F

18 agosto 2014

Resenha - Noiva de ocasião

Título: Noiva de Ocasião
Autora: Liz Fielding
Editora: Harlequin
Gênero: Romance
Páginas: 183
Ano: 2014

Sinopse: O sonho de toda garota é organizar a cerimônia de casamento perfeita sem precisar gastar um tostão sequer. Sylvie não pensa do mesmo modo. A mansão em que acontecerá o evento pertenceu aos seus antepassados, mas agora ela descobriu que o novo proprietário é ninguém menos do que Tom McFarlane, o pai de seu bebê. Mas parece que ele ainda não está sabendo dessa novidade…






Noiva de Ocasião é um dos lançamentos de 2014 da Editora Harlequin. É um romance contado de forma simples e encantadora. Conta a história de Sylvie Smith, uma organizadora de eventos bem sucedida. Apesar de realizar vários eventos, sua maior fama é por realizar casamentos dos sonhos de vários casais. 

Candy, uma amiga antiga da escola, pede para que Sylvie organize seu casamento com Tom Mc Farlane. O homem é um bilionário, e é tudo que Candy sempre sonhou, já que sempre quis conquistar um homem rico. Mas dias antes do casamento ela desiste da cerimônia. 

Após esse frustante episódio na vida de Tom, ele e Sylvie se vêm frente a frente para discutir cada item da fatura dos gastos do casamento. A verdade é que os dois sentem uma atração um pelo outro desde que se viram pela primeira vez. Tão próximos, os dois irão se envolver por um breve momento. Na verdade uma tarde apenas, mas que irá deixar um fruto na organizadora de casamentos.

Tom viaja por meses, sem saber que deixou Sylvie grávida. Ela por sua vez, diante das consequências decide que irá criar sua filha sozinha e seguir em frente, não obrigando Tom a assumir qualquer compromisso. Porém, ela sonha com ele noite e dia e não esquece o breve momento em que viveram.

Os dois vão se reencontrar em um momento inesperado na nova propriedade de Tom, onde ela organizada um evento, mas sem saber quem era o dono do local. O reencontro será uma surpresa para os dois, que diante de alguns mal entendidos, não irão se entender. Mas a proximidade dos dois atrai sentimentos que nunca foram esquecimentos. 


'' Por um momento, eles estavam envenenados, trancados juntos, apenas duas pessoas, se abraçando, o calor zumbindo entre eles, que estavam com apenas uma coisa na mente… Que, com toda certeza, não tinha nada a ver com convites de casamento.'' (p. 36)


A narrativa é feita em terceira pessoa e é bem simples. Foi meia atropelada no começo e fiquei meia confusa, mas aos poucos fui me acostumando com a narrativa da autora e fui gostando da simplicidade da história. Sobre a diagramação não posso comentar, pois li um e-book. Mas achei os personagens da capa bem parecidos com a descrição do livro.

Sempre gostei de romances de banca, e a Editora Harlequin sempre me conquista com as publicações. Só não gostei mais, pois achei a narrativa meio atropelada. Mas o livro é curtinho, com uma leitura gostosa e você lê muito rápido. O que mais me encantou no livro foi o fato de não ter muitas cenas eróticas, que o tornou um romance leve e encantador!



Siga o blog nas redes sociais:
        Facebook  |  Skoob  |  Orelha de livro  |  Twitter  | Youtube



12 comentários:

  1. Não conhecia o livro, me pareceu bem bacana
    http://toobege.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. também achei o começo meio doido e até achei que era eu que estava meio doida! rsrs ainda bem que foi algo geral!
    a capa é uma graça e ja conheço a autora de outros carnavais e sei que ela gosta de explorar temáticas diferentes
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Nunca experimentei um romance de banca, e isso é um pecado enorme como leitor que eu cometo. As histórias costumam ter sempre o mesmo tipo de fluidez, não? Talvez seja por isso que não leia: nunca encontrei algo que me fizesse de fato engrandecer os olhos.
    Mas essa sinopse é bacana. Seus comentários foram bacanas, também. Quem sabe, não? ^^
    Beijão!


    Achou O Quê?:
    http://achouoque.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Amiga querida que saudades que estou de você.
    Desculpa pela minha ausência, mas estava viajando, até porque estava precisando descansar um pouquinho das leituras e também da internet que estava me deixando doida.
    Agora, imagina a ansiedade para BIENAL DE SP?? TÁ DEMAIS menina !!! hahahahaha
    Olha, me fala uma coisa, vamos nos encontrar lá ou não? Depois vc me diz, porque assim podemos andar com os nossos LOVES por lá (risos) Eu vou ver se faço uma programação de todos os autores que estarão lá, porque não dá pra ir sem ver onde vai ficar cada um e que horário. Enfim...

    Resolve, se não a gente se esbarra por lá mesmo =x

    Olha amiga, falando da sua resenha, eu nunca li nada dessa editora e nunca me chamou atenção pra falar a verdade, até porque não costumo comprar livros de banca. Acho interessante até ter pra vender, mas eu nunca comprei não.
    Quanto a história, eu gostei bastante da história que vc contou do livro.
    Achei bastante interessante, mas nada assim que me chamasse tanta atenção para ler.
    Não sei, quem sabe eu ainda dê chance para algum livro de banca hahahaha
    Se cuida linda

    lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Também gosto desses livros de banca de jornal, haha. Já li vários! Parece ser interessante esse.

    http://colorful-mushrooms.blogspot.com.br/

    Beijoos ;*

    ResponderExcluir
  6. Ah, tenho uns livros da harlequin que baixei para meu kindle, preciso ler! *-*
    Adorei a trama deste, pena saber que foi corrido! ):
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  7. Olá, adorei o post e fiquei interessada no livro!
    Beijos,
    http://letterofwinter.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  8. Oiee ^^
    Não conhecia o livro e nunca li nenhum livro dessa editora, mas já estou anotando alguns nomes para procurar saber mais, e logo começarei a ler romances da Harlequin. Gostei do enredo, mas achei muito clichê.
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Gostei da resenha Letícia. Os romances da Harlequin são ótimos para passar o tempo, né? Esse me pareceu ser bem clichê, mas não deixa de ser interessante. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  10. Oi, Le.

    Não conhecia o livro, mas pelo que li em sua resenha é um ótimo livro.
    Sei que se o pegar para ler vou adora a história.

    Beijos
    http://fernandabizerra.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Nossa! Esse livro pareceu bem, tipo, doidinho. Queria saber o que Tom pensou quando viu sua filha! Ah, e achei incrível quando você disse que o livro foi leve e encantador.. tá aí, não ter cenas eróticas, mas ás vezes elas são necessárias! Rs' Ah, achei Candy muito sem rumo por querer muito um riquinho e depois deixá-lo. KK'
    Curti sua resenha - ah, e não conhecia essa editora.

    http://gabryelfellipeealgo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Ao contrário de você, Lê, eu não gosto muito de romances de bancas. Infelizmente esse gênero não funciona para mim.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de agosto

    ResponderExcluir

Seja bem-vindo ao meu blog.
Sua opinião é muito importante, mas se lembre que respeito é bom e eu gosto!
Seguiu? Deixa o link que eu sigo de volta. E também retribuo os comentários.

Obrigada por vir até meu cantinho!