F

07 julho 2014

Resenha - SagradoS (A aliança de Maria Madalena)




Título: SagradoS (A aliança de Maria Madalena)
Autora: Anaté Merger
Editora: Ases de Literatura
Gênero: Fantástico
Páginas: 315
Skoob


Sinopse: Paris. Um professor da Sorbonne é assassinado e o objeto que ele guardava desaparece. Marselha, três anos depois: uma expedição arqueológica chega à Provença para tentar descobrir se Maria Madalena teria mesmo desembarcado com outros apóstolos na região, como diz a lenda. Os dois fatos inéditos alertam os sagrados, anjos que receberam um corpo para que pudessem sobreviver na atmosfera terrestre desde que começou a Guerra dos Imortais. Eles são os guardiões do segredo que Maria Madalena trouxe da Palestina em uma bagagem extramente preciosa. Entre seres extraordinários, cenários de sonho no sul da França e muita magia, Diana, Anne, Thérèse e Nina vão se encontrar. Cada uma tem uma missão que por enquanto elas mesmas desconhecem. Descobrir qual é o papel delas nessa aventura e se elas vão estar à altura do desafio é apenas o primeiro passo desse caminho cheio de surpresas e emoção que começa com o primeiro livro da série SagradoS - A Aliança de Maria Madalena. 





A história começa com o professor Gilles Sartre, um professor de Filosofia da Comunicação. Ele é um dos "Eleitos", que tem o poder de controlar os anakins por um tempo - os anakins são espectros de anjos rebeldes que foram expulsos do Círculo. A vida do professor dura pouco no livro, pois ele é assassinado por forças estranhas e o objeto que ele guardava fora roubado. 

Três anos após sua morte, seus amigos se reunem pois o substituto de Sartre ainda não havia sido encontrado. Sua morte foi muito rápida e inesperada para todos eles, que ainda buscavam decifrar tudo que poderia ter acontecido. Um Eleito dificilmente deixaria que os anakins o dominassem daquela forma. 


"Taven e os outros cavaleiros continuam brandindo as espadas em vãs tentativas de afastar a nuvem espectral que tenta envolvê-los em um túnel de visão criadas pelo medo" (p. 38)


A narrativa é recheada de pergonagens curiosos: magas, anjos, Sagrados, templários e Eleitos. Aos poucos eles vão surgindo na narrativa. São muitos para se citar todos detalhadamente, mas há alguns que pude sentir mais vivo na história, como Yves, Anne, Circe, Diana, Kali, Nina, Luc, Lucien, Olivier e Thérèse. E outros que também tem importância na trama. 

O ponto principal da história gira em torna de uma lenda na Provença. Uma das versões da lenda conta que depois da ascenção de Cristo, Maria Madalena com sua família e discípulos teriam chegado a Camargue em um barco sem velas e nem remos, e que teriam atravessado o oceano, vindo de Jerusalém apenas guiados por Deus. Acreditava-se que Maria Madalena teria vindo com a missão de proteger alguns objetos trazidos na embarcação.

Cada personagem tem seus objetivos e alguns parecem não tomar atitudes certas. O objeto protegido pelo professor morto, bem como os que foram trazidos por Maria Madalena vão sendo citados e descritos ao longo das páginas, o que nos deixa ainda mais empolgados e curiosos com a história. Citações biblícas tem um papel preponderante também na história.


"Longe dali, um sorriso se desenha. O último detalhe tinha sido preparado com habilidade e tudo estava pronto. Nenhum sagrado, anjo e muito menos um humano, ninguém, nem mesmo o tempo poderia interromper o que havia começado." (p. 76)


Confesso que não tive experiências anteriores com o gênero, então no começo fiquei meio confusa. Mas aos poucos fui pegando o clima da história. Tem toda uma trama que envolve citações religiosas, e seres diferentes que enriquecem a narrativa. Há também descrições dos lugares que se passam as cenas, situados na França que parecem ser extraordinários.

A narrativa se divide entre terceira e primeira pessoa. É uma leitura super leve e de fácil entendimento. Sobre a diagramação não posso falar, pois li um e-book cedido pela autora que é parceira do blog. Mas há ilustrações com fotos no início de cada capitúlo, o que achei bem bacana. É um livro muito bom e quem está acostumado com leituras parecidas, com certeza irá gostar. Uma história bem construída e que vale muito a pena ser lida!

Compre e-book aqui Amazon


Um pouquinho da autora

            Formada em jornalismo e com um mestrado em comunicação internacional no Institut d'Études Politiques em Aix-en-Provence, Anaté Merger trabalhou por 17 anos como jornalista em vários canais de TV e jornais brasileiros até se mudar para a Provence em 2004. Franco-brasileira, casada, dois filhos, Anaté Merger também é empresária no ramo do turismo. Contista das antologias Amores Impossíveis e Segredos de Família, organizadas por Lycia Barros, a escritora lançou em 2013 o seu primeiro romance pelo selo Ases da Literatura.


