra ler..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Amanda...
      É bem real mesmo, pois o amor acontece aos poucos.
      Espero que possa ler o livro em breve.

      Excluir
  6. Eu estou louca pra ler esse livro! Também não li nada da autora ainda, mas tenho muita vontade de ler esse livro dela.
    Ele parece ser perfeito, e eu amo romances de época. Adorei saber que o romance deles vai acontecendo aos poucos, e não é amor a primeira vista.
    Espero ler esse livro o mais rápido possível kkkk
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rafa...
      Pois é...nos romances de época é onde encontramos os melhores romances né.
      Que bom que gostou. Espero que leia o livro em breve.

      Excluir
  7. O legal desse livro é que o amor cresce aos poucos, com a convivência, o que é muito melhor do que o amor instantâneo.
    Excelente resenha, Letícia.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de fevereiro. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii..
      Obrigada. É um romance bem fora do clichê, acho que iam gostar.

      Excluir
  8. Esse livro deve ser maravilhoso, adoro romances assim que começam sem sentimentos nenhum e no final os dois se apaixonam, já quero ler!
    Beijos!
    islary34.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bom assim mesmo Isa, porque foge daquela coisa melosa..e tão previsível.
      Espero que leia e goste tanto quanto eu.

      Excluir
  9. Esse livro deve ser fantástico. Cada vez que vejo alguma coisa sobre ele fico ainda com mais vontade de ver. A Arqueiro está me falindo, porque são tantos livros maravilhosos que não sei qual quero mais. KKKKK Amei a resenha.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahah Eu também Cecília. Se fosse comprar todos os livros que quero da Arqueiro, eu estava ferrada.
      Leia logo, pois é bom demais.

      Excluir
  10. Oiee

    Ai não vejo a hora de poder ler este livro, adoro romances de época e este parece ser ótimo!

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dressa...
      Como você gosta, tenho certeza que irá gostar desse.
      Leia sim.

      Excluir
  11. Letícia!
    Que romance mais lindo!
    Algo que começou inesperadamente, acaba se tornando um amor conquistado... ai... até suspirei porque é tudo que esperamos de um romance, ainda mais quando é um romance de época que amo!
    Adorei!
    Sua análise está ótima.
    Domingo de tranquilidade e paz!
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lindo mesmo nao é Rudy...
      E se você já gosta, tenho certeza que a leitura iria agradar.
      Obrigada, um ótimo domingo pra ti...

      Excluir
  12. Oiii lety amoo esses romances de épocaaa nossa ja estou fazendo uma coleçao ja rsrs
    e esse e mtoo lindooo, ele deve que com o tempo se apaixona por ela neh rsrs
    amoo dmais livros assim,eu queroo mtoo ele <3 bjoos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Hellen...
      Bom demais mesmo. Faz tempo que eu não lia um romance de época. Agora vou querer devorar todos..rs
      Leia esse, pois ira gostar.

      Excluir
  13. Olá!
    Nossa que série grande essa! Tenho muita vontade de ler esse livro, mas acho que vou esperar lançar mais alguns. rs
    Parece ter bastante clichês, mas ao mesmo tempo, tem seu diferencial né?
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem grande mesmo. O próximo livro vai ser lançado em Abril, quem você se anime para ler.

      Excluir

Seja bem-vindo ao meu blog.
Sua opinião é muito importante, mas se lembre que respeito é bom e eu gosto!
Seguiu? Deixa o link que eu sigo de volta. E também retribuo os comentários.

Obrigada por vir até meu cantinho!