F

28 agosto 2014

Resenha - Toda sua

Título: Toda sua
Autora: Sylvia Day
Editora: Paralela
Páginas: 280
Gênero: Romance Erótico/Conteúdo adulto
Ano: 2012

Sinopse: Eva Tramell tem 24 anos e acaba de conseguir um emprego em uma das maiores agências de publicidade dos Estados Unidos. Tudo parece correr de acordo com o plano, até que ela conhece o jovem bilionário Gideon Cross, o homem mais sexy que ela - e provavelmente qualquer outra pessoa - já viu. Gideon imediatamente se interessa por Eva, que faz tudo o que pode para resistir à tentação. Mas ele é lindo, forte, rico, bem-sucedido, poderoso e sempre consegue o que quer - Eva acaba se entregando. Uma relação intensa começa. O sexo é considerado por eles como incrível. Capaz de levar os dois a extremos a que jamais tinham chegado. E, então, eles se apaixonam - o que pode ser tanto a chave para um futuro feliz quanto a faísca que trará de volta os traumas do passado.




Essa resenha é inadequada para menores de 18 anos

Toda sua é o primeiro livro da Série Crossfire, publicado pela editora Paralela e é o primeiro livro que leio de Sylvia Day. Quando ganhei o livro não imaginei que os personagens seriam tão intensos, apesar de saber que teria muito erotismo. De longe, o livro mais erótico que li na minha vida. Portanto, se você não gosta de uma leitura com muitas cenas assim, este livro não é para você!


" Naquele momento, senti que o amava. Loucamente. E no momento seguinte. E durante toda a programação naquele noite... " (p. 157)


Eva Tramell, acaba de se mudar para Nova York, pois consegue um emprego no Waters Field & Leaman, uma das maiores agências de publicidade dos Estados Unidos. Ela divide um apartamento com seu melhor amigo Cary, que é o mesmo que um irmão para ela com todo seu amor e proteção.

Os planos de Eva estavam perfeitos, cidade nova, novo emprego e um chefe maravilhoso. Mas a tranquilidade de seus dias irá mudar quando ela cruza com Gideon Cross no prédio onde trabalha. Um homem completamente atraente, que desperta logo no primeiro olhar, os seus desejos mais íntimos. Um simples contato visual mexe com toda a estrutura do corpo de Eva.

Eva descobrirá mais tarde que Gideon é o dono do prédio e um dos homens mais ricos e poderosos do mundo. O encontro dos dois no mesmo local de trabalho é inevitável. Gideon demonstra seu interesse por Eva sem nenhuma cerimônia, quando diz a ela pela primeira vez que a deseja levar para cama. Apesar de o desejar intensamente ela reluta no começo, mas acaba se entregando completamente para ele.

Os dois vivem momentos intensos, e a partir de então a autora trabalha inúmeras cenas eróticas. Há uma riqueza de detalhes desses momentos e dos desejos mais escondidos na mente do casal. O acordo é que seria só sexo casual, sem envolvimento emocional, mas as coisas se complicam quando os dois começam a nutrir um sentimento além do prazer carnal.

" Piscando para despertar dessa espécie de delírio, eu o soltei. Ele não era apenas lindo, era... fascinante. O tipo de cara que faz uma mulher querer abrir sua camisa com um único puxão e ver os botões irem abaixo junto com as inibições." (p. 11)


"Havia um tom sugestivo em sua voz que me fez estremecer. Eu conseguia sentir o calor de seu corpo largo e rígido e o aroma masculino de sua pele. A cada minuto que passava, eu me deixava levar mais por seu charme." (p. 66)


Eva tem seus traumas de infância que não são nada fáceis de enfrentar, e Gideon por sua vez parece esconder algo parecido no seu passado também. Ele possui uma mania controladora e possessiva que ora não agrada Eva, ora a deixa com mais vontade dele. Aff vai entender né!? 



A diagramação é simples, com folhas amareladas e letras grandes, e a leitura fluiu facilmente. A capa também me agradou muito. A narrativa é feita em primeira pessoa sobre o ponto de vista de Eva. Em todo o livro não encontrei nenhum erro de digitação, se tinha algum não atrapalhou em nada a leitura.

Gostei da narrativa da autora que foi bem clara. Até demais..rs! Há quem diga que os personagens dela são bem mais construídos que os de Cinquenta tons de cinza, mas essa comparação já não posso fazer, pois ainda não li a trilogia. Mas mesmo assim, de uma maneira geral, não achei os personagens tão ruins, apesar de algumas objeções. Não li Cinquenta tons de cinza, mas diante dos comentários que vejo, não imagino que este livro esteja no mesmo nível. Mas posso estar errada, enfim.. Quando você pega um livro desse para ler, já sabe perfeitamente o que está por vir...Ou você gosta desse tipo de leitura ou não gosta!

Série Crossfire 
- Toda sua
- Profundamente sua
- Para sempre sua

Comprar: Saraiva  ~ Submarino


Siga o blog nas redes sociais:
        Facebook  |  Skoob  |  Orelha de livro  |  Twitter  | Youtube





33 comentários:

  1. Definitivamente esse livro não é pra mim! rsrsrs Não curto muito esse tipo de livro, prefiro os de fantasia e distópicos, mas já ouvi falar maravilhas da Sylvia Day. Pelos quotes dá pra ver que a escrita é muito boa,mas o conteúdo é só pra os que gostam mesmo...
    Amei a resenha!
    Beijão,
    Scar - My Little Wonderland

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem não gosta não adianta, por que o livro tem bastante trechos eróticos.
      Continue lendo suas fantasias..rs
      Obrigada pela visita

      Excluir
  2. Oi Letícia!
    Esta série parece muito com 50 tons de cinza não é? Ou é diferente?
    Bjos!
    Karen
    http://www.bookadvisor.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda não li 50 tons, então não posso comparar..rs

      Excluir
  3. Eu ja li 50 tons de cinza e eles pela a sua resenha parecem ser semelhantes. Bom em 50 tons de cinzas achei os personagens e as situações mal construídos. Também não curto esse estilo, que é mais feminino mas espero que ele seja melhor. Ótima resenha :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não li 50 tons de cinza, mas já ouvi muitas pessoas falando que não tem nada haver com este livro. Enfim, não li, nem posso comparar.

      Excluir
  4. Adorei os livros que li da autora, vou continuar lendo mais!
    Quero ler esse livro ainda *-*
    bjs
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gostei deste livro da autora, foi o primeiro que li dela. Pretendo ler o resto da série.

      Excluir
  5. Quando comecei a ler a sinopse e em seguinte a resenha notei também uma grande semelhança com o livro
    50 tons de cinza, e como você finalizou em sua resenha "já sabe perfeitamente o que está por vir...Ou você gosta desse tipo de leitura ou não gosta" então dizer o que né?Acho que este livro pode ficar para segundo plano para uma futura leitura.A capa merece um elogio, já de induz a crer o que esta por vir neste romance.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não posso comparar, pois não li 50 tons de cinza, mas não acho que seja igual. No 50 tons tem sadomasoquismo.. neste não tem. Então acho bem diferente. Mas é isso aí, ou a pessoa gosta e lê, ou não lê..rs

      Excluir
  6. Gostei bastante da sua resenha, Leticia, mas não leria o livro. Não gosto muito desse gênero.
    Mas, para quem gosta, certamente é uma boa trilogia.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de agosto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Conhecendo um pouco o estilo de leitura de vocês, com certeza este livro não daria certo para vocês lerem..rs

      Excluir
  7. Ei Leticia,

    Ah eu gostei tanto deste primeiro, mas depois a série só piorou. Eu fiquei triste dela ter transformado a trilogia em série, pq o terceiro livro é pura enrolação.
    Realmente a narrativa é clara até demais hahaha.
    abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bem clara né..rs Não me desanima Nanda..rs
      Vamos ver como será os próximos livros!

      Excluir
  8. Oi, Leticia!
    Eu gosto bastante dessa série assim como também gosto de Cinquenta Tons de Cinza. Sabe que não consigo comparar as duas séries? As autoras tem escritas muito diferentes. Gideon é um personagem bastante intenso e a Eva não fica atrás, já li os três livros lançados e estou bem curiosa para saber que rumo a série tomará daqui para frente. :)

    Beijos,

    Rafa [ blog - Fascinada por Histórias]

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eles são bem intensos mesmo. Eu não li 50 tons então não posso dizer, mas de tanto que este povo fala tenho que ler logo e tirar todas as minhas conclusões..rs

      Excluir
  9. Sempre tive curiosidade em ler os livros da Sylvia Day, mas nunca arrisquei porque tenho medo de arriscar no genêro e dar de cara com um 50 Tons da vida, mas falam muito bem dessa série.

    www.laoliphant.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Debora, acho que vale a pena arriscar, acho que não é tão pesado quanto 50 tons.

      Excluir
  10. Inadequada para menores de 18 anos aaohohaohoa li mesmo assim mais tá,não curto muito livros assim e também nunca li nenhum pra ver se é bom tenho vontade de ler 50 ton de cinza

    cherrycharming2.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Temos que por a faixa etária né, mas sei que ninguém cumpre..rs Pelo menos o blog agiu corretamente.
      É um livro muito bom, mas não sei se posso te recomendar..rs

      Excluir
  11. Eu realmente não curto esse tipo de livro, por isso não me interessei pela leitura, rsrs.