Contatos com a autora:








32 comentários:

  1. Olá Letícia, tudo bem?
    Não conhecia esse livro é meu deus...parece ser muito bom. Sua resenha me deixou com vontade de começa logo a lê-lo.
    P.se seguindo
    Abraços

    estantejovem.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom Paulo, espero que possa ler ele um dia.
      É muito bom.

      Excluir
  2. Quando bem trabalhado, gosto bastante de livros com anjos. Gostei da aura de mistério que envolve o livro; parece ser uma boa leitura. Acho que leria.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de julho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, acho que o livro combina muito com vocês, com certeza gostariam.

      Excluir
  3. Oi Letícia,
    Tenho muita curiosidade de ler esse livro. Gosto de fantasias, e achei legal envolver essa parte mais bíblica. Li alguns livros de anjos nos últimos dias, então gosto de dar um tempo antes de pegar outros do mesmo tema, mas pelo que percebi da sua resenha, os gêneros são beeeem diferentes, porque os livros que li eram romances, rs.
    beijos
    meumundinhoficticio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bru..
      É o primeiro livro que li com citações bíblicas, mas é uma fantasia bem legal.
      Cheia de mistérios. Vale a pena ler.

      Excluir
  4. Olá, não conhecia o livro, achei a capa bem bonita. Creio que eu ia gostar da leitura, pela sua resenha, me pareceu uma história muito interessante.
    Sorteio do livro "Fahrenheit 451" no blog, participe: petalasdeliberdade.blogspot.com .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um livro muito legal Mari.
      Espero que leia um dia.

      Excluir
  5. Lembra um pouco "O Código da Vinci". Você tem em PDF, Leticia?

    ResponderExcluir
  6. Oiee

    Não conhecia o livro nem a autora , apesar de ser um genero que não costumo ler acho que me aventuraria a ler um dia.

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Andressa. A história é de fato muito boa, tente ler um dia.

      Excluir
  7. Nunca leu nenhum livro de fantasia? :O Eu adoro o gênero, fiquei curiosa para ler este livro!
    Adorei a resenha. *-*
    Beijos
    http://apenas-um-vicio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fantasia eu já, mas não com passagens bíblicas. Livros assim não tive experiencia mesmo.

      Excluir
  8. Não conhecia o livro, boa dica ;)
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Amei a resenha, escrita maravilhosa. Depois dá uma passadinha lá no blog, ele também é literário.
    Bjoss.
    http://livrosdasay.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana.
      Obrigada pela visita.
      Que bom que gostou.

      Excluir
  10. Olá =).
    Confesso que não conhecia esse livro, mas ele não me interessou nem um pouco, a premissa não faz meu estilo e a obra em si não me atraiu.
    Beijos.

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Oiii adorei o blog viu, virei fã do seu espaço, seguindo e vindo espiar sempre...
    Ah vou ver mais sobre esse livro, pareceu bem interessante.
    bjs
    http://gracirocha.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Graci.
      Obrigada pela sua visitinha.
      Que bom que gostou do livro, fico feliz.

      Excluir
  12. Oi Leticia, tudo bem? Muito obrigada pela resenha, ficou otima. Agora é so aguardar o segundo volume. :-)
    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi tudo sim.
      Ah que bom que gostou. Eu gostei muito da obra, ansiosa pela continuação.
      Obrigada pelo comentário.

      Excluir
  13. Olha nunca tinha visto um livro com esse tema, e fiquei interessada em saber um pouco mais, até por que você disse que a leitura é fácil, não gosto de leituras complicadas..rs. PS: muito lindo seu blog.

    ResponderExcluir
  14. O livro parece bem legal, adoraria ganhá-lo no sorteio ^^

    leitoresforever.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Bela resenha, familiarizando os leitores com o livro, destacando pontos importantes da obra, convidando todos à leitura.

    ResponderExcluir
  16. A Anaté é uma pessoa amável e seu livro é muito bom. Havia anos que eu não lia nada como SagradoS quando adquiri o livro, e a obra me fez relembrar velhas leituras e me envolveu bastante.

    Autor de Mestre de Marionetes
    www.laplacecavalcanti.com

    ResponderExcluir
  17. Muito boa a resenha!! Me deixou curiosa, espero ler em breve!!

    ResponderExcluir
  18. uoou que show !! adorei a resenha , supeeer curiosa . me lembrou Labirinto , com historias que se cruzam

    ResponderExcluir
  19. Leticia...o nome já diz muito...Tenho muita vontade de ler teu livro. Pela resenha parece MUITO interessante e envolvente. Se eu ganhar,melhor ainda. Bjus

    ResponderExcluir
  20. Eu não sou muito fã de fantasias, e esse parece misturar várias delas... O enredo não me interessou tanto assim, parece que faltou algo que chamasse a minha atenção... Amei a sua resenha, mas não tem um "quê" daqueles que eu costumo gostar... Mas, quem sabe mais pra frente eu dê uma chance ao livro...
    Kisses =*

    ResponderExcluir

Seja bem-vindo ao meu blog.
Sua opinião é muito importante, mas se lembre que respeito é bom e eu gosto!
Seguiu? Deixa o link que eu sigo de volta. E também retribuo os comentários.

Obrigada por vir até meu cantinho!