F

10 fevereiro 2015

Resenha - A garagem

Título: A garagem
Autor: Diego Gierolett
Editora: Novo Romance
Páginas: 31
Ano: 2015

(Parceria com a editora)
Sinopse: Lucas trabalha como garçom, e, ao chegar em casa, flagra sua mulher com outro homem na cama. Desiludido, ele pede a separação e vai morar com seus pais. Não muito tempo depois, ele compra seu tão sonhado carro, um Ford Corcel 1978, grande motivo das brigas ocasionadas com sua esposa, devido a ele guardar suas economias somente para esse fim. Porém, agora, separado e com o carro em mãos, Lucas precisa de uma nova casa; e o mais importante: que tenha uma boa garagem.





A garagem é um conto lançado recentemente pela Editora Novo Romance. Quando li a sinopse, não imaginava a história que me aguardava, e o que continha dentro dessa garagem.

Lucas era garçom, e guardava boa parte de seu salário suado, para comprar seu tão sonhado Ford Corcel 1978. O único problema, é que ele mal ligava para as despeças da casa, deixando sua esposa enfurecida e ocasionando diversas brigas. Com raiva, ela resolve se vingar da maneira mais estranha possível: armando propositalmente uma cena dela com outro na cama, para que o marido visse.

Desiludido, Lucas procura outro lugar para morar, e vai parar em uma casa antiga, onde possuía uma garagem perfeita para seu mais novo carro dos sonhos. Mas aquele lugar parecia um pouco estranho, sem vida, e é lá que Lucas imagina estar vendo e ouvindo coisas.
"Os pneus do carro já tocavam o solo do quintal da casa quando Lucas arregalou os olhos, fazendo-os saltar por suas órbitas. Naquele momento, ele olhava para o interior da garagem, e de repente, viu alguém em pé, ao lado da velha estante de madeira: alguém que parecia fitá-lo atentamente." (p. 11)

A narrativa é feita em terceira pessoa, e gostei muito da escrita do Diego. É o primeiro contato que eu tenho com o autor, e já fiquei admirada pela maneira que ele conduziu a história. Somente uma coisa me incomodou um pouco, que foi algumas repetições de falas e 
parágrafos, que achei não serem necessários. 

Sobre a diagramação não posso dizer, em se tratando de um e-book, mas a revisão não deixou a desejar.
"O gemido que ouvia era semelhante ao canto de uma coruja no meio da madrugada. Era algo triste, sombrio, sinistro, aterrador. Lucas não tinha palavras para descrever tamanha sensação que lhe assaltara." (p. 15) 

Confesso que quando li a sinopse, imaginei um conto muito diferente do que seria. O autor colocou um pouco de mistério e terror na história. Nada de muito aterrorizante, mas me deixou com um pouco de medo, quando vi que a história estava tomando um rumo diferente, para aparições sinistras. Mas logo me acomodei, e deixei a história fluir. 

Quem gosta de mistério e fantasmas, certamente irá gostar desse conto. Ficamos também em contato com os sentimentos de Lucas, depois de ter sofrido uma traição que nunca imaginava. Mas no final, ele descobrirá que tudo que tinha acontecido na sua vida até então, era para levá-lo até aquela garagem.


Comprar: Por um preço absurdamente baixo na  Amazon.

Siga o blog nas redes sociais:
 Facebook  |  Skoob  |  Twitter  | Youtube | Instagram


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O autor

Diego Gierolett nasceu na cidade de Torres, no litoral norte do Rio Grande do sul, onde reside. Apaixonado por livros e histórias desde criança, sempre manteve o gosto pela escrita. Grande fã de todos os estilos literários, desde o horror até o esoterismo, Diego Gierolett mescla em suas histórias componentes de mistério, drama e auto-ajuda, fazendo com que seus personagens não sejam apenas letras escritas no papel, mas sim, pessoas reais da qual, uma vez envolvidos com sua história, temos o imenso prazer de conhecer.




19 comentários:

  1. Adoro contos assim, com esse ar de mistério; se tiver terror de verdade então, vou gostar mais ainda.
    Adorei a dica, Leticia. Vou conferir o conto lá na Amazon.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de fevereiro. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir
  2. Adorei a resenha, Letícia. Também adorei seu blog. Obrigado!!!

    ResponderExcluir
  3. Olá! Já tinha visto uma resenha sobre esse livro e confesso que já estava interessada nele. Depois dessa sua, fiquei com ainda mais vontade de lê-lo. Quero dar uma conferida em breve.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Oii!

    Não conhecia a história e nem o autor, mas achei muito interessante. No início pensei que fosse algo comum, humor, talvez, mas curti ainda mais com toque de suspense.

    beijos

    http://mundo-restrito.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Bom.. pode-se dizer que eu acertei... quando eu vi a divulgação desse livro eu fiquei justamente me perguntando o que tinha nessa garagem.. um dos meus palpites era justamente fantasmas.. esse livro me parece diferente.. e interessante.. eu quase não tenho lido contos.. então acho que vai ser bom..

    ResponderExcluir
  6. Não sou muito fã de contos, mas esse parece bem legal, gosto de suspense e mistérios.
    Beijos!
    islary34.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Caramba, eu não sabia que era tão curtinho esse livro, eu achava que era bem grande, mas como diz
    o ditado : tamanho não é documento e não é mesmo, esse livro parece guardar grandes emoções, é essa
    capa esta diva, muito legal sua resenha.....

    Dá uma passadinha por lá: http://ospapa-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Adorei a ideia do conto, todo o ano fazemos a semana do horror lá no blog, já anotei a dica =D

    Beijos,
    Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  9. Oi Leticia. Adoro contos, mas não sou muito fã de terror. Mas como você gostou do livro, e ele é curtinho, acho que vale a pena dar uma olhada.
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Nossa, medo dessa garagem, ainda mais porque você recomenda pra quem gosta de histórias de fantasmas, rs. Que jeito estranho mesmo, da mulher se vingar, mas tudo bem, eu também ia morrer de ódio se meu marido negligenciasse tudo em nome de um carro assim, rs
    beijos
    meumundinhoficticio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Olá, tudo bem? Terror não é muito meu gênero para leitura (apesar de adorar filmes de terror)!!! A sinopse me deixou um pouco "no escuro" quanto ao conteúdo do livro, não imaginei que poderíamos esperar "aparições sinistras" e tudo mais, mas a capa dá a ideia de algo mais sobrenatural! Confesso que fiquei curiosa!!

    Beijos,

    Mari
    cantinhodeleituradamari.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Olá, tudo bom?
    Bem interessante o conto!!! Curti.
    Gosto dessas histórias que trazem uma atmosfera de terror =D
    Vou procurar!!!

    Gabriel - umpapoentrepaginas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Oi Letícia,

    Fantasmas não é bem a minha praia, se fosse somente pela sinopse nunca poderia imaginar que o livro encaminharia para algo sobrenatural. Acho que o autor deveria repensar e dar algumas pistas na sinopse sobre isso, acho que chamaria mais atenção de quem gosta do gênero. Não é um conto que eu leria agora, mais ele me pareceu bem interessante.
    Abraços quentinhos!

    Patty Santos
    Blog Coração de Tinta

    ResponderExcluir
  14. Já vi que não irei gostar kkkkk morro de medo de apariçoes e de fantasmas nossa acho que morria kkkkk já imaginou ler esse livro a noite? logo eu que fico em casa sozinha com uma sobrinha Deus que me livra hahaha sou mto medrosa nessas partes então nem chego perto desse livro hahaha..
    ameei a resenha bjos

    ResponderExcluir
  15. Oi! Mas que esposa doida essa heim, tudo bem que o cara estava guardando o dinheiro pra ser usado em casa para o carro, mas armar algo assim. HAHAHHA’ Olha pela sinopse não se imagine que tenha um que de terror e suspense. Não conhecia o autor nem o livro, mas não sei se leria, pois não é um gênero que eu goste.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  16. Pena que o livro não está mais na Amazon, cliquei no link do post e deu como página inexistente. Bem, o enredo me pareceu um pouco estranho, o motivo da mulher do protagonista, foi bem futil e ele, hum, um tanto egoista, mas o que me chamou a atenção, é o misterio em torno da nova casa, gosto de livros com mistério e suspense, então fiquei curiosa a respeito disto.

    Beijos.

    www.daimaginacaoaescrita.com

    ResponderExcluir
  17. Eu não conhecia esse conto, mas se ele é tão bom assim com você falou, vou querer conhecer também. Mas eu não achei ele na Amazon, o link está dando erro :/
    Beijos!

    ResponderExcluir
  18. Oi Leh, desculpe pela demora tudo bem com você, achei interessante esse conto, gosto desse estilo de narrativa e a história parece bem legal. O título chama atenção tbm, leria com certeza!
    Dani Casquet - Livros, a Janela da Imaginação
    Bjs

    ResponderExcluir
  19. Oiê!!!!

    Que legal, gostei do livro. Não o conhecia nem ao autor, mas achei a história interessante a partir do seu ponto de vista. A princípio parecia meio fraquinho, com o lance dele e da esposa, mas se depois um certo mistério e suspense aparecem, bom, aí vira meu queridinho. rsrsrsrs

    Beijos

    www.escrevarte.com.br

    ResponderExcluir

Seja bem-vindo ao meu blog.
Sua opinião é muito importante, mas se lembre que respeito é bom e eu gosto!
Seguiu? Deixa o link que eu sigo de volta. E também retribuo os comentários.

Obrigada por vir até meu cantinho!