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem não gosta, não adianta insistir..rs

      Excluir
  12. ei Letícia,
    realmente, esse livro não é para qualquer um. Mesmo alguns super fãs de 50 tons não devem ler, pois Toda sua é bem mais cru, direto e escrachado,rs. Mas eu gosto muiiito mais dessa série do que de 50 tons. Ou melhor, gostava, antes de virar uma novela mexicana sem fim, porque era para ser uma trilogia e virou serie de 5 livros, e o 4º livro já está atrasado há meses, e a autora não dá previsão de lançamento, sniff
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bru..pois é não é para qualquer um. O negócio é frenético..rs
      Ouvi falar que o livro esta bem atrasado mesmo. Eu ainda preciso comprar os outros para ler.
      Mas vamos ver né..

      Excluir
  13. Olá, Letícia.
    Bem, no começo do ano comprei esse livro e fiquei com medo de lê-lo. Então resolvi dar de presente, a pessoa amou o presente e adorou o livro! Eu tenho algumas objeções sobre livros eróticos, li um ou dois e não gostei muito não. Eu me sinto constrangido lendo esse tipo de coisa, estou com outro livro dela "Prazeres da Noite" que é o novo lançamento dela aqui no Brasil e saiu pela Leya. Confesso que estou com medo sobre o que esperar do livro, mas tenho que ler.

    Abraços,
    Rafael

    www.livrosvsseries.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rafael..rs
      Normal sentir constrangimento. E este livro é bem erótico mesmo. Eu fiquei meia envergonhada para escrever a resenha, pois nunca tinha lido um livro tão erótico na minha vida. Os outros que li eram mais leves..rs

      Excluir
  14. Oi Leticia! Já li outros livros da autora e ela é bem direta em tudo, sem meias palavras e panos quentes, é bem o que você disse, você tem que gostar deste tipo de livro, ou não leia. Ela é uma simpatia, estava ontem na Bienal e vejo esta graça de pessoa, adorei.

    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah queria ter visto ela na Bienal.
      Mas é isso mesmo, ela é bem direta. Gostei do livro.

      Excluir
  15. Oi Lê, tudo bem???
    Ai menina não sabia que você ia para bienal se eu soubesse teria marcado de me encontrar com você para conhecê-la pessoalmente. Não encontrei muitos blogueiros... e fiquei triste com isso, mas tudo bem, faz parte... pude conhecer autores novos e reencontrar amigos autores que eu sentia saudades demais...
    Bom mais falando em Toda sua... eu não achei os personagens mais construídos do que 50 tons, na verdade eles são diferentes pelo menos a parte feminina porque a masculina é bem semelhante... o tema proposta em minha visão não foi bem desenvolvido pelos traumas que Eva tem... eu não gostei do livro dessa autora... e não consegui ler os demais... mas essa é apenas a minha opinião... há o amantes da leitura dela... eu gostei muito de 50 tons mesmo com toda a parte sadomasoquista, mas que na verdade é bem leve se comparando com o tema sendo abordado em sua profundidade... mas gostei que fosse assim... mas não quero ficar comparando um com o outro porque cada um tem a sua particularidade... Xero!!!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dih... você foi a única pessoa que queria e não consegui encontrar, uma pena mesmo. Mas quem sabe não nos encontramos em outro evento..
      Este é o primeiro livro que li da autora, gostei da sua narrativa e nem posso comparar com 50 tons de cinza, pois ainda não li. Mas acredito que na parte masculina seja igual mesmo. Ele é muito possessivo. Este tipo de livro é bem isso, tem que gostar senão não dá para ler..rs

      Excluir
  16. Olá! Adquiri o livro recentemente e pretendo ler em breve! Dizem que é a melhor série d Sylvia, vamos ver! Esperando que não seja tão "50 tons like" apesar de que este melhorou um bocado do segundo livro em diante.

    Ahh achei seu blog através do blog Amor Literário e amei! Já estou seguindo e se quiser conhecer o meu cantinho também será super bem vinda!

    Beijos Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii..Obrigada pela visita. Eu já sigo seu blog..rs
      Eu não li outros livros da autora, mas gostei deste. Vamos ver como serão os próximos livros agora né.

      Excluir
  17. Acho que não leria, eu peguei um trauma com 50 tons de cinza que olha kkkkk.
    Não sei, livro assim me faz rir kkkk

    http://penelopeetelemaco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Seja bem-vindo ao meu blog.
Sua opinião é muito importante, mas se lembre que respeito é bom e eu gosto!
Seguiu? Deixa o link que eu sigo de volta. E também retribuo os comentários.

Obrigada por vir até meu cantinho